Marcelo nota “salto” nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve “um salto humano” nas relações luso-italianas e um “estreitamento” em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para “ir mais longe”.

Agora é preciso fazer mais, esse é o desafio que vos deixo. Têm de fazer mais e melhor, temos de ir mais longe. Temos de ter mais relações humanas, temos de ter mais relações culturais, e educativas, e científicas e académicas. E depois também empresariais e financeiras e políticas”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, em Roma, esta segunda-feira.

Perante cerca de 200 pessoas, numa receção à comunidade portuguesa em Itália, na residência do embaixador de Portugal em Roma, Pedro Nuno Bártolo, o chefe de Estado acrescentou: “Porque somos, em muitos aspetos, muito parecidos e é uma pena que não tiremos proveito dessas afinidades. É esse o desafio que vos lanço”.

Nesta receção, Marcelo tirou fotografias com militares portugueses que estão no comando da NATO em Nápoles, com um grupo de estudantes de Erasmus em Itália e aceitou ser sócio honorário de uma futura associação cultural luso-italiana que está a ser criada, entre outros, por Fátima Afonso, uma portuguesa que reside em Roma há 30 anos e tem um restaurante perto do Vaticano.

O Presidente da República, que chegou esta segunda-feira à tarde à capital italiana, para uma visita de Estado a Itália, notou “um salto enorme no relacionamento entre Portugal e Itália” desde a sua primeira deslocação a Roma, no início do seu mandato, em maio de 2016.

“Um salto humano: há mais italianos a viver em Portugal, são hoje perto de 20 mil, um aumento de mais 30%, mas há mais portugueses a viverem aqui em Itália também, um salto significativo, e muitos jovens”, assinalou.

Atualmente, de acordo com uma estimativa consular, vivem em Itália cerca de sete mil portugueses, grande parte deles estudantes, e perto de metade na região do Lazio, onde se encontra a capital, Roma.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, “houve também um estreitamente em termos culturais e um estreitamento em termos económicos entre os dois países”, com “mais investimento italiano em Portugal” e “mais empresas portuguesas aqui em Itália”.

“E há, obviamente, um estreitamento político de relações entre os dois países“, acrescentou, referindo que ambos pertencem à União Europeia e partilham, “no essencial, as mesmas convicções: Estado de direito democrático, direitos humanos, abertura, ecumenismo”.

No plano europeu, Portugal e Itália partilham o objetivo de tornar a União Europeia “mais forte, com um peso maior no mundo, mais coesa, mais justa, mais igual” e com “atenção crescente aos europeus, uma União Europeia que olhe mais ainda para as pessoas”, afirmou. Os dois países apostam num aprofundamento da “parceria entre Europa e África”, que Portugal quer reforçar quando assumir a presidência da União Europeia, prosseguiu.

O Presidente da República disse que não foi por acaso que passou por Roma antes da sua visita de Estado a Moçambique, em maio de 2016: “Sabia como era importante naquele momento histórico o nosso relacionamento trilateral”. “Aí, continuamos permanentemente a conjuntar esforços.”

Perante os representantes da comunidade portuguesa em Itália, Marcelo Rebelo de Sousa falou também da sua “relação fraternal” com o Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, e elogiou a sua “personalidade excecional, como homem, como jurista, como humanista, como político, como estadista”.

No seu entender, “esta visita de Estado, que vai permitir reafirmar os laços fraternais com o Presidente Mattarella, vai permitir dialogar com o Governo em funções, vai permitir um relacionamento próximo com as duas câmaras do Congresso” – contactos de alto nível que terá na terça-feira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …