Maduro acusa Presidente colombiano de planear o seu assassinato durante as eleições venezuelanas

Cristian Hernandez / Lusa

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela

O Presidente da Venezuela acusou esta teça-feira o seu homólogo colombiano, Iván Duque, de ter planeado o seu assassinato durante as eleições parlamentares de domingo e explicou que por isso votou num centro eleitoral distinto do inicialmente previsto.

“Solicitei mudar de centro de votação porque, fontes de inteligência [serviços de informação] colombiana, muito confiáveis, chegou-nos a informação de que planeavam um ataque para me assassinar no dia das eleições”, disse Nicolás Maduro.

O chefe de Estado falava em Caracas, durante um encontro com jornalistas internacionais, em que explicou que a sua “equipa de segurança tomou a decisão de recomendar trocar o centro de votação”, insistindo: “Desde a Casa de Nariño [residência oficial do Presidente da Colômbia, em Bogotá], Iván Duque participou dos planos para assassinar-me no dia das eleições”.

“Tomei as minhas precauções legais com o Conselho Nacional Eleitoral [CNE]. Tomei as minhas precauções de segurança e todo este assunto está em fase de investigação avançada”, acrescentou.

Nicolás Maduro disse ainda que o seu homólogo colombiano tem “uma obsessão contra a Venezuela”.

“É o Presidente colombiano que nos últimos 200 anos mais tem odiado a Venezuela. Gostaria de uma guerra contra a Venezuela, mas não tem conseguido”, afirmou Maduro, que voltou a acusar Iván Duque de ter formado mais de “mil mercenários”, na Colômbia, para atacar o seu país.

Por outro lado, Nicolás Maduro revelou ter ativado o “Plano 76″ para impedir a ingerência e sabotagem do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, nas eleições parlamentares de domingo.

“Fizemos o trabalho que tínhamos que fazer (…) Trump anunciou em setembro, em Miami, que grandes eventos aconteceriam na Venezuela nestes dias”, explicou Maduro, precisando que aquando dessas declarações já o “Plano 76″ estava estruturado.

Segundo Nicolás Maduro as eleições de domingo “são o reflexo da soberania e do retorno da Assembleia Nacional”, que “nasceu por mandado da Constituição” e, por isso, felicitou as “instituições democráticas”, condenando a “guerra mediática” para desvalorizar as parlamentares.

“Em 6 de dezembro houve umas eleições heroicas, no meio da pandemia [de covid-19], da guerra do combustível, da guerra económica e do sofrimento cruel contra o povo da Venezuela que deu uma demonstração heróica e disse que queremos a paz”, frisou.

O Presidente da Venezuela assegurou ainda que a realidade se imporá no país perante “a fantasia” do líder opositor Juan Guaidó e que está na disposição de dialogar com todos os setores do país.

“Não sou um homem de ressentimento, nem orgulhoso. Se devo sentar-se com o próprio diabo, sentar-me-ei com o diabo (…) Nós [Governo] estamos dispostos a dialogar”, vincou.

Segundo Nicolás Maduro, o novo parlamento centrar-se-á na recuperação económica e no diálogo com todos os setores políticos, culturais e religiosos venezuelanos, e também com a comunidade internacional.

Maduro declarou também que espera apoio da Noruega para que os oposicionistas “deixem os extremos, os egos e orgulhos” e que “nos sentemos todos do mesmo lado e comecemos a escrever uma nova história de entendimento”.

Segundo a imprensa venezuelana, estava inicialmente previsto que o Presidente Nicolás Maduro votasse no Liceu Miguel António Caro de Cátia (oeste da capital), mas votou no Forte de Tiuna (a sul), a principal base militar de Caracas.

No domingo, a aliança de partidos que apoiam o Governo de Nicolás Maduro venceu as eleições legislativas, com 67,6% dos votos, quando foram contados 82,35% dos boletins, anunciou o CNE. A taxa de participação foi de 31%, segundo o CNE.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pandemia continua a "empurrar" reclusos para fora das grades. Já saíram 2850

As cadeias portuguesas continuam a soltar reclusos que ainda não cumpriram toda a pena, numa altura em que não existem praticamente casos de infecção por covid-19 no sistema prisional. O regime especial de perdão das penas, …

Condutor de carrinha atropela participantes em desfile LGBT (e faz um morto)

O condutor de uma carrinha atropelou pessoas que desfilavam numa marcha de "orgulho gay" em Wilton Manors, perto de Fort Lauderdale na Florida, causando pelo menos um morto e ferindo outra. As autoridades estão ainda a …

Descoberta "pequena Pompeia" no sótão de um antigo cinema em Verona

Arqueólogos descobriram uma "Pompeia em miniatura" no sótão de um antigo cinema no centro histórico da cidade italiana de Verona. Segundo a agência italiana Ansa, autoridades da Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagismo de Verona, …

Colapso de escola na Bélgica matou afinal quatro portugueses

As autoridades belgas confirmaram este domingo a morte de cinco pessoas, entre as quais quatro portugueses, no desabamento de uma escola em obras na cidade de Antuérpia. No balanço de sábado, as autoridades belgas registaram mais …

Chega e IL dizem que cerco na AML é "inconstitucional". Ventura recorre ao Supremo Tribunal Administrativo

André Ventura, líder do Chega, contestou a decisão do Governo de limitar a circulação na AML. Considerando que a medida é inconstitucional, entregou uma "Intimação para proteção de direitos, liberdade e garantias" no Supremo Tribunal …

Há 50 mil anos, humanos e neandertais relacionaram-se no deserto de Negev

Uma recente descoberta no deserto do Negev, no centro de Israel, revelou detalhes importantes sobre o desenvolvimento da cultura humana na região, de acordo com um novo estudo publicado na revista PNAS. Por toda a Ásia, …

Costa reeleito líder do PS com 94% dos votos aponta a vitória nas autárquicas

António Costa foi reeleito no sábado secretário-geral do PS, com 94% dos votos, para um novo mandato de dois anos, de acordo com resultados provisórios divulgados hoje pela Comissão Organizadora do Congresso (COC) do PS. O …

"Pessoas como nós". Presidente da República alerta contra indiferença no Dia Mundial do Refugiado

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou contra a indiferença e os "discursos oportunistas" numa mensagem alusiva ao Dia Mundial do Refugiado, que hoje se assinala. “Este ano sob o mote ‘Juntos cuidamos, aprendemos …

Descoberto mecanismo que pode aumentar a expectativa de vida

Ao longo do tempo foram descobertas várias causas para o envelhecimento, mas permanece a questão de saber se existem mecanismos subjacentes comuns que determinam o envelhecimento e a expectativa de vida. Um equipa de investigadores do …

"Trabalhador atravessou faixa de rodagem". MAI diz que carro de Cabrita não se despistou

O Ministério da Administração Interna esclareceu que não existia sinalização para alertar os condutores dos “trabalhos de limpeza em curso" na autoestrada A6, no Alentejo, na sexta-feira, quando a viatura do ministro atropelou mortalmente um …