Lula da Silva elogia postura de Papa Francisco contra desigualdade

Antonio Lacerda / EPA

O ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva elogiou a postura de alento na defesa dos trabalhadores e na denúncia de desigualdades do Papa Francisco, com quem se encontrou na quinta-feira.

“Quando o Papa Francisco toma a atitude de fazer um encontro em Assis [cidade italiana] para discutir desigualdade, chamando milhares de jovens, para discutir a nova economia do mundo, acho que é uma decisão de alento do Papa, que toca num assunto vital ao futuro dos trabalhadores do mundo inteiro”, disse Lula à imprensa, na sede do maior sindicato italiano (Confederação Geral Italiana do Trabalho), após o encontro com o líder da Igreja Católica, no Vaticano.

O ex-chefe de Estado brasileiro referia-se ao fórum proposto pelo Papa Francisco na cidade italiana de Assis que, entre 26 e 28 de março, reunirá jovens empresários e estudantes de todo o mundo para idealizar um novo modelo socioeconómico.

O objetivo de Lula no primeiro encontro com o Papa era discutir temas como a luta contra a fome ou a proteção dos mais pobres, o que se concretizou. Esta foi a primeira viagem ao estrangeiro do antigo chefe de Estado do Brasil após sair da prisão em novembro passado, onde esteve 580 dias condenado por corrupção.

Após a reunião na Casa Santa Marta, Lula disse ter ouvido do Papa o desejo de “querer fazer coisas que sejam irreversíveis, que fiquem para sempre no seio da sociedade”.

Segundo o ex-Presidente, a iniciativa de Francisco de estimular a juventude a discutir a nova economia do mundo é uma necessidade: “Isso deve servir de exemplo para o movimento sindical, para outras igrejas e para os partidos políticos do mundo inteiro”.

catholicism / Flickr

O papa Francisco

“O mundo está a ficar mais desigual e a maioria dos trabalhadores está a perder direitos. (…) Muitas das conquistas que tivemos no século XX estão a ser derrubadas pela ganância dos interesses empresariais e financeiros”, indicou o histórico líder do Partido dos Trabalhadores (PT).

Lula recordou os encontros do G20 em que participou após a crise financeira global de 2008 e garante que, até agora, nada do que foi planeado se concretizou. “Todas as decisões que tomámos, envolvendo interesses dos trabalhadores, desenvolver os países mais pobres, nada disso aconteceu”, garantiu.

Disse ainda que as questões ambientais foram um dos principais temas que abordou com o Papa Francisco. “Nós estamos a perceber que há uma má vontade, apesar dos discursos dos governantes, em se preocuparem com a questão ambiental. (…) Muito se fala em energia alternativa, no degelo do Polo Norte, mas pouco tem sido feito. (…) Enquanto a gasolina e o petróleo forem baratos, não há interesse em mudar a matriz energética da maioria dos países”, afirmou.

O ex-Presidente declarou ter ficado “muito satisfeito” com o encontro, referindo que “se todo o ser humano, ao atingir 84 anos, tiver a força, a disposição e a garra que ele tem de levantar temas instigantes para o debate” poderão ser encontradas “soluções mais fáceis”.

Questionado se abordou a questão do Governo do atual Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no encontro, Lula indicou: “Não podia vir aqui para discutir sobre Bolsonaro”.

Lula visitou várias centrais sindicais em Itália e planeia regressar ao Brasil na manhã de sexta-feira. A audiência do ex-Presidente brasileiro com Francisco foi intermediada pelo chefe de Estado da Argentina, Alberto Fernández.

Lusa //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …