A mãe estava em estado terminal. Quis passar a noite com ela e ameaçaram expulsá-la do hospital

IPO Porto

IPO Porto

Uma mulher quis acompanhar a mãe nos seus últimos dias de vida e foi ameaçada de expulsão do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto.

Segundo a TSF, o IPO do Porto é acusado pela Entidade Reguladora de Saúde (ERS) de falta de humanidade no acompanhamento de doentes em estado terminal.

O caso foi detetado depois da queixa de uma mulher informada pelos médicos de que a mãe tinha apenas 24 horas de vida, mas foi impedida de passar a noite no quarto dela. Em causa, realça o matutino, está o Regulamento de Visitas e Acompanhantes que tem regras em “total desrespeito pela legislação em vigor“.

A idosa foi internada no Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto em estado de grande debilidade em janeiro de 2017. Os médicos tinham-lhe dado 24 horas de vida e, de facto, a idosa acabaria por falecer poucos dias depois.

Apesar do que prevê a lei, a filha da paciente foi impedida de ficar com ela durante a noite e ameaçada de ser expulsa das instalações pelos funcionários encarregues da segurança, caso não acatasse a proibição. A ERS diz que esta atitude por parte do IPO não só é ilegal, como também incorreta do ponto de vista da humanidade com que os utentes devem ser tratados.

No depoimento, a filha contou que, na noite de 13 de janeiro, pediu aos enfermeiros que a deixassem fazer companhia à mãe durante a noite, mas o pedido foi recusado, tendo sido ameaçada com o recurso aos funcionários da segurança. Acabou por sair pelo seu próprio pé, lavada em lágrimas, para voltar ao IPO na manhã seguinte, por volta das 9 horas.

Contudo, viu a entrada ser-lhe barrada pelo segurança, só lhe tendo sido permitido ingressar no estabelecimento hospitalar pelas 11 horas, hora que coincide com o horário normal de entrada para acompanhamento.

Os responsáveis do IPO invocaram o regulamento de visitas e acompanhantes do estabelecimento. No entanto, existem regras naquele documento em “total desrespeito pela legislação em vigor”, concluiu a entidade reguladora.

“A situação denunciada poderá traduzir-se num comportamento atentatório dos legítimos direitos e interesses dos utentes de acompanhamento em todas as fases da prestação de cuidados de saúde”, e também do direito a que “os cuidados de saúde sejam prestados humanamente e com respeito“, aponta o relatório.

O conselho de administração do IPO do Porto já reagiu, anunciando que alterou o regulamento de visitas e acompanhantes, de forma a adaptá-lo à lei em vigor.

“A prática de humanização no IPO-Porto desde há 44 anos é de total apoio às necessidades dos doentes em tratamento e em fase terminal”, asseguram os administradores, segundo os quais o caso em causa corresponde a “uma reclamação única para esta situação clínica”.

Além disso, o conselho de administração acrescenta que “a doente não estava em morte iminente, tendo falecido a 17 de janeiro, com a presença constante dos familiares”.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Passam-se factos ( com c , porque sem c são pertences a guarda fatos ) , dentro dos hospitais públicos Portugueses dignos de fazer inveja e real competição com os Campos de Concentração Nazis . Se pensam que corre tudo bem sempre , eu Vos digo e afirmo que em 80% dos casos e certos hospitais existe Má – Fé propositada em detrimento dos doentes .

  2. Por acaso, nào é este o teor das notícias sobre este facto que se lêem noutras fontes.
    Tenho lido que a senhora só foi “impedida” de estar com a respectiva mãe durante 2 horas, enquanto o pessoal assistia o outro ocupante do quarto – nem sequer se fala de não passar a noite.

    Se bem que haja muito que exorbite o próprio poder, os tugas também estão sempre à espreita de aproveitar para fazer queixa, pode ser que ‘escorregue’ uma ‘indemnizaçãozita”, ou pelo menos, terão os seus 15 minutos de notoriedade.

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …