Marcelo pede aos portugueses para votarem. “Ficar em casa é um erro enorme”

António Cotrim / Lusa

O Presidente da República pediu hoje aos portugueses que façam o “pequeno sacrifício” de votar nas eleições para o Parlamento Europeu e não deixem “nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é de todos”.

Numa comunicação sobre as eleições deste domingo, divulgada na televisão e na rádio e no portal da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa sustentou que atualmente “é tão importante o que se decide na Europa como muito do que se decide apenas em Portugal” e que nos próximos anos “decisões fundamentais” para o futuro serão tomadas no quadro europeu.

“Por isso, vos peço que esqueçais o que vos desgostou na campanha eleitoral, ou a tentação de pensar que é um voto incómodo, um voto desinteressante, um voto desnecessário, ou o comodismo de achar que votar é para os núcleos duros dos partidos, para os entendidos, para os mesmos de sempre”, afirmou.

Peço-vos esse pequeno sacrifício que é não deixar nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é de todos”, acrescentou o chefe de Estado.

Na habitual mensagem presidencial transmitida em véspera de atos eleitorais, centrada no combate à abstenção, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que ficar em casa no domingo é “um erro enorme” e insistiu para que os eleitores dediquem “uns minutos do seu tempo àquilo que vai determinar os próximos cinco anos”.

“Até para, no dia seguinte, não terdes, não termos, de recomeçar o queixume de que a Europa, a que pertencemos, está errada, de que a Europa não nos entende, de que a Europa não nos apoia como deveria fazê-lo, de que a Europa não é suficientemente solidária, de que a Europa se encontra dominada pelos que não queremos, nem aceitamos. Tudo porque a maioria esmagadora escolheu não escolher”, advertiu.

O Presidente da República disse que foi assim que “começou, em tantos casos, a fraqueza das democracias” e “o caminho para a sedução dos poderes absolutos”. “Votar amanhã é não desistir da liberdade de mandar no nosso futuro“, reforçou.

No início da sua mensagem, o chefe de Estado referiu que “tem sido regra haver uma elevada abstenção nas eleições para o Parlamento Europeu” e mostrou-se consciente de que “muitos portugueses” desvalorizam a importância deste ato eleitoral, em que não escolhem quem exerce o poder em Portugal.

Marcelo admitiu que “o mais de um milhão de compatriotas que vive por esse mundo fora, e que, num passo histórico, passou a ter direito de voto, pode estar ainda longe destas suas primeiras eleições”.

“Também sei que, nas campanhas eleitorais europeias, se fala de muito mais do que de Europa, sobretudo num ano, como este, em que daqui por quatro meses, há novas eleições, as eleições para a Assembleia da República”, prosseguiu.

No seu entender “é, por isso, tentador ficar em casa e deixar a outros o encargo de irem votar, guardando para outubro o voto considerado essencial“, mas “é um erro, é um erro enorme”.

“A Europa é, com todos os seus problemas, a área com mais direitos do mundo. Muita da nossa vida resolve-se na Europa. Na Europa temos quase dois milhões de familiares nossos. Na Europa se tomam decisões que marcam o nosso presente e o nosso futuro – nas finanças, na economia, no emprego, na formação, nas escolas, no ambiente, nas estradas, no digital, na inovação”, argumentou.

Marcelo Rebelo de Sousa salientou ainda o contributo da União Europeia para o desenvolvimento do país: “Temos tido apoio, com fundos, para fazermos muito do que sozinhos faríamos com maior custo e para mantermos, em momentos difíceis, a capacidade de nos financiarmos lá fora”.

“Ora, na Europa, na União Europeia, só temos uma hipótese de escolher os nossos representantes diretos, e que é a de participar na eleição dos nossos deputados europeus”, frisou.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tenho uma raiva a este homem que vocês nem queiram saber. Desde que ele se fotografou ao lado dos agressores de Polícias.

RESPONDER

Afinal, o universo pode ser 2 mil milhões de anos mais novo do que pensávamos

Novos cálculos sugerem que o universo pode ser dois mil milhões de anos mais novo do que aquilo que se pensava. Contudo, é difícil saber com exatidão a sua verdadeira idade. Os cientistas calculam a idade …

O maior vulcão de uma lua de Júpiter pode estar prestes a entrar em erupção

O maior vulcão de Io, uma das quatro grandes luas de Júpiter, pode estar prestes a explodir. Décadas de observação mostram um ciclo periódico nas erupções deste vulcão. De acordo com o Science Alert, o vulcão …

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …