Maria de Belém e Henrique Neto com dificuldades para pagar campanha

Ricardo Oliveira, mariadebelemsedenacional / Facebook

Maria de Belém Roseira, ex-presidente do PS

Maria de Belém Roseira, ex-presidente do PS

Maria de Belém e Henrique Neto estão a ter dificuldades para pagar as dívidas que contraíram nas respectivas campanhas eleitorais no âmbito da disputa pelo cargo de Presidente da República.

O Jornal de Notícias reporta que os dois candidatos estão “aflitos” para pagarem aquilo que gastaram, não tendo qualquer apoio institucional, nomeadamente partidário, nem tendo obtido votos suficientes para conseguirem o apoio do Estado.

Maria de Belém já pagou 200 mil do valor global que ascendia a 500 mil euros, apurou entretanto o Diário de Notícias.

Concorrendo como independente, a ex-presidente do PS não teve o apoio do partido e está, deste modo, a tentar pagar a campanha do seu próprio bolso ou recorrendo a donativos.

Henrique Neto, outro candidato independente, também estará a ter dificuldades para pagar os 200 mil euros gastos durante a campanha.

“Não estava à espera de ter de absorver tanta despesa sozinho”, assume ao Jornal de Notícias o empresário que teve apenas 0,84% dos votos.

Marcelo Rebelo de Sousa, o Presidente da República eleito, Sampaio da Nóvoa e Marisa Matias foram os únicos candidatos a passar o limiar dos 5% que lhes permite ter acesso às subvenções estatais.

Quanto aos restantes candidatos, o PCP é que vai suportar as despesas de Edgar Silva e o calceteiro Tino de Rans conta ao Jornal de Notícias que fez “a festa” com apenas 2.500 euros gastos em “gasóleo, portagens, direitos de autor [e] aluguer da carrinha”.

Jorge Sequeira refere ao diário que foi “pagando” à medida que gastou os 5 mil euros do orçamento de campanha e Cândido Ferreira nota que “três ou quatro meses” do salário vão ser o suficiente para pagar os menos de 60 mil euros gastos.

Finalmente, Paulo Morais já terá pago metade dos 62 mil euros da campanha, tendo chegado a pedir donativos para o efeito através do seu perfil do Facebook.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Ser´que se estes senhores tivessem ganho também dividiriam os vencimentos que iriam auferir com os Portugueses. Penso que não como tal eles que paguem a campanha do bolso deles

  2. Quando se pensa construir era costume fazer contas. Parece que isso passou de moda. Querem dar passos maiores que a perna. Paciência, meninos, paguem das pensões chorudas que auferem.

  3. Epha, quem é que me dá o número de conta da Senhora Maria? É que já tinha pedido na última notícia sobre este assunto e nada… É que estou disposto a subvencionar com 5 euros, para alpista, afim de que os passarinhos que residem na cabeça da mesma, evitem passar fome e migrem para outro ninho…

  4. O comuna ainda por cima foi o mais poluidor de todos mas o seu partido o PCP não se dá ao trabalho de fazer a devida limpeza da via pública, devem de estar a pensar que o país é todo deles.

    • Exatamente o que eu penso.
      A porcaria continua pendurada por todo o lado.
      Durante a campanha ate cartazes colados a chapas metálicas colocaram a ocupar passeios no centro de Lisboa e os peôes que fossem para a estrada.
      Indecente a falta de civismo daquelas múmias saídas diretamente dos anos 70.

  5. Grandes presidentes iam dar estes anões postos em bicos dos pés. Em princípio esperar-se-ia de um presidente da república que previsse os cenários possíveis da sua candidatura. Estes pequenos gnomos tiveral a arrogância de não o fazer. Só espero nunca ter que ler no jornal a notícia de que a dívida lhes foi perdoada. Quanto ao burgesso que com “3 ou 4 meses de salário” paga os cerca de 60 mil euros que deve, salvo erro é “xuxialista”, não é…?

  6. a sra que pague com as subvencoes nao vai viver o suficiente a receber as subvencoes para pagar mas nem ela nem nenhum candidato independentemente da % deviam receber um centavo quem quer festa sua-lhe a testa odinheiro e dos contribuintes

RESPONDER

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …

Brexit: Hoje era o Dia D (mas afinal, fica tudo na mesma)

Devia ter sido o dia decisivo para o Brexit no Parlamento do Reino Unido, mas o processo foi mais uma vez adiado.  Foi aprovada uma emenda que obriga o primeiro-ministro Boris Johnson a pedir um novo …