Linha de Fundo: Luta a dois e outros combates

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Dragões de olho no líder. Benfica e Braga perdem terreno. E mais um golpe perfeito de Telma Monteiro, visto da Linha de Fundo.

A noite dos guarda-redes

  • SC Farense 0 – 1 Sporting CP (Pedro Gonçalves 35′)

Depois de dois empates que deixaram mais próximos FC Porto e Benfica na classificação, o Sporting voltou às vitórias, tendo alcançado um registo histórico no campeonato: 27 jogos em perder na prova.

Mas não foi fácil. Os leões tiveram que sofrer bastante para aguentar um Farense atrevido e que voltou a apresentar-se em bom nível, com o líder do campeonato a acabar o jogo a defender o golo de Pedro Gonçalves, que valeu os três pontos. E onde brilhou Adán.

O espanhol esteve em destaque. Na segunda parte, evitou, com a mão direita, que Pedro Henrique finalizasse com êxito quando surgiu isolado (53m) e terminou com nova defesa decisiva, ao impedir que Mansilla marcasse (84m). Um muro de confiança para a equipa.

Na baliza algarvia, Beto rivalizou com Adán pela distinção de melhor em campo. O internacional português mostrou que ainda é um dos melhores na baliza. Negou o golo a Coates e, depois do intervalo, felino de reflexos travou um remate de Paulinho, que levava o caminho certo.

O Sporting chegou à vantagem na primeira parte, mas depois mostrou alguma ansiedade para gerir o resultado até ao final do encontro. Nervos a mais, num jogo em que Adán defendeu tudo e Pedro Gonçalves foi novamente decisivo, voltando à liderança da tabela de melhores marcadores (17 golos).

Com total mérito de Adán e da ineficácia, os algarvios não conseguiram chegar ao golo e o Sporting já vai em 27 jogos consecutivos sem perder para o campeonato. É agora a melhor série de sempre dos leões na competição. Histórico! Mas os algarvios estiveram perto de escrever outra história.

Nota final para um lance mal ajuizado pelo árbitro Hugo Miguel. Aos 44 minutos, Tomás Tavares entra na área e cai após disputa de bola com Nuno Mendes, que acerta na perna do adversário acabando por desequilibrá-lo. Falta merecedora de penálti, que não foi assinalado apesar de Hugo Miguel ter consultado o VAR.

Aproveitamento máximo

  • CD Nacional 0 – 1 FC Porto (Medhi Taremi 20′)

Azul sem brilho, mas o suficiente para o campeão somar mais três pontos e continuar na perseguição ao líder.

O Nacional voltou a perder (pela nona vez consecutiva) e continua com uma espinhosa missão na luta pela permanência. Depois de duas goleadas pesadas, o Nacional apresentou-se a bom nível. Conseguiu um jogo melhor em relação aos anteriores, em esforço foi capaz de manter os portistas na expetativa, ameaçando outro resultado. Os dragões beneficiaram de um erro do guarda-redes para fazer o único golo da partida, num jogo em que ficou evidente alguma insegurança e falta de frescura física provocado pelo desgaste europeu.

O início do jogo foi movimentado. Logo aos 6 minutos, Éber Bessa desperdiçou uma grande penalidade, permitindo a defesa de Marchesín. Mas para o Nacional… um azar nunca vem só.

Do outro lado, erro António Filipe errou um passe por causa da pressão de Taremi e entregou a bola a Corona, mesmo à entrada da área, ficando depois disponível para o iraniano, que com um toque ligeiro marcou novamente, depois do grande golo em Sevilha. A vantagem trouxe mais tranquilidade aos portistas.

Miguel Riopa / AFP

Na segunda parte continuou o Nacional à procura de ser feliz, mas sem efeito. Vitória difícil dos dragões, frente a um adversário que deixou boas indicações, mas não conseguiu ser eficaz.

O FC Porto alcançou a 6.ª vitória consecutiva na Liga… e o líder está a 6 pontos.

Cantar de galo com moral

  • SL Benfica (Vitor Carvalho 87′ p.b.) 1 – 2 Gil Vicente FC (Antoine Léautey 35′, Lourency 81′)

“A questão não é perder, a questão é andar perdido!” Foi este o desabafo de Paulo de Carvalho, o cantor de “E depois do adeus”, na sua conta pessoal de Facebook, após a derrota frente ao Gil Vicente.

Chegou ao fim a série sem sofrer golos e acabou também a série de vitórias. Exibição irreconhecível da equipa de Jorge Jesus, num jogo marcado pela apatia e previsibilidade, o Benfica viu a distância para o Sporting e FC Porto aumentar. A águia aterrou a pique.

Jorge Jesus voltou a utilizar a tática que tinha utilizado em Paços de Ferreira, mas a equipa esteve muito longe do conseguido na Mata Real. Pela primeira vez nesta edição da Liga, o Jorge Jesus repetiu apresentou o mesmo onze inicial em jogos consecutivos.

Sem inspiração e com pouca qualidade, o Benfica apresentou um futebol previsível, levando o Gil Vicente a ficar confortável e a conseguir surpreender.

O treinador dos gilistas tinha mostrado um discurso ambicioso antes da viagem para a Luz e cumpriu aquilo que tinha prometido. Os galos mostrara um futebol positivo e foram inteligentes na forma como aproveitaram a superioridade no meio-campo encarnado. A equipa de Barcelos mostrou muita personalidade, esteve sempre bem organizada e competente. O Benfica foi uma tremenda desilusão. Perdeu e voltou a andar perdido em campo. Um pouco do que tem sido a presente temporada.

Números da Semana

  • 15 – Telma Monteiro conquistou esta sexta-feira a medalha de ouro na categoria de -57 kg nos Europeus de judo de Lisboa, ao superar a eslovena Kaja Kajzer. Com este resultado e a 15.ª medalha garantida, a atleta olímpica do Benfica torna-se na judoca mais medalhada de sempre na competição, até agora com seis de ouro (Tampere 2006, Belgrado 2007, Tbilisi 2009, Chelyabinsk 2012, Baku 2015 e, agora, Lisboa 2021), duas de prata e sete de bronze, em 15 presenças, nunca falhando um pódio.
  • 12 – Está oficialmente criada a Superliga Europeia. Os 12 clubes fundadores emitiram um comunicado, no passado domingo, a anunciar a prova. Manchester City, Manchester United, Arsenal, Tottenham, Liverpool e Chelsea (Inglaterra); Real Madrid, Barcelona e Atlético Madrid (Espanha); Juventus, Inter e AC Milan (Itália) são os clubes que fazem parte do grupo liderado por Florentino Pérez, presidente do Real Madrid. A UEFA ameaça excluir quem jogar. O organismo máximo do futebol europeu anunciou, em comunicado, que excluirá de todas as competições, internacionais e nacionais, os clubes que integrem a Superliga e que tomará “todas as medidas necessárias, a nível judicial e desportivo” para inviabilizar a criação de um “projeto cínico”.
  • 27 – Histórico. 69 pontos conquistados após 27 jogos: melhor registo de sempre do Sporting na Liga portuguesa. Os leões de Rúben Amorim batem o recorde que pertencia a Boloni: em 2001/02, época do último título de campeão dos leões, esteve 26 jogos invicto.
  • 13 – 13 golos sofridos após 27 jogos realizados na Liga 2020/2021: é o melhor registo de sempre do Sporting CP na prova.
  • 100 – Sérgio Conceição é o terceiro treinador a alcançar a marca centenária de vitórias por um clube no campeonato (FC Porto), no século XXI, atrás de Jorge Jesus (156 – SL Benfica) e Jaime Pacheco (133 – Boavista FC).
  • 3 – Mario González. 1.º jogador do CD Tondela a fazer 3 golos num jogo da Liga portuguesa (8 minutos). É o 1.º jogador a fazer hat-trick no campeonato 2020/2021.
  • 73,542 – O FC Porto fechou a campanha na Liga dos Campeões com 73 milhões e 542 mil euros arrecadados durante a prova. Os dragões averbaram quase 42 milhões só pela presença na fase de grupos, mais 26 milhões e 500 mil euros pelo nono lugar no ranking da UEFA a dez anos.
  • 2020/2021 – FC Porto na Liga dos Campeões 2020/21:
    Mais minutos: Mbemba, 930 minutos
    Mais jogos: Mbemba e Zaidu, 10
    Mais golos: Sérgio Oliveira, 5
    Mais assistências: Corona, 2
    26 jogadores utilizados
    10 jogos, 6 vitórias, 1 empate, 3 derrotas
    15 golos marcados e 9 golos sofridos
  • 3 – Em 3 eliminatórias frente a equipas portuguesas, Thomas Tuchel levou sempre a melhor: 2015/16 FC Porto, 2016/17 Benfica e 2020/21 FC Porto
  • 8 – Pep Guardiola vai estar presente na meia-final da Liga dos Campeões pela 8.ª vez e, assim, igualou Mourinho como treinador com mais presenças na competição.
  • 50 – Edison Cavani, jogador do Manchester United, marcou o seu golo 50 nas competições europeias.
  • 200 – Paul Pogba cumpriu o jogo 200 pelo Manchester United (37 golos).
  • 50 – Aos 20 anos, o brasileiro Rodrygo cumpre o jogo 50 pelo Real Madrid (8 golos).
  • 31 – O Barcelona conquistou a Copa del Rey. 31.º título dos catalães na competição, o 6.º nos 10 últimos anos.
  • 10 – A UEFA suspendeu o internacional checo Ondrej Kudela, defesa-central do Slávia Praga, por 10 jogos em todas as competições, devido a insultos racistas num encontro frente ao Rangers, da Liga Europa. Em causa estão insultos de teor racista que Kudela proferiu ao ouvido de Glen Kamara, jogador de nacionalidade finlandesa de origem da Serra Leoa, que denunciou esta atitude à equipa de arbitragem e aos seus companheiros, tendo depois agredido o adversário checo.
  • 16 – Miguel Oliveira não conseguiu repetir o triunfo de 2020 no Grande Prémio de Portugal de MotoGP, depois de uma queda à 14.ª volta. O piloto português conseguiu, ainda assim, voltar à pista e terminou a corrida em 16.º lugar, mas não conseguiu pontuar. Em primeiro lugar ficou o francês Fabio Quartararo, o novo líder do campeonato.

Frases da Semana

“É fantástico. É difícil encontrar palavras. Foi duro. Foi uma preparação muito dura. Magoei-me no ombro quando estava a preparar o Europeu e o apuramento olímpico, mas tinha esta oportunidade de disputar o título em casa. Sabia que ia ser extremamente difícil e foi extremamente difícil. Tenho de dar mérito às minhas adversárias também. São elas que me fazem ser mais forte. Foi um dia muito duro. Deixei tudo… digo sempre: eu deixei a vida. Para alguém me ganhar tinha de deixar a vida também, porque hoje quando acordei de manhã senti que ia fazer história e quando meto uma coisa na cabeça só paro até fazer.” Telma Monteiro, judoca portuguesa.

“É importante, principalmente quando se falava de uma crise. Bater um recorde histórico do clube, essa marca da última equipa que tinha 26 jornadas sem perder. Mérito aos jogadores e aos miúdos da formação que hoje souberam sofrer. São muitos anos, os adeptos têm de saber sofrer e pensar como a equipa: é jogo a jogo, só queremos ganhar ao Belenenses e depois logo se vê.” Rúben Amorim, treinador do Sporting CP.

“Esta derrota atrasou a recuperação, mas faltam ainda algumas jornadas para disputar muitos pontos. Estamos dependentes, temos de ir à procura da classificação que nos possa permitir passar para segundo classificado. Não é mandar a toalha ao chão, temos de ser práticos e não teóricos: esta derrota tirou-nos essa crença de ainda poder atingir outras posições.” Jorge Jesus, treinador do SL Benfica.

“Antes da próxima época, seguramente não haverá adeptos nos estádios. Isso está claro.” António Costa, primeiro-ministro de Portugal.

“Como médico tenho de ser prudente e não quero que se volte a andar para trás nesta questão da pandemia. Temos de ter bom senso e acatar as medidas de prevenção face a uma situação gravíssima que a todos nos afetou. Mas por outro lado não percebo muito bem como se abrem espaços fechados, sem grande ventilação, como são os centros comerciais, salas de espetáculo e não se pode abrir os estádios, que são arejados, com milhares de lugares e em condições de permitirem distanciamento, entradas diferenciadas sem cruzamento de pessoas… isso não não percebo bem.” Varandas Fernandes, vice-presidente do SL Benfica.

“Senti-me envergonhado ao ver um treinador (Jorge Jesus) falar daquela maneira. Porque é que ele não falou quando os jogadores dele pisaram o Corona? Quando jogámos contra ele vínhamos de um jogo de 120 minutos e disseram que ‘é este Benfica que queremos, com agressividade’. E o próprio treinador que fala de agressividade vem agora falar do Eustáquio, um lance em que tentou jogar a bola, infelizmente atingiu o jogador do Benfica.” Pepe, jogador do FC Porto. O defesa central disse que gostaria de ter sido treinado por Conceição com 28/29 anos.

“Não vou comentar o que o Pepe disse. Comentar aquilo que o Pepe disse sobre uma jogada destas? Grande moral.” Jorge Jesus, treinador do SL Benfica.

“O que me saltou à vista foi uma expressão curiosa e que me deixou feliz: que gostaria de ser treinado por mim, com 28/29 anos, no auge da carreira. Esteve nesse momento no Real Madrid com os melhores do mundo. Elogio incrível. Nesse sentido, é dar uma moral bem grande. Um jogador que ganhou três Champions e diz isso de mim… Que grande moral, fico feliz por isso.” Sérgio Conceição, treinador do FC Porto.

“O mais importante para o treinador é o rigor, o amor pelo trabalho e o amor pela vitória. É essa a sua força. Dá muita atenção ao pequeno detalhe e não tem espaço para o erro. Quando cometo um erro, ele (Sérgio Conceição) vem imediatamente dizer-me que tive culpa.” Chancel Mbemba, jogador do FC Porto.

“Sinto um orgulho enorme no grupo de trabalho que tenho e no esforço que os jogadores fizeram para estar aqui presentes. Para não acabarmos a Liga dos Campeões em abril e acabá-la em maio é preciso mais de toda a gente, do país. Hoje voltámos a fazer um jogo muito acima da média. Não deixámos o adversário usar as suas armas mais fortes. Por vezes, entrámos no último terço com menor definição, mas criámos oportunidades. Estou desiludido, estou triste porque nós, FC Porto, merecíamos mais e merecíamos estar presentes nas meias-finais. Há que refletir sobre aquilo que não correu bem, porque se estamos fora é porque algo não correu bem. Foi um dos melhores jogos enquanto treinador.” Sérgio Conceição, treinador do FC Porto.

“É frustrante, é triste, mas é futebol. Temos de estar orgulhosos por este trajeto na Champions. Nesta eliminatória, fomos superiores ao Chelsea em muitos momentos durante os 180 minutos. Fomos penalizados por duas faltas de atenção, mas faz parte do futebol e é um erro da equipa. Terminou a Champions e temos o nosso campeonato, que é o nosso principal objetivo.” Sérgio Oliveira, jogador do FC Porto.

“Senti que não estávamos em perigo, mas ao mesmo tempo sentia-me nervoso porque no futebol tudo pode mudar. Pode ser um golo louco, um ressalto ou um pontapé de bicicleta. Pode acontecer não importa o quão bem defendas. O FC Porto é uma equipa muito dura para defrontar. Eles são muito físicos, lutam por cada bola. Eles são emocionais, põem pressão sobre a tua equipa. Não tens dois minutos para pensar o jogo.” Thomas Tuchel, treinador do Chelsea.

“Jogadores com este tipo de características são sempre aquilo que designamos de aves raras, são especiais. Também têm de ser tratados como tal. Isso, no futebol, representa muito. A cláusula são 40 milhões de euros, esse é o valor objetivo. A partir daí, tudo o resto depende do que forem as propostas e o interesse do Portimonense e daquele que será o melhor projeto desportivo para o jogador.” Pedro Berjano, empresário de Beto, jogador do Portimonense SC.

“O mercado está do futebol mais competitivo, mas sei bem o que pretendo e ainda quero fazer algumas experiências exóticas. A passagem pelo Marselha foi um desafio único, mas não tenho pressa. Vamos ver o que aparece em maio e estudar as hipóteses. Se não aparecer algo que me agrade, o mais certo é continuar a acelerar por aí.” André Villas-Boas, ex-treinador do Marselha.

“Como diz o ditado: Podes ter a posse de bola que for, podes ‘cantar’ a mulher a noite inteira e vem um e em cinco minutos leva-a.” Neymar, jogador do Paris SG.

“Na segunda parte estivemos muito bem sintonizados, mas o jogo estava muito fechado, com interrupções constantes e não conseguimos voltar a pressionar. É uma grande desilusão sermos eliminados ganhando em Paris.” Thomas Müller, jogador do Bayern Munique.

“Vocês conseguiram algo que para mim era impensável, que foi enervar-me num jogo de voleibol. Confesso que durante o quarto set não consegui estar sentado e tive de vir cá para trás andar. Só não compreende quem não lidar convosco, quem não se habituar a ver-vos, a conhecer-vos e a perceber a forma como sentem a camisola que vestem, o companheirismo que há entre todas em todos os momentos. Realmente vocês são um exemplo para todos os atletas, inclusive do FC Porto.” Pinto da Costa, presidente do FC Porto.

“Peguei na mota e continuei até ao fim por respeito à equipa, aos telespetadores e aos fãs portugueses. Não era este o espetáculo que eu queria dar. É um resultado duro de aceitar por diversos motivos: por ser um grande prémio de casa, por ser uma boa oportunidade para nós atingirmos um bom resultado, mas acima de tudo por ter sido uma queda motivada por algo que não consigo controlar, que é a temperatura do pneu dianteiro. É difícil aceitar o resultado, é um momento difícil para a equipa e para mim. As expectativas eram darmos a volta aos primeiros resultados da época aqui em Portimão e isso não foi possível. Saímos um pouco amassados mas de cabeça erguida para o próximo objetivo.” Miguel Oliveira, piloto KTM.

 

Nuno Veiga / Lusa

Momento da Semana: Ourivesaria Telma!

“Senti que ia fazer história”, confessou Telma Monteiro, após a conquista da medalha de ouro nos -57 kg.

A história está feita, até parece que já estava escrita. 17 anos depois da estreia, estava apenas a uma medalha de fazer história no judo. Com esta conquista, Telma Monteiro superou o registo da austríaca Edith Hrovath, a única até esta edição a ter 14 medalhas em Campeonatos da Europa.

A judoca portuguesa é hexacampeã europeia, somando a 15.ª medalha em outras tantas presenças. No último combate do primeiro dia do 71.º Euro Lisboa 2021, que decorreu na Altice Arena, Telma Monteiro derrotou na final a eslovena Kaja Kajzer com um ippon perfeito a deixar a adversária estendida e lesionada num tornozelo após final extenuante que durou 8 minutos e 39 segundos.

Com este resultado e a 15.ª medalha garantida, a atleta olímpica do Benfica torna-se na judoca mais medalhada de sempre na competição, até agora com seis medalhas de ouro (Tampere 2006, Belgrado 2007, Tbilisi 2009, Chelyabinsk 2012, Baku 2015 e, agora, Lisboa 2021), duas medalhas de prata e sete medalhas de bronze, em 15 presenças, nunca falhando um pódio.

“Foi um dia muito duro. Deixei tudo, deixei a vida. Para alguém me ganhar, tinha de deixar a vida também”, explicou a judoca, declaração de deixa bem vincada a fibra de que é feita.

Notável desempenho e dedicação de uma super atleta.

Parabéns, Telma Monteiro.

Teófilo Fernando Teófilo Fernando, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

Já há uma explicação científica para as "dunas" do céu do Norte

Um ano depois da sua observação, as auroras de dunas, ou auroras boreais em forma de duna, já possuem confirmação e explicação científica. A aurora boreal nasce quando as partículas carregadas expelidas pelo Sol, como eletrões, …

Praia. Desporto e equipamentos de lazer vão ter regras novas

O Governo aprovou esta quinta-feira as regras de acesso e ocupação das praias durante a época balnear, com alterações em relação ao ano passado ao nível da atividade desportiva no areal e da utilização de …

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …

Curso de Medicina na Católica vai custar 100 mil euros. Candidaturas terminam este mês

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) anunciou, em setembro do ano passado, ter recebido luz verde da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) para o curso de Medicina. Agora, sabe-se que vai custar …

Ivo Rosa deixa colegas "estupefactos" com violação de regra sagrada do Direito

O Conselho Superior da Magistratura recebeu várias queixas de juízes desembargadores contra Ivo Rosa. Em causa estão decisões do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, especialmente no âmbito do processo Operação Marquês, que vão …