Marcha das Mulheres reuniu meio milhão de pessoas em Washington

Michael Reynolds / EPA

Women's March on Washington, 21 de janeiro de 2017

Women’s March on Washington, 21 de janeiro de 2017

A Marcha das Mulheres em Washington, um protesto que juntou apoiantes em mais de 60 países, reuniu na capital norte-americana mais de 500 mil pessoas este sábado em protesto contra Donald Trump.

Um dia depois do controverso multimilionário ter prestado juramento como 45º Presidente dos Estados Unidos, a afluência foi de tal forma superior às 200 mil pessoas esperadas que não foi possível marchar pelas ruas, já que todo o percurso do trajeto estava completamente tomado pela multidão, informou a Associated Press.

As autoridades da cidade ainda não conseguiram calcular o número exato de manifestantes, já que a nebulosidade dificultava as filmagens aéreas que permitiriam realizar uma estimativa mais precisa.  De acordo com as agências de notícias, sinais claros mostram que os manifestantes em Washington contra Trump poderão superar aqueles que assistiram à tomada de posse, com mais de meio milhão de pessoas no centro de Washington este sábado.

De acordo com a Time, houve menos participação popular na posse de Trump do que nas posses dos dois mandatos de Barack Obama, o que pode ser verificado não só pelas fotografias aéreas como, também, pelo número de passageiros que usaram o metro da capital norte-americana nos dias dos eventos.

Na capital norte-americana, dezenas de milhares de mulheres mostravam mensagens como “As mulheres não recuarão” e “Menos medo, mais amor” e criticam a postura de Trump em questões como aborto, diversidade cultural e alterações climáticas.

“Hoje marchamos pelo núcleo moral desta nação, contra a qual o nosso novo presidente está a travar uma guerra”, disse a conhecida atriz America Ferrera perante os protestantes em Washington, considerando que uma “plataforma de ódio e divisão” assumiu o poder na Casa Branca, mas que não representa o país.

Somos a América e estamos aqui para ficar“, afirmou.

No resto dos EUA, a Marcha das Mulheres também reuniu 500 mil pessoas em Los Angeles e no centro de Nova Iorque. Em Chicago, os organizadores estimaram que cerca de 250 mil pessoas percorreram as ruas da cidade no âmbito deste protesto anti-Trump.

Milhares de pessoas encheram ainda avenidas e praças por todo o mundo, de Londres a Sidney – passando pelo Porto e Lisboa -, em manifestações pelos direitos das mulheres que também são de solidariedade para com o protesto que acontece em Washignton. De acordo com uma estimativa da NBC, a Marcha das Mulheres poderá ter reunido um total de 3 milhões de manifestantes em 673 cidades de mais de 80 países.

ZAP // SN / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Bolhas domésticas" e celebrações online. As sugestões de Bruxelas para o Natal

A Comissão Europeia pediu esta quarta-feira aos países da União Europeia (UE) para definirem “critérios claros” relativamente ao Natal, devendo estipular um número máximo de pessoas por ajuntamento, incentivar “bolhas domésticas” para passar as festividades …

PSD ouviu empresários em greve de fome e apela a Governo que os receba

O líder do grupo parlamentar do PSD apelou esta quarta-feira ao Governo para que receba os empresários da restauração e da animação noturna em greve de fome em frente ao Parlamento, depois de se ter …

China acusada de violar sanções à Coreia do Norte. EUA oferecem recompensa de 5 milhões

A China está a ser acusação de uma “violação flagrante” da obrigação de aplicar sanções internacionais à Coreia do Norte. Os Estados Unidos estão a oferecer uma recompensa de cinco milhões de dólares por informações. De …

Fabricante de aeronaves Embraer revela ter sido vítima de ataque informático

A fabricante aeronáutica brasileira Embraer informou esta terça-feira, em comunicado, que sofreu um ataque informático aos seus sistemas. A Embraer frisou, em comunicado divulgado aos acionistas, que o ataque “resultou na divulgação de dados supostamente atribuídos …

Filho de Michael Schumacher ascende à Fórmula 1 em 2021

O alemão Mick Schumacher, filho do antigo piloto Michael Schumacher, ascende à Fórmula 1 na próxima temporada, para pilotar um dos carros da escuderia Haas, anunciou esta quarta-feira a equipa norte-americana. Atual líder do campeonato de …

Costa diz que ilegalização do Chega não é resposta, mas sim solucionar problemas

O primeiro-ministro considerou esta terça-feira que a resposta política mais eficaz ao Chega não passa pela sua ilegalização, mas por solucionar os problemas sociais que alimentam o populismo e explicam a existência do partido. António Costa …

Após atropelamento que fez 5 mortos na Alemanha, polícia exclui hipótese de terrorismo

O condutor que ontem provocou cinco mortes ao atropelar várias pessoas numa zona pedonal, em Trier, mostra sinais de "distúrbios psiquiátricos", afirmou o procurador dessa cidade do oeste da Alemanha, com a polícia a descartar …

Sonangol admite sair do Millennium BCP se surgir uma "boa oportunidade"

A petrolífera angolana Sonangol, segundo maior acionista do Millennium BCP com cerca de 20%, admitiu aproveitar alguma “boa oportunidade” que surja para vender a sua participação. A informação foi transmitida pela Sonangol de Sebastião Gaspar Martins, …

Portugal com mais 68 mortos e 3.384 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quarta-feira mais 68 mortos relacionados com a covid-19 e 3.384 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já registou 4.645 …

Tribunal de Contas usa inteligência artificial para controlar entidades

O Tribunal de Contas (TdC) começou a utilizar um sistema baseado em inteligência artificial para controlar as contas de cerca de 6.500 entidades que estão sob a sua alçada. Segundo noticiou esta quarta-feira o Correio da …