O maior organismo vivo do mundo tem 3 quilómetros de extensão

Armand Robichaud / Flickr

Armillaria solidipes, também conhecido como o “cogumelo do mel”

Em 1998, um grupo de cientistas do Serviço Florestal dos EUA entrou na Floresta Nacional de Malheur para investigar a morte de várias árvores abeto, o famoso “pinheirinho de Natal” que cresce no Hemisfério Norte. O parque fica na região leste do estado de Oregon, nas Montanhas Azuis, EUA.

A área afetada foi identificada com a ajuda de fotografias aéreas. 112 amostras de raízes de árvores mortas (ou prestes a morrer) foram recolhidas e a análise mostrou que 108 estavam infetadas com o fungo Armillaria solidipes.

Este fungo cobre 9,6 km2, chegando a ter cerca de 3 km de extensão no maior ponto. Com base nos cálculos dos cientistas, o organismo está ali há 2,5 mil anos, mas alguns especialistas acreditam que possa estar no local há 8 mil anos.

Este fungo gigante espalha-se pelo sistema de raízes das árvores, matando-as lentamente. Por isso, não é apenas o maior organismo do mundo, mas também o mais mortal.

Durante algumas semanas em cada outono, o fungo aparece em aglomerados amarelados de corpo de frutificação e esporos, mas durante o resto do ano o micélio vegetativo fica escondido numa camada fina branca por baixo da terra. E é exatamente quando está escondido que fica mais mortal.

As árvores costumam beneficiar da presença de fungos nas raízes, já que estes ajudam na movimentação de nutrientes no solo. Este tipo específico de fungo, porém, causa o apodrecimento das raízes, matando a árvore lentamente durante décadas.

A árvore tenta lutar contra o fungo ao produzir uma seiva preta que escorre pela casca, mas é uma batalha perdida.

“As pessoas normalmente não pensam que os cogumelos matam árvores. O fungo cresce à volta da base da árvore e mata todos os tecidos. Pode levar 20, 30, 50 anos até a árvore morrer. Não há movimentação de água ou nutrientes quando isso acontece”, explica um dos cientistas do Serviço Florestal, Greg Filip, ao Oregon Public Broadcasting.

O fungo foi identificado pela primeira vez em 1988, e inicialmente acreditava-se que se tratava de vários organismos diferentes, mas experiências mostraram que era o mesmo organismo.

Quando o micélio de fungos geneticamente idênticos se encontra, une-se e forma um indivíduo. Quando os genes dos fungos são diferentes, eles rejeitam-se. Assim, os cientistas colocaram na mesma placa de Petri diferentes amostras recolhidas de diferentes pontos. O resultado foi que 61 deles tinham os mesmos genes.

Se todos esses cogumelos fossem reunidos e empilhados, pesariam até 31 toneladas. “Nunca vimos nada na literatura que sugira que qualquer outra coisa no mundo é maior em superfície”, diz Filip.

Esse cogumelo pode ser encontrado noutras partes dos EUA e na Europa, mas nenhum é tão grande como o encontrado em Oregon. “Quando percebe que esse fungo se espalha entre 12 a 36 cm por ano e que temos alguma coisa tão grande assim, é possível calcular a sua idade”, explica o investigador.

O fungo tem preocupado os lenhadores e as madeireiras da região, que tentam encontrar uma forma de impedir o seu crescimento.

Já tentaram cortar árvores, cavar as raízes das plantas afetadas e em algumas áreas tentaram remover até a última fibra do fungo que encontraram. Este último método produziu o melhor resultado, já que mais pinheiros sobreviveram depois de serem plantados no solo tratado. Mesmo assim, esta técnica é cara e trabalhosa, e nunca será suficiente para eliminar o fungo todo da região.

Outra possível solução é encontrar uma espécie de pinheiro que sobreviva ao fungo e passar a plantar este tipo de árvore na região afetada.

Cientistas de Washington, estado vizinho ao norte de Oregon, estão a pesquisar as árvores que são menos afetadas pelo fungo. “Estamos à procura de uma árvore que possa crescer em presença. Não devemos plantar a mesma espécie onde há infestação da doença”, diz Dan Omdal, do Departamento de Recursos Naturais de Washington.

O provável, no entanto, é que a atividade humana não influencie muito no crescimento do fungo, e continue a existir por baixo das florestas dos Estados Unidos e Europa por outros milhares de anos.

ZAP // HypeScience / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …

Liga belga propõe fim do campeonato e o Club Brugge campeão

A Liga de futebol da Bélgica recomendou esta quinta-feira que se dê por terminada a época 2019/20 do campeonato e a “aceitação da classificação atual” que faz do Clube Brugge campeão, devido ao novo coronavírus …

Pico da pandemia pode ser tardio. "Só saberemos quando começarmos a descer"

A diretora-geral da Saúde disse que ainda não é possível saber quando é que será o pico da covid-19 em Portugal, alertando que este pode ser tardio, uma vez que uma progressão mais lenta da …

"China esconde a severidade deste vírus há meses", acusam serviços secretos dos EUA

Os Estados Unidos concluíram que a China falseou os dados sobre a severidade do novo coronavírus, indica um relatório dos serviços de inteligência norte-americanos divulgado esta quarta-feira a vários senadores. A agência Bloomberg aludiu esta quinta-feira …