Marcelo nota “salto” nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve “um salto humano” nas relações luso-italianas e um “estreitamento” em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para “ir mais longe”.

Agora é preciso fazer mais, esse é o desafio que vos deixo. Têm de fazer mais e melhor, temos de ir mais longe. Temos de ter mais relações humanas, temos de ter mais relações culturais, e educativas, e científicas e académicas. E depois também empresariais e financeiras e políticas”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, em Roma, esta segunda-feira.

Perante cerca de 200 pessoas, numa receção à comunidade portuguesa em Itália, na residência do embaixador de Portugal em Roma, Pedro Nuno Bártolo, o chefe de Estado acrescentou: “Porque somos, em muitos aspetos, muito parecidos e é uma pena que não tiremos proveito dessas afinidades. É esse o desafio que vos lanço”.

Nesta receção, Marcelo tirou fotografias com militares portugueses que estão no comando da NATO em Nápoles, com um grupo de estudantes de Erasmus em Itália e aceitou ser sócio honorário de uma futura associação cultural luso-italiana que está a ser criada, entre outros, por Fátima Afonso, uma portuguesa que reside em Roma há 30 anos e tem um restaurante perto do Vaticano.

O Presidente da República, que chegou esta segunda-feira à tarde à capital italiana, para uma visita de Estado a Itália, notou “um salto enorme no relacionamento entre Portugal e Itália” desde a sua primeira deslocação a Roma, no início do seu mandato, em maio de 2016.

“Um salto humano: há mais italianos a viver em Portugal, são hoje perto de 20 mil, um aumento de mais 30%, mas há mais portugueses a viverem aqui em Itália também, um salto significativo, e muitos jovens”, assinalou.

Atualmente, de acordo com uma estimativa consular, vivem em Itália cerca de sete mil portugueses, grande parte deles estudantes, e perto de metade na região do Lazio, onde se encontra a capital, Roma.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, “houve também um estreitamente em termos culturais e um estreitamento em termos económicos entre os dois países”, com “mais investimento italiano em Portugal” e “mais empresas portuguesas aqui em Itália”.

“E há, obviamente, um estreitamento político de relações entre os dois países“, acrescentou, referindo que ambos pertencem à União Europeia e partilham, “no essencial, as mesmas convicções: Estado de direito democrático, direitos humanos, abertura, ecumenismo”.

No plano europeu, Portugal e Itália partilham o objetivo de tornar a União Europeia “mais forte, com um peso maior no mundo, mais coesa, mais justa, mais igual” e com “atenção crescente aos europeus, uma União Europeia que olhe mais ainda para as pessoas”, afirmou. Os dois países apostam num aprofundamento da “parceria entre Europa e África”, que Portugal quer reforçar quando assumir a presidência da União Europeia, prosseguiu.

O Presidente da República disse que não foi por acaso que passou por Roma antes da sua visita de Estado a Moçambique, em maio de 2016: “Sabia como era importante naquele momento histórico o nosso relacionamento trilateral”. “Aí, continuamos permanentemente a conjuntar esforços.”

Perante os representantes da comunidade portuguesa em Itália, Marcelo Rebelo de Sousa falou também da sua “relação fraternal” com o Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, e elogiou a sua “personalidade excecional, como homem, como jurista, como humanista, como político, como estadista”.

No seu entender, “esta visita de Estado, que vai permitir reafirmar os laços fraternais com o Presidente Mattarella, vai permitir dialogar com o Governo em funções, vai permitir um relacionamento próximo com as duas câmaras do Congresso” – contactos de alto nível que terá na terça-feira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …