Contra “radicalismos, xenofobias e intolerâncias”. Marcelo vai ser distinguido pela mais antiga universidade da Europa

José Coelho / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, termina esta quarta-feira em Bolonha a sua visita de Estado a Itália, com um dia dedicado à educação, em que será distinguido pela mais antiga universidade da Europa.

O chefe de Estado vai viajar de comboio de Roma para Bolonha, depois de prestar homenagem ao soldado desconhecido, na capital italiana. À chegada a Bolonha, terá uma audiência com o presidente da Emilia Romagna, Stefano Bonaccini, na sede desta região administrativa.

Depois, receberá o Sigillum Magnum da Universidade de Bolonha, uma medalha atribuída pela instituição a personalidades desde 1888, numa cerimónia em que estará o Presidente da República Italiana, Sergio Mattarella, também ele formado em Direito e antigo professor universitário.

Na terça-feira, quando foi recebido por Sergio Mattarella no Palácio do Quirinal, em Roma, Marcelo Rebelo de Sousa agradeceu-lhe a honra da sua presença “na ida à primeira das primeiras universidades europeias, a Universidade de Bolonha”, na qual considerou que irá “reencontrar o espírito académico”.

Marcelo colocou-se lado a lado com o Presidente de Itália, Sergio Mattarella, na defesa “de uma posição comum da União Europeia sobre migrações”. “É preciso que a UE tenha uma posição comum”, afirmou Marcelo. “O problema das migrações deve ser assumido globalmente pela UE, nenhum país sozinho conseguirá resolvê-lo”, concordou Mattarella.

Marcelo defendeu ainda, de acordo com o semanário Expresso, a “rejeição dos radicalismos, xenofobias, incompreensões e intolerâncias” e criticou “alguns poderosos que colocam os seus interesses egoístas à frente de uma visão global da humanidade”.

“Ele sabe, como eu sei, que ser-se chefe de Estado é muito importante, mas que ainda é mais importante a formação académica, aquilo que o marcou e que me marcou. Foi aí que aprendemos os princípios e os valores. Por isso, fico muito sensibilizado pela presença do Presidente Sergio Mattarella”, afirmou.

Em Bolonha, os dois presidentes terão depois uma “cerimónia oficial de despedida, que simboliza o fim formal da visita de Estado”, mas o programa de Marcelo Rebelo de Sousa só termina na Câmara Municipal, com “um diálogo com estudantes universitários”.

Segundo uma estimativa consultar, residem atualmente em Itália cerca de sete mil portugueses, grande parte dos quais estudantes, num dos países europeus que mais acolhem alunos de outros Estados-membros da União Europeia, num total de perto de 45 mil, de acordo com o Eurostat.

Nesta deslocação a Itália, o Presidente da República está acompanhado pela secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, e pelos deputados à Assembleia da República Jorge Lacão, do PS, Adão Silva, do PSD, e Bruno Dias, do PCP. A deputada do CDS-PP Ana Rita Bessa não pôde integrar a comitiva, à última hora, por motivos de saúde.

Esta é a sua 16.ª visita de Estado e a sua quarta deslocação a Itália como chefe de Estado, onde esteve logo no início do seu mandato, em maio de 2016, a caminho de Moçambique, tendo sido recebido na altura em Roma pelo Presidente italiano, Sergio Mattarella.

Em maio de 2018, esteve em Florença, para uma conferência sobre a Europa, e em maio deste ano participou em Nápoles numa reunião da organização empresarial Cotec Europa. O Presidente de Itália, por sua vez, efetuou uma visita de Estado a Portugal em dezembro de 2017.

O chefe de Estado chegou à capital italiana na segunda-feira e esteve com representantes da comunidade portuguesa ao final desse dia, depois de inaugurar uma exposição de fotografia sobre os papas em Fátima.

O dia de terça-feira foi reservado para os contactos institucionais, com encontros com o Presidente de Itália, com o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, e os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. hoje qualquer um pode receber uma carica, prémio nobel ou distinção qualquer coisa são as novas modernices onde o satanismo impera.

RESPONDER

Uma cidade romana submersa renasce na Turquia

Uma parte submersa da antiga cidade romana de Augusta ressurgiu depois de o nível da água do lago Seyhan ter descido devido à seca em Adana, no sul da Turquia. A cidade foi fundada por Tibério, …

Apoio a pais de crianças em isolamento profilático mantém-se a 100%

Os pais de crianças que têm de ficar em isolamento profilático têm direito a subsídio pago. A regra é válida para crianças menores de 12 anos. O subsídio pago aos trabalhadores que têm de ficar em …

Barbosa Ribeiro, que não quer ser o Rei Sol, distribuiu álcool gel para "desinfetar" a Câmara

Tiago Barbosa Ribeiro, candidato socialista à Câmara Municipal do Porto, rejeita a ideia de que não é muito conhecido, afasta a ambição de querer ser o "Rei Sol" e admite ficar na Invicta nos próximos …

Coronavírus: há 21 mil anos a causar pandemias

Os coronavírus só foram identificados como distintos dos vírus da gripe nos anos 60 do século passado, e neste houve apenas duas pandemias de coronavírus —  MERS e SARS — registadas antes da atual, mas …

Parlamento discute propostas para travar preços dos combustíveis e da eletricidade

Os deputados votam esta sexta-feira, no Parlamento, o diploma do Governo para limitar as margens de combustíveis, assim como uma série de outras propostas sobre energia, da responsabilidade de vários partidos. O Governo aprovou em julho, …

Marcelo admite que se "fechou uma página" - mas já deixou recados para o Natal

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta quinta-feira que Portugal é visto por outros países europeus como exemplo pela taxa de vacinação e combate à covid-19, mas que este "é um processo …

UGT quer salário mínimo de 1.000 euros em 2028

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva, defendeu a necessidade de acabar com a política de baixos salários e precariedade. Carlos Silva, secretário-geral da UGT, defendeu esta quinta-feira que o Governo socialista tem obrigação de aumentar os …

Vermes partilham "memórias" através do ARN para avisar do perigo

Um artigo publicado recentemente na Cell mostra que os vermes têm uma forma peculiar de partilhar memórias: transmitem-nas através do ARN. Partilhar informação é crucial para a sobrevivência das espécies, mas como é que formas de …

Manchester United: jogador expulso e chamado a tribunal em 48 horas

Aaron Wan-Bissaka irá depor em tribunal, no final deste ano. Jovem futebolista foi apanhado a conduzir sem carta e sem seguro. Não estão a ser dias fáceis para Aaron Wan-Bissaka. O futebolista do Manchester United soube …

15 mil cadeiras vazias: Guardiola não gostou mas já ouviu um "recado"

Estádio do Manchester City voltou a ficar longe de lotação esgotada, num jogo da Liga dos Campeões. "Espero que apareça mais gente no sábado", admitiu o treinador. As palavras foram estas, depois da goleada que o …