Lufthansa processa passageiro que faltou a voo de propósito para pagar menos

A Lufthansa processou um passageiro que faltou ao último trajeto de um voo de ligação para conseguir uma tarifa mais barata na viagem.

É um esquema utilizado por muitos passageiros, habitualmente designado por hidden city (“cidade escondida”), e que permite poupar centenas de euros.

O passageiro em causa, um homem não identificado, queria voar de Oslo, na Noruega, para regressar a casa, em Berlim, Alemanha. Só que em vez de comprar um bilhete entre as duas cidades comprou um mais barato para Seattle, nos Estados Unidos, com escala em Frankfurt, na Alemanha.

A intenção nunca foi ir para Seattle, mas sim aproveitar a paragem no aeroporto de Frankfurt. Chegado aqui, o passageiro não apareceu no voo de ligação e em vez disso seguiu viagem para Berlim, num voo mais barato.

Berlim é, neste caso, a “cidade escondida”, o destino para onde o passageiro realmente queria ir, enquanto Seattle é apenas um destino final “fictício”. Este tipo de situação está a tornar-se comum e a causar prejuízo às companhias de aviação.

Os prejuízos quando um passageiro não aparece na última etapa do voo decorrem de, por um lado, a receita ser mais baixa – não há consumo a bordo, por exemplo – e por outro torna mais difícil gerir os embarques, provocando atrasos, que custam bastante dinheiro.

A companhia aérea alemã alega que o esquema viola os termos e condições apresentados aos clientes e, segundo a CNN, pede uma compensação de 2.112 euros. O tribunal de Berlim rejeitou a acusação em primeira instância, mas a Lufthansa já anunciou que vai avançar para recurso.

Esta não é a primeira vez que algo do género acontece. Já em 2014, a United Airlines processou o fundador de um site concebido para ajudar quem queira usar este esquema, Aktarer Zaman, de 22 anos, mas a justiça norte-americana não deu razão à companhia aérea. O site Skiplagged continua operacional.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. É o mal de negócios habituados a ter margens de lucro de 30,000%. Ficam todos amuados quando alguém lhes troca as voltas e lhe dá só lucro de 29,000%.

    Coitadinha da Lufthansa…

  2. Claro…. Quer dizer, eles podem fazer overbooking e lixar a vida a quem pensava que iria apanhar um voo e afinal não pode por ter excesso de passageiros! E em vez de fazerem preços que se equiparem num mesmo voo entre os mesmos destinos, mesmo que um apenas seja de escala para um outro destino final, preferem trocar as voltas fazendo preços diferenciados quando fazem exactamente a mesma viagem.
    As pessoas não podem ser obrigadas a viajar, independentemente do real motivo que esteja escondido nesse não aparecimento no voo…

  3. Eu já fiz isto, e fiz muito bem! As companhias tentam esmifrar os seus passageiros ao máximo, é justo que estes se tentem defender! Já fiz e voltarei a fazer sempre que vir que estou a ser alvo de abuso por parte da companhia!

RESPONDER

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …

Lista candidata à Ordem dos Enfermeiros excluída por ter poucos homens

Uma das listas candidatas às eleições para a Ordem dos Enfermeiros foi excluída por ter poucos homens. A comissão eleitoral nomeada explica que a lista não respeita a lei da paridade, aprovada pela Assembleia da …

“É a desilusão”. PSD queria novos ministros na Saúde, Educação e Justiça

  O PSD defendeu esta quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Dobradinha poderá render 1,6 milhões de euros a Bruno Lage

Caso consiga alcançar a dobradinha, isto é, vencer o campeonato e a Taça de Portugal, o treinador do Benfica, Bruno Lage, receberá em prémios cerca de 1,6 milhões de euros brutos, avança a imprensa desportiva. A …

Lisboa aumenta seis vezes IMI de prédios devolutos nos centros

A Câmara de Lisboa vai aumentar, em 2020, seis vezes a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios devolutos nas zonas de maior pressão urbanística, anunciou esta quarta-feira o vereador das Finanças, …

Polícia entrou na federação de futebol da Bulgária e deteve cinco pessoas

Já depois de Borislav Mihailov se ter demitido da presidência da federação da Bulgária, uma unidade da estrutura policial que luta contra o crime organizado no país entrou esta terça-feira na sede da federação, em …

Família holandesa vivia há 9 anos numa cave à espera “do fim dos tempos”

A policia holandesa encontrou uma família de seis pessoas na cave de uma quinta no nordeste do país, onde viviam em isolamento há nove anos e, segundo a imprensa, esperavam “o fim dos tempos”. A polícia …

Kim Jong-un subiu montanha sagrada a cavalo (e deixou a Coreia à espera de um grande anúncio)

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, foi ao monte Paektu, a montanha considerada sagrada pelos norte-coreanos, dar um passeio a cavalo. As imagens foram divulgadas pela agência estatal KCNA, tendo surgido especulações de que virá aí …

Uma questão de físico. Já se sabe porque o Manchester United desistiu de João Félix

Foi a "falta de físico" que afastou João Félix do Manchester United. O clube inglês ponderou contratar a jovem estrela do Benfica, antes da sua mudança para o Atlético de Madrid, mas acabou por desistir …