Maior casamento colectivo gay do mundo no Rio


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro celebrou este domingo “o maior casamento mundial coletivo de casais homossexuais”. A cerimônia contou com 130 casais homoafetivos, segundo os organizadores.

“O sentimento é o de que toda a luta valeu a pena. É uma alegria muito grande porque a história é de muita perseguição e muito preconceito, com assassinatos de homossexuais e discriminação de todo tipo. E hoje ver esta cerimónia sendo realizada com esse tamanho mostra que muito se avançou. Ainda há muito a fazer contra o preconceito, mas estamos num caminho de avanço”, comemorou o coordenador do Programa Estadual Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento.

Cláudio Nascimento destaca que o evento ocorreu no Dia Nacional da Família. “A família continua a ser o elo fundamental da sociedade. Estamos aqui para celebrar as famílias que se oficializam hoje”.

Segundo o coordenador do programa, 68% dos casais eram lésbicas, 31% de gays e uma transexual com o companheiro. Os noivos vieram de 14 cidades do estado, sendo a maior parte da capital. Entre esses, 86% das zonas norte e oeste. “Isso mostra que é um projecto que tem uma capilaridade social muito grande”, disse Cláudio Nascimento. Mais de metade dos casais (66%) tinha renda de um a dois salários mínimos.

“Hoje, o Estado brasileiro não faz nenhuma diferenciação entre os casais heterossexuais e homossexuais”. A desembargadora Cristina Gaulia, que conduziu a saudação aos noivos, realçou que a celebração mostra que a Justiça no Rio se modernizou.

“Há poucos anos, alguns juízes nem recebiam esses casais e encaminhavam o pedido para a Vara Cível, onde era assinado um contrato de sociedade civil. Nem para a Vara de Família eram encaminhados”, acrescenta a desembargadora.

José Barbosa Galvão, de 53 anos, que vive há 22 anos com a transexual Vanessa Alves, de 49 anos, comemorou a união e afirmou que participou na cerimônia para realizar um sonho da cônjuge. “Eu já tinha sido casado, mas ela tinha esse sonho e realizámo-lo hoje. Já tínhamos união estável e agora conquistámos mais esse passo”.

O casal Marcos da Costa e Josué dos Santos, que está junto há 12 anos, participou na cerimónia à procura do reconhecimento do Estado e dos direitos que o casamento proporciona, como a facilidade de ter conta conjunta, ser dependente em plano de saúde e ter direito à herança sem a necessidade de um testamento. Para eles, o preconceito está a diminuir. “O casamento e a família são instituições importantes na nossa vida. Nunca nos separámos e criámos o meu filho biológico juntos. Hoje, o nosso neto está aqui”.

Nilzete Ferreira, de 49 anos, confessou estar nervosa antes da cerimônia, mas feliz. “Muita coisa muda para a minha esposa e a minha filha a partir de amanhã. Será mais fácil ter um plano de saúde e conta conjunta. Estamos muito felizes”.

/ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Altos níveis de ferro associados a um menor risco de doença cardíaca

Diferentes níveis de ferro podem ter efeitos dispares na nossa saúde. Uma equipa de cientistas descobriu uma associação entre altos níveis de ferro e um menor risco de doença cardíaca. A tarefa não foi propriamente fácil …

Quénia. Ministro das Finanças preso por suborno e fraude

O Ministro das Finanças do Quénia, Henry Rotich, e vários funcionários do seu ministério foram presos esta segunda-feira por suborno e fraude num projeto de construção de duas barragens que envolve milhões de dólares. Em declarações …

Ursula Von der Leyen promete enfrentar líderes e recusar nomes para garantir Comissão paritária

Minutos depois da votação do seu nome no Parlamento Europeu em Estrasburgo, as primeiras palavras da presidente eleita da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, foram dedicadas aos líderes que a escolheram. Prometeu "trabalhar construtivamente …

"Os relatos de que o Irão deteve espiões da CIA são totalmente falsos"

Irão afirma que deteve 17 alegados espiões da CIA e que alguns foram condenados à morte. Esta segunda-feira, Donald Trump disse que os relatos são "apenas mais mentiras e propaganda". O Presidente dos Estados Unidos, Donald …

Base de dados de perfis de ADN conseguiu mais de 11 mil amostras em oito anos

A base de dados de perfis de ADN para fins de investigação criminal e identificação civil inseriu 11.774 amostras em quase oito anos, sendo a maioria de condenados, segundo o relatório de 2018 sobre o …

50 anos depois, o submarino francês "La Minerve" foi encontrado

O submarino francês, que desapareceu em 1968 com 52 homens a bordo, foi encontrado ao largo de Toulon, esta segunda-feira, 50 anos depois do seu naufrágio. "Acabámos de encontrar o submarino Minerve. É um sucesso, um …

Nova lei da violência no Desporto. Claques ficam sem cadeiras nos estádios

A nova lei da violência no Desporto, já aprovada no Parlamento, prevê que as claques fiquem em zonas específicas dos estádios sem cadeiras. A lei vai alterar comportamentos dos adeptos de todos os clubes, mas …

Caso Mayorga. Justiça norte-americana deixa cair acusação de violação contra Cristiano Ronaldo

A Justiça norte-americana deixou cair as acusações que remontam a junho de 2009, concluindo que as acusações contra Cristiano Ronaldo não podem ser provadas. A Procuradoria de Clark County, do Estado norte-americano do Nevado, anunciou esta …

Bloco vai reapresentar proposta de criação de juízos especializados em violência doméstica

O Bloco de Esquerda propõe juízos especializados para julgar violência doméstica, anunciou este domingo a coordenadora do partido, Catarina Martins. Este domingo, ao anunciar que o Bloco de Esquerda propõe juízos especializados para julgar violência doméstica, …

ISCEM vai fechar em setembro. Alunos só foram avisados agora

O ISCEM – Instituto Superior de Comunicação Empresarial vai fechar antes do arranque do próximo ano letivo. A escola terá enviado cartas aos alunos, informando-os do encerramento. Depois de não ter sido acreditado institucionalmente pela Agência …