Marcelo ainda não decidiu sobre fim do sigilo bancário. “Até eu tomar a decisão não há nada a dizer”

Mário Cruz / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que ainda não tomou qualquer decisão sobre o diploma que impõe o fim do sigilo bancário nas contas com mais de 50 mil euros.

“Até eu tomar a decisão não há nada a dizer”, afirmou o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas no final da cerimónia em que foi plantada a primeira árvore do novo campus da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, que será construído em Carcavelos, no concelho de Cascais.

Questionado sobre notícias que referem que já tomou uma decisão sobre este diploma do Governo, Marcelo Rebelo de Sousa assegurou que, quando a decisão for tomada, se saberá.

“Não é possível saberem antes de ser tomada a decisão”, acrescentou.

Este domingo, no seu espaço de comentário na SIC, Marques Mendes disse acreditar que Marcelo Rebelo de Sousa deveria vetar a lei que determina o acesso do Fisco às contas bancárias acima de 50 mil euros.

“Vetar a lei é uma questão de bom senso, de prudência e de coerência”, considera Marques Mendes, apelidando o diploma como uma “monstruosidade” por partir do princípio de que todos os que têm contas com mais de 50 mil euros são suspeitos de fuga ao fisco.

O conselheiro de Estado do Presidente da República apontou que a recente posição comunista contra a medida veio reforçar a intenção de Marcelo em não deixar passar a lei.

Entretanto, o Público reforçava igualmente que Marcelo não deveria deixar passar o diploma, lembrando que, em agosto, o Presidente da República disse claramente que a apresentação de uma medida deste género “não teria acolhimento algum” da sua parte.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. CURTO E GROSSO:Dá-me que pensar esta questão tão badalada do “sigilo bancário”.Mais.Fico boquiaberto,senão confuso e indignado,quando algumas figuras conhecidas do nosso quotidiano da coisa politica se dão ao trabalho(como se combinados e num “pacto solene”,de todo suspeito),de emitirem opiniões como se o cidadão comum,todo ele,fosse néscio e ausente da realidade do que se passa,em especial nalgumas matérias muito sensíveis e de extremo interesse dos profissionais da politica,bem como da alta finança.Pasme-se da indiferença e receios de alguns sectores quanto a esta novela,cínica e rocambolesca,do “sigilo bancário”,que entre avanços e recuos,o que se vê é uma afronta aos milhões de cidadãos,que são aqueles que NÃO TÊM RECEIO,que NÃO DEVEM, NEM TEMEM!Até o nosso PR,parece temer algo,que não se percebe o quê!…Só se…

RESPONDER

Depois do 4-2-4 contra Costa, Rio muda a táctica para conquistar indecisos

A prestação de Rui Rio nos debates televisivos, nomeadamente contra António Costa, correu muito melhor do que se esperava no seio do PSD. O presidente social-democrata jogou ao ataque, "em 4-2-4" contra o líder do …

Jogadores do Porto irritados com fúrias de Sérgio Conceição

Os jogadores do FC Porto estão incomodados com os ataques de fúria do seu treinador, Sérgio Conceição, que em alguns casos já levaram a situações de humilhação pública. O caso mais mediático foi o de …

Prejuízos na TAP agravam-se e podem afastar Neeleman. Governo já procura novo comprador

A TAP apresentou prejuízos de cerca de 119 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, um agravamento de 29 milhões relativamente a 2018. São os resultados negativos mais elevados desde a privatização da companhia …

"Deixem as vacas em paz!" Marcado mega churrasco de protesto na Universidade de Coimbra

Continuam a chover críticas à Universidade de Coimbra depois da decisão de banir a carne de vaca das cantinas. Associações do sector da produção bovina apelam a que se "deixem as vacas em paz" e …

Parte do programa do PDR é literalmente igual ao do PSD

O programa eleitoral do PDR para as legislativas de 6 de outubro é "exactamente igual" ao programa do PSD. São parágrafos inteiros e medidas exactamente iguais, diz o Público. Os programas eleitorais do Partido Democrático Republicano, …

Cofina chega a acordo com Prisa. TVI vendida por 255 milhões de euros

A Cofina SGPS anunciou este sábado ter chegado a acordo com a espanhola Prisa para comprar a totalidade das ações que detém na Media Capital, valorizando a empresa em 255 milhões de euros. Em comunicado enviado …

BE é feminista porque "isso é querer igualdade e segurança" (e não queima pontes)

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda assumiu sexta-feira o partido como feminista, explicando que "isso é querer igualdade e segurança" para ambos os sexos, e que é preciso "mudar as regras do jogo em …

O mistério da origem do estanho da Idade do Bronze foi finalmente resolvido

A origem do estanho usado na Idade do Bronze tem sido um dos maiores enigmas da pesquisa arqueológica. Agora, investigadores resolveram parte do quebra-cabeças. Um grupo de arqueólogs da Universidade de Heidelberg e do Centro de …

Votos postais dos portugueses no Reino Unido estão a ser devolvidos aos remetentes

Os correios britânicos estão a investigar "com urgência" a razão pela qual os envelopes com os votos postais dos portugueses residentes no país estão a ser devolvidos aos remetentes, informou hoje uma fonte oficial à …

Fuligem da poluição do ar encontrada na placenta de mulheres grávidas

Manchas de fuligem expelidas de motores de automóveis e centrais de combustíveis fósseis podem ser encontradas no lado fetal da placenta. Uma equipa liderada por cientistas da Universidade Hasselt, na Bélgica, estudou as placentas após o …