Máquina do tempo põe Michael Phelps, Michael Gross e Mark Spitz a competir na mesma piscina

O Eurosport, maior rede de televisão desportiva da Europa, fez magia: conseguiu juntar três décadas diferentes – 1970, 1980 e 2000 – e presentear os fãs de natação com um espetáculo único onde o atleta olímpico mais medalhado de sempre, Michael Phelps, compete com duas outras lendas da natação: Mark Spitz e Michael Gross.

Corria o ano de 1972 e em Munique fez-se história. Nos Jogos Olímpicos, o norte-americano Mark Spitz conquistou sete medalhas de ouro em várias modalidades, quebrando o recorde mundial em cada uma delas. Este recorde, que à partida parecia inquebrável, só foi batido 36 anos depois, às mãos de Michael Phelps.

Mas não nos precipitemos: Mark Spitz, o homem que foi nadador profissional durante apenas cinco anos, quebrou o recorde em todas as modalidades pelas quais competiu, mas é nos 100 metros Mariposa que está a magia: 54.27s foi o tempo que levou a nadar aqueles 100 metros olímpicos e a fazer história.

Mas não demorou muito até que outro ocupasse o lugar nº1 deste pódio. O alemão Michael Gross impôs um novo mínimo mundial nos Jogos Olímpicos de 1984 ao percorrer os olímpicos 100 metros em apenas 53.08s e assim destronou Spitz.

Longe de imaginar que, no futuro, mais precisamente 24 anos depois, alguém com quase menos dez centímetros (Michael Gross mede 2,01m) do que Albatroz – como ficou conhecido devido aos braços que lhe davam uma altura de 2,13m – seria capaz de lhe tirar o lugar.

E foi quase um quarto de século depois, em 2008, que o atleta mais medalhado da história, foi aos Jogos Olímpicos de Pequim nadar a final dos 100 metros Mariposa em 50.58s e estabelecer um novo recorde olímpico. Michael Phelps não se ficou por aqui: um ano mais tarde, em Roma, o norte-americano, que conquistou 23 medalhas de ouro olímpicas, impôs a marca mais rápida de sempre: 49.82s.

Nesta segunda-feira, os amantes de desporto – e de natação em particular – vão poder satisfazer os seus desejos e ver as três grandes lendas do desporto competir entre si, no período da sua melhor forma física.

Graças à tecnologia, o Eurosport conseguiu realizar um vídeo no qual junta as imagens de três provas diferentes numa só. Essas imagens são os recordes do mundo dos 100 metros Mariposa estabelecidos em diferentes olimpíadas.

O episódio é o segundo da série “Race of Legends Series” e segue o episódio em que os três lendários atletas Jesse Owens (1936), Car Lewis (1984) e Usain Bolt (2008) competiram nos sprints de 100 metros.

Phelps, Spitz e Gross “competem” numa altura que coincide com o início dos Campeonatos do Mundo de Natação, em Budapeste, a ser transmitida pelo Eurosport.

Peter Hutton, CEO do Eurosport considera que “a máquina do tempo dá a oportunidade de ver atentamente a prestação de algumas figuras lendárias do desporto de uma forma completamente nova. Permite ver como é que o desporto olímpico e os atletas têm evoluído”.

“Pela primeira vez podemos ver, em tempo real, a verdadeira força de Phelps. É incrível a forma como ganha vantagem nos primeiros 25 metros. Quem sabe se a próxima lenda da natação a bater Phelps pode estar nestes Campeonatos do Mundo”, diz Hutton.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …

Derrocada em Borba. MP acusa oito arguidos de homicídio e violação de regras de segurança

A acusação contra oito arguidos envolvidos na derrocada da pedreira de Borba, em novembro de 2018, já foi deduzida pelo Ministério Público (MP). A informação foi divulgada, esta quarta-feira, pelo Departamento de Investigação e Ação …

Salários mais baixos da Função Pública sobem 10 euros. Férias não aumentam

Esta quarta-feira, o Governo revelou à Frente Comum que os salários mais baixos da Função Pública vão subir 10 euros, em vez de sete. Em relação aos dias de férias, não há abertura. O Jornal de …

Costa não é Alice no País das Maravilhas, mas levou os "óculos cor-de-rosa" ao debate quinzenal

No primeiro debate quinzenal do ano, António Costa lembrou, um a um, os números da economia do último ano. O episódio que tem manchado as primeiras páginas dos jornais desta semana também marcou presença, ainda …

Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos. Tradicionalmente, acreditava-se que os …

Eureka. Trabalhadores foram despedidos e fábrica fechou, mas estão a apresentar nova marca em Milão

A empresa responsável pela marca Eureka Shoes, que fechou as lojas e a fábrica, e despediu 150 trabalhadores em Portugal, está agora a apresentar uma nova marca em Milão. No mês passado, a empresa de calçado …

Tribunal de Contas critica modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …