Despedido por assédio, Maestro James Levine processa Ópera de Nova Iorque

Depois de uma investigação apontar má conduta sexual, o maestro James Levine acusa a Ópera Metropolitana de Nova Iorque de difamação, alegando que a companhia analisou alegações sem fundamento.

Depois de ter sido despedido na sequência de uma investigação a casos de assédio sexual, o maestro norte-americano James Levine processou a Ópera Metropolitana de Nova Iorque, alegando que a companhia analisou alegações sem fundamento para o denegrir.

“Aproveitando-se da boa vontade do movimento #MeToo, agarraram-se descaradamente a essas alegações como pretexto para porem fim a uma campanha pessoal antiga para forçar a saída de Levine”, lê-se no processo interposto num tribunal de Manhattan, citado pela Associated Press.

No processo, James Levine acusa a Ópera Metropolitana de Nova Iorque e o seu diretor-geral, Peter Gelb, de difamação e quebra de contrato. O maestro pede, pelo menos, 5,8 milhões de dólares (4,7 milhões de euros) de indemnização por danos e para “repor o nome de James Levine, sua reputação e carreira”.

Na semana passada, o maestro foi demitido da Ópera Metropolitana de Nova Iorque, na sequência de uma investigação que confirmou casos de abuso e assédio sexuais.

Depois de uma investigação interna que durou três meses, a Metropolitan Opera concluiu que há “provas credíveis” de que James Levine, seu director musical durante 40 anos, abusou sexualmente de “artistas vulneráveis em início de carreira“.

Em dezembro, a Ópera Metropolitana de Nova Iorque tinha suspendido toda a colaboração com o maestro e desencadeado uma investigação, depois de o The New York Times ter publicado testemunhos de três pessoas que alegavam terem sido alvo de abusos sexuais por parte de James Levine. Depois disso, surgiu uma quarta vítima.

Durante a investigação, mais de 70 pessoas foram inquiridas. Não ficou provada a suspeita de que o comportamento de James Levine tivesse tido cobertura por parte de elementos da direção da Ópera.

James Levine, de 74 anos, que negou todas as acusações, estava reformado, mas mantinha-se como diretor musical honorário e diretor artístico do programa para jovens artistas da companhia.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …