Marcelo garante que incidente entre Portugal e Brasil “é um problema de família”

32

Paulo Novais / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o ex-presidente do Brasil, com Luís Inácio Lula da Silva

Presidente da República acabou por não viajar até Brasília, tal como previa o programa oficial, para se encontrar com Jair Bolsonaro.

A polémica em torno da viagem de Marcelo Rebelo de Sousa ao Brasil e o consequente encontro com Jair Bolsonaro começou ainda com o Presidente português em solo nacional, mesmo antes de embarcar no voo especial da TAP que o levou até ao outro lado do Oceano. As primeiras notícias davam conta do cancelamento do encontro previsto com Jair Bolsonaro, em Brasília. No entanto, nenhuma informação oficial havia sido enviada à comitiva portuguesa, pendente do convite escrito que havia sido feito.

Num primeiro momento, Marcelo Rebelo de Sousa tentou desvalorizar a situação, dizendo aos jornalistas, antes da partida”, que ia para o Brasil “com o mesmo programa” e apontando que, caso o encontro não acontece não haveria nenhum “drama“. Na altura, os rumores apontavam para um descontentamento do presidente brasileiro por na agenda do chefe de Estado português constar também um almoço com Lula da Silva, antigo presidente brasileiro e provável adversário de Bolsonaro nas eleições de outubro deste ano.

Na chegada ao Rio de Janeiro, as respostas continuavam a ser poucas, com Marcelo Rebelo de Sousa a dizer que aguardava “serenamente” por mais esclarecimentos, mas assegurando que, mais importante do que as instituições e os ocupantes dos cargos políticos, é a “aliança fraterna” entre os dois povos. Foi com este discurso diplomático que a comitiva começou a antecipar a real possibilidade de o encontro entre os dois chefes de Estado não acontecer.

“A minha experiência de muitos anos de vida e muitos anos de vida política é que o fundamental é olhar para os povos. Depois, as questões conjunturais, almoça hoje, almoça amanhã, almoça depois de amanhã, há de haver um momento em que há um almoço por força das situações, por força das circunstâncias“, disse na altura.

Com o passar das horas, e perante a ausência de um cancelamento oficial por parte do gabinete de Jair Bolsonaro, tornou-se claro que o dito encontro não iria acontecer, nem mesmo a deslocação a Brasília. A confirmação da alteração dos planos da comitiva portuguesa surgiu pela voz do próprio Marcelo de Sousa após o almoço com Lula da Silva – ocasião onde, garantiu aos jornalistas, a situação com Bolsonaro não foi discutida.

Segundo o Presidente da República, o convite foi-lhe endereçado por escrito, pelo que aguardava por uma confirmação do cancelamento pela mesma via. Caso esta não chegasse “até ao começo da tarde“, o seu programa seria ficar “por São Paulo, como esteve sempre para ficar no início”. E foi o que aconteceu. Desta forma, a comitiva portuguesa voltava ao “plano A“, o qual foi alterado em função do convite de Bolsonaro.

Já no final do dia de ontem, numa intervenção no consulado-geral de São Paulo, Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se à situação como “um problema de família“, destacando o simbolismo do coração de D. Pedro, que reinou e deixou descendentes no trono dos dois países. “Tudo o que se passa entre nós é sempre um problema em família”, afirmou.

Apesar do incidente, o Presidente da República garantiu que em setembro marcará presença na capital do Brasil para as comemorações dos 200 da independência do país. “O Senado já convidou para eu ser o orador convidado. Mas vem comigo o presidente do parlamento português, e virá comigo o Governo, para mostrar que os órgãos de soberania todos cá estarão nesse momento fundamental”.

  Ana Rita Moutinho, ZAP //

32 Comments

    • Lula é um ex presidiário, condenado em 3 instâncias, teve os julgamentos anulados inconstitucionalmente por ministro do STF, nunca foi absolvido, seria novamente julgado por novo tribunal, houve prescrição da pena pela idade, por isso está livre querendo voltar ao local do crime.

      • Pois é ….mas o Lula ainda se vai candidatar á presidência do Brasil e provavelmente ganhar…….isso tudo não adianta para o impedir. Só mesmo o povo é que vai decidir.

  1. Quem confraterniza com ladroes corruptos mafiosos não pode ter lugar à mesa com o chefe de estado da décima maior economia mundial. Gosto muito do Marcelo, votei nele mas esta amena cavaqueira com o mafioso do Lula é patética

    • O Bolsonaro também já esteve preso!!
      E, é conhecido internacionalmente pelos piores motivos!…
      Além disso, a visita não era uma vista de Estado e, ainda não começou a companha eleitoral no Brasil!

      • Prisão militar por indiciplina, diferente de prisão por assalto ao erário público. Acusem-o do que quiserem, só não de corrupto, como o ex presidiário.

        • Não vou defender o Lula (as evidências de que é corrupto são fortes!) mas também é certo que as acusações foram claramente manipuladas – e por isso anuladas!…
          Tenho sérias duvidas que uma personagem como o Bolsonaro, sendo politico há 30 anos, no Brasil, no meios onde se move ( empresários manhosos, seitas religiosas, etc) com o historial dos filhos, etc, etc, não seja tão ou mais corrupto do que o Lula!

          Também não vou defender o Marcelo porque enfim… nunca votei nele mas, felizmente, não é um Bolsonaro!…
          Ele não foi ao Brasil numa visita de Estado (nem o Brasil está ainda em campanha presidencial) e encontrou-se com outros ex- presidentes.
          Não o devia ter feito, ainda para mais quando sabe como é o Bolsonaro.
          De qualquer modo não consigo dar razão ao Bolsonaro – que se comporta como uma criança birrenta e claramente não conhece a responsabilidade do cargo que ocupa. Gostava de saber qual foi a desculpa oficial para desmarcar o encontro com o Marcelo; cobarde como é, não acredito que tenha dito que foi por causa do encontro com o Lula – se calhar nem respondeu!…

          Além disso o Marcelo foi o único chefe de Estado europeu/civilizado que esteve na tomada de posse do Bolsonaro!!

  2. Bolsonaro, fez muito bem em não receber o Marcelo. Pois comportou-se como um líder de um país comunista.

    • Prisão militar por indiciplina, diferente de prisão por assalto ao erário público. Acusem-o do que quiserem, só não de corrupto.

  3. Eu esperava diplomacia aqui para ser sincero. Faz parte de uma comitiva se encontrar com o Presidente do País que visita e receber também a oposição do mesmo. Isso é diplomacia e se o Presidente Bolsonaro realmente fizer isso. Sinceramente mimimis para quem tanto fala dos mimimis dos outros. Por esta eu não esperava. Fiquei realmente desapontado. Isso só lhe fica mal. Ainda bem que nessa cena ridícula e inteiramente despropositada tem um Presidente diplomata e com experincia suficiente pelos dois ( Marcelo rebelo de Sousa) Presidente de Portugal.

    Trievus Opinião

  4. Parabéns Presidente Bolsonaro. Fez muito bem não receber um presidente que não está a sua altura ética e moral preferindo conviver com corruptos famosos.

    • Fez muito bem mesmo. Foi um grande desrespeito ao Brasil e ao Presidente Bolsonaro, essa visita a um ex-presidiario que roubou nossa nação. Lula é um grande ladrão!

      • Essa é a triste realidade. Lula roubou o País e os brasleiros e continua como se nada fosse, a ser ouvido e eventualemnte voltará ao poder. Nesse caso, pobres dos brasileiros patriotas e pagantes, pois voltarão a ser indecentemente roubados.
        Que mais irá acontecer nesse País tão fantástico???

  5. A questão é que o Presidente Bolsonaro evita conviver com condenados da justiça no mesmo ambiente. O ex presidiário não foi inocentado de seus crimes, mas “descondenado” por um juiz do STF ali colocado pelo lulopetismo, o Fachim. A filigrana que utilizou é que o julgamento deveria ter ocorrido em São Paulo e não em Curitiba. Isso após sete anos de processo . . .
    Portugal é um país irmão e merece todo respeito e companheirismo. Mas . . .

  6. O presidente Marcelo é patético, sem noção nenhuma. Fez muito bem o presidente Bolsonaro, pode ser que o Marcelo aprenda a situar-se.

  7. Muito bem presidente Bolsonaro! Este Marcelo não se enxerga, e vai acumulando no seu portfólio fotos com gente mafiosa

  8. Este Marcelo quer é tacho, ele quer é viajar por ai fora e destruir o pais com os seus ideais de iluminismo e mentiras que prega ao estupido povo português à descarada. É um lider fraco e sem vergonha.

  9. Temos o maior presidente do mundo!!…parabens ao nosso Marcelo pela lição que deu ao André Ventura do Brasil…como diz o nosso Marcelo o que conta são os povos, os líderes assim como as organizações vão e vem e mudam e alteram-se…mas os povos sao sempre os mais importantes…

  10. Parabens ao presidente do BRASIL, por deixar claro ao presidente de Portugal que AGUA LIMPA (Bolsonaro) E OLEO SUJO (Lula) nao se misturam. O Presidente Bolsonaro deixou claro que é preciso separar o JOIO DO TRIGO, e até o momento, nao se sabe no BRASIL, qual o real motivo do Encontro do Sr. Marcelo, com ambos. Seria para levar FOFOCAS ou INFORMACOES COLHIDAS NO ENCONTRO DO BOLSONARO, logo após, ao ex-presidiario e ainda Ladrão, LULA da SILVA? Tudo parece indicar que sim. Logo, muito acertada a decisão do PLANALTO em não aceitar tal “visita” aos modos de um Cavalo de Tróia. EM Portugal, vós não sabem nem 1/5 de todas as roubalheiras, picaretagens e maldades do LULA, STF, TSE e sua gangue no Brasil… Logo, nao falem baboseiras sem vivenciar a verdade do que estes criminosos fizeram e querem novamente fazer ao país. LULA NA CADEIA, LULA NUNCA MAIS! NAO MENOS.

  11. Será que o Marcelo foi falar com Lula para pedir uma parte dos 25 milhões de euros que a ex-amante do Lularapio levou para Portugal em 2012? A ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Nóvoa de Noronha, depositou 25 milhões de euros no BES (Banco Espírito Santo), de Portugal, após entrar com o dinheiro no país usando a mala diplomática….

  12. Francamente, quando uma visita é Oficial é para tratar de assustos entre Estados.
    Quando não é Oficial é na qualidade de cidadão para visitas de cortesia, representações, passeios, almoços, turismo e outros.
    Ir ao Brasil e na agenda da viagem não-Presidencial e tomar um café com o “réu mais que condenado”, por isso famoso, que pretende ser candidato à Presidência do Brasil… “diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és”… a Oi foi comprada pela PT – Portugal Telecom, como foi a história? Será?

  13. Como cidadão português, o Marcelo tem o meu voto para na próxima deslocação ao Brasil, em Setembro ou Outubro, fazer um magnífico manguito a esse canalha do Bolsonaro. Que vá visitar os amigos do costume e deixe esse mafioso a fumegar no tal Planalto.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.