A mais antiga cobra bebé foi encontrada num “túmulo” de âmbar

Uma cobra bebé nasceu há 99 milhões de anos – ainda no tempo dos dinossauros – no sudeste da Ásia, mas nunca teve a oportunidade de crescer. O pequeno réptil encontrou um fim “pegajoso” na resina de uma árvore que acabou por se tornar o seu “túmulo” de âmbar.

O fóssil – o mais antigo de uma cobra recém-nascida – era originalmente de propriedade privada, mas foi doado para o museu do Instituto de Paleontologia de Dexu, perto de Pequim, na China, onde os investigadores tiveram a oportunidade de o analisar.

Segundo a investigação, publicada na quarta-feira na revista Science Advances, o pedaço de âmbar contém dois fósseis notáveis: o primeiro e mais valioso é o do filhote de serpente, pertencente ao Cretáceo – período da era Mesozoica datado há cerca de 145 milhões e 66 milhões de anos. Os cientistas identificaram 97 vértebras do réptil recém-nascido que mede 4,8 centímetros de comprimento.

A pequena cobra não tem cabeça, mas os autores do estudo poderiam identificá-la como uma nova espécie a que chamaram de Xiaophis myanmarensis, revelou Michael Caldwell, coautor do estudo e professor do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade de Alberta, no Canadá.

O segundo fóssil encontrado é um pedaço de pele de uma serpente maior. No entanto, o fragmento fossilizado é tão pequeno que os cientistas não conseguiram determinar com exatidão se pertence à mesma espécie da cobra bebé.

Ambas as descobertas são uma evidência intrigante dos ancestrais das cobras modernas, que viveram há milhões de anos. Além disso, estes fósseis são os mais antigos do género até agora encontrados. Por estes motivos, oferecem aos cientistas uma janela única para um passado muito distante.

No mesmo pedaço de âmbar, existiam outros restos orgânicos menos significantes que o esqueleto e a pele, mas que também ajudam a identificar e detalhar o habitat desta espécie primitiva, explicou Caldwell.

“O âmbar recolhe tudo aquilo em que toca, funciona mais ou menos como uma cola, e depois preserva-o durante cem milhões de anos. Quando tocou na cobra bebé, também pegou vestígios do solo da floresta, juntamente com os seus insetos, plantas e excrementos e, por isso, fica claro que a cobra vivia numa floresta“, rematou.

PARTILHAR

RESPONDER

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …