Marcas misteriosas feitas por canibais em ossos humanos intrigam cientistas

Kurt Thomas Hunt / Flickr

Caverna de Gough (Reino Unido).

Um osso com uma série de marcas em ziguezague, encontrado numa caverna do Reino Unido, é a prova de que os homens que viviam ali há 15 mil anos comiam carne humana. E depois, marcavam os ossos, provavelmente como parte de um ritual.

O estudo, publicado na revista científica Plos One, analisou o osso de um antebraço, que tinha sinais de que fora desarticulado, cortado em filetes e mastigado – mas os ziguezagues não se parecem com os danos que se esperaria de tais acções.

Segundo os cientistas, que já sabiam de práticas canibais na caverna, em Gough, na região de Somerset, no Reino Unido, a novidade foi a descoberta das marcas em ziguezague feitas supostamente após o consumo da carne.

Os cientistas supõem que as marcas tenham algum significado simbólico, conforme cita a BBC. Além disso, os ziguezagues assemelham-se a desenhos gravados em outros objectos do mesmo período.

Silvia Bello et all.

Ossos humanos com marcas de canibais encontrados na Caverna de Gough (Reino Unido).

Os investigadores afirmam que os cortes atípicos no osso do antebraço – no caso, um rádio – foram intencionais. Não são simplesmente marcas de carnificina, muito menos marcas de dentes.

“As marcas cravadas no osso da caverna de Gough são semelhantes a gravuras observadas noutros locais de cultura Magdalenian (do período Paleolítico) da Europa”, refere a investigadora Silvia Bello, do Museu de História Natural de Londres, em declarações à BBC.

“O que é inusitado, neste caso, é a escolha da matéria-prima (osso humano) e o contexto canibal em que foi produzido”, acrescenta a investigadora envolvida na pesquisa.

“A sequência de alterações realizadas neste osso sugere ainda que se trata de um componente premeditado da prática canibal, rica em conotações simbólicas”, acrescenta Silvia Bello.

“Embora em análises anteriores se pudesse sugerir que o canibalismo na caverna de Gough tinha sido praticado como um ritual simbólico, este estudo fornece uma evidência ainda mais forte”, conclui a investigadora.

A caverna de Gough fica na Garganta de Cheddar, um desfiladeiro profundo de pedra calcária, na margem sul das colinas de Mendip, perto da localidade de Cheddar, em Somerset.

As investigações na região começaram há mais de 100 anos. O local ficou famoso após a descoberta, em 1903, do “Homem Cheddar”, o esqueleto completo de um indivíduo do sexo masculino que data de há cerca de 10 mil anos.

Em 2011, Silvia Bello e a sua equipa apresentaram três casos de crânios que podem ter sido usados como copos. Os crânios foram adaptados de forma tão meticulosa que o seu uso como recipientes para líquido parecia a única explicação razoável.

Essa interpretação ganha força após a divulgação deste último estudo.

ZAP // BBC

RESPONDER

Identificado homem que esfaqueou várias pessoas na Finlândia

O tribunal de Turku, na Finlândia, anunciou que identificou Abderrahman Mechkah, de 18 anos, como o principal suspeito do ataque terrorista na sexta-feira, que fez dois mortos e oito feridos. A polícia tinha informado anteriormente que …

Proprietários de alojamento local deverão ter de pagar mais condomínio

O agravamento do valor do condomínio para quem pratica arrendamento local é uma das propostas que constam do relatório do grupo de trabalho do Governo com o PS e BE sobre habitação. Fonte do Governo confirmou, …

Jornalista desaparecida morreu no submarino e foi atirada ao mar pelo inventor

A jornalista sueca Kim Wall, desaparecida há 10 dias no mar Báltico, terá morrido num acidente dentro de um submarino privado durante uma entrevista com o seu inventor, revelou hoje a polícia dinamarquesa. O criador e …

10 marinheiros desaparecidos e 5 feridos após colisão entre navio militar americano e petroleiro

Pelo menos dez marinheiros desapareceram e cinco ficaram feridos na sequência da colisão entre um contratorpedeiro norte-americano e um petroleiro na madrugada desta segunda-feira, a leste de Singapura. "Há pelo menos dez marinheiros desaparecidos e cinco …

Ataques terroristas motivaram medidas de segurança da Câmara de Lisboa, confirma MAI

A colocação de barreiras de segurança em Lisboa estava em estudo há meses devido aos ataques terroristas que têm ocorrido na Europa através do atropelamento de pessoas, disse à Lusa fonte do Ministério da Administração …

Novo escalão no IRS vai beneficiar "apenas" os rendimentos superiores

Uma das promessas do Governo era aliviar a carga fiscal dos rendimentos mais baixos, mas o fiscalista Manuel Faustino frisa que o desdobramento do segundo escalão do IRS em dois patamares "não vai beneficiar nada" …

Carro embate contra paragens de autocarro em Marselha e provoca um morto

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida na manhã desta segunda-feira, em Marselha, no sul de França, depois de terem sido atingidas por um veículo em duas paragens de autocarro. A polícia informou que o …

Nadador espanhol fez um minuto de silêncio sozinho, enquanto os outros competiam

https://www.facebook.com/natacioncadiz.natacioncadiz/videos/1713522402286663/ O nadador espanhol Fernando Álvarez pediu à organização da competição um minuto de silêncio pelas vítimas do atentado em Barcelona. O pedido foi recusado, mas o atleta fez a homenagem sozinho, acabando por perder a prova. O …

Governo indiano suspende 4 engenheiros após acidente de comboio com 21 mortos

O governo da Índia suspendeu quatro engenheiros e concedeu uma "licença" a outros três altos funcionários após o descarrilamento de um comboio, que provocou 21 mortos e deixou 203 feridos no norte do país no …

Ministério Público investiga escola que passou sete alunos reprovados

O Ministério Público abriu um inquérito-crime à Escola EB 2,3 Gonçalo Sampaio, na Póvoa de Lanhoso, na sequência de uma denúncia feita por um professor. Sete alunos com nota negativa acabaram por passar com 11, …