Lourenço, o bebé milagre, levou os médicos às lágrimas

aarongilson / Flickr

-

Esta semana, Portugal viu nascer o pequeno Lourenço, que esteve durante mais de três meses no ventre da mãe em morte cerebral. O “bebé milagre”, que deixou os médicos emocionados, deverá ser criado pelos avós. 

Durante 15 semanas, Sandra Cristina foi mantida viva artificialmente para que o filho pudesse nascer, desafiando os limites da ciência. O parto, que foi feito às 32 semanas de gestação pelos médicos do Hospital de S. José, em Lisboa, é inédito em Portugal e muito raro no mundo.

Lourenço, nome escolhido pela mãe, deverá ficar os cuidados dos avós, já que o pai não tem condições para o criar, revela a TVI24. Com o progenitor ficou o outro filho de Sandra, de 12 anos, que já estava a viver com o pai desde a morte da mãe.

Sandra Cristina foi cremada esta quarta-feira, numa cerimónia na Póvoa de Santa Iria, onde vivia até ao dia em que lhe foi diagnosticada uma hemorragia intracerebral.

O jornal i relata que a mãe soube o sexo do bebé e chegou mesmo a escolher o nome.

Prevê-se que o pequeno Lourenço possa sair dos cuidados intensivos dentro de três semanas, se estiver estável, como acontece com outros bebés prematuros.

Quanto ao futuro da criança, os profissionais mostram-se otimistas, mas não se comprometem com garantias quanto ao seu desenvolvimento.

Médicos emocionados

Este caso, inédito na Medicina portuguesa, foi vivido com emoção pelos profissionais que acompanharam a situação ao longo de três meses e meio no Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC).

Houve uma carga emocional fortíssima“, afirmou a presidente do Conselho de Administração do CHLC, Ana Escoval.

“Foi interessante ver que as pessoas que estão habituadas a todos os dias cuidarem, ver nos seus rostos a emoção, a lágrima, quando aconteceu o nascimento”, afirmou a administradora.

Também o diretor clínico do hospital de São José, António Sousa Guerreiro, sublinhou que se trata de uma história de contrastes: “Temos uma profunda tristeza com a morte de alguém e um momento de alegria com o nascimento de uma criança”.

Susana Afonso, especialista dos neurocríticos, admitiu igualmente que “é impossível do ponto de vista emocional não ficar afetado” com esta história.

Apesar da componente emocional e afetiva do caso, os profissionais garantem que a base de todas as decisões foi racional. Primeiro decidiu-se a viabilidade do feto e considerou-se que havia condições para o processo poder avançar. O apoio da família à decisão foi fundamental, acrescentou Sousa Guerreiro.

Para manter a gravidez com a mãe em morte cerebral, os especialistas explicaram que foi dado o suporte hormonal e nutricional necessário para a manutenção das funções vitais e para o desenvolvimento da gestação.

“Os fármacos administrados foram aqueles que o organismo produz quando as funções vitais estão intactas”, afirmou aos jornalistas Ana Campos, obstetra da Maternidade Alfredo da Costa – que pertence ao CHLC – e que acompanhou o caso.

“Todos os dias a equipa de enfermagem fazia a palpação do abdómen, diziam que uma vez que a mãe não tinha emoções era uma forma de sentir calor humano“, exemplificou a diretora de serviço da MAC, mostrando até que ponto este caso mexeu com os afetos de todos os profissionais.

O momento do nascimento, por cesariana programada, ocorreu quando foram atingidas as 32 semanas de gestação, uma idade gestacional em que a sobrevivência é muito elevada.

Segundo a neonatologista Teresa Tomé, além da idade gestacional permitir alguma segurança em termos de sobrevivência, os médicos quiseram preservar o recém-nascido de “uma incubadora artificial” da qual se desconhecem as consequências.

De acordo com a equipa de profissionais, o nascimento de um bebé com mãe em morte cerebral há 15 semanas é um facto inédito na medicina portuguesa, mas já aconteceram casos a nível internacional.

Segundo Ana Campos, um estudo internacional de 2010 indica que a duração de gestações com as grávidas em morte cerebral foi de entre dois a 107 dias. O caso de São José durou precisamente 107 dias.

ZAP / Bom Dia

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Aldeões ajudam tropas indianas que enfrentam militares chineses nos Himalaias

Cerca de 100 residentes da vila de Chushul atravessam o território indiano de Ladakh para chegar a um pico dos Himalaias conhecido como Black Top, a uma altitude de mais de 4500 metros, levando suprimentos …

Detido na Rússia líder religioso que diz ser a reencarnação de Jesus

O líder religioso, que diz ser a reencarnação de Jesus, foi detido, na Rússia, esta terça-feira, durante uma operação especial. De acordo com as imagens divulgadas pelo jornal The Guardian, vários agentes da polícia, armados e …

Covid-19: Universidade de Coimbra tem novo programa de rastreio aleatório para alunos e docentes

A Universidade de Coimbra (UC) preparou um Plano de Prevenção e Protocolo de Atuação para garantir o regresso às aulas em segurança para alunos, professores, docentes e comunidade. "Tendo em conta a situação pandémica que estamos …

Jogador substituído aos 14 segundos

Substituição insólita foi realizada na primeira divisão da Estónia. Jovem nem tocou na bola. Jogo da 21.ª jornada do campeonato nacional da Estónia, primeira divisão. O FCI Levadia recebe o JK Nõmme Kalju e vence por …

"Ato que nenhum fim pode justificar". Vaticano critica a aceitação mundial da eutanásia

Através de um novo documento, o Vaticano condenou a disseminação da aceitação internacional da eutanásia e do suicídio assistido, inclusive em alguns países tradicionalmente católicos da Europa. O Vaticano referiu no documento publicado hoje - e …

Facebook teme sair da Europa caso não possa transferir dados para os EUA

A Comissão de Proteção de Dados irlandesa propôs que os dados dos cidadãos europeus não possam sair do continente. O Facebook diz que não sabe como poderá continuar a prestar os seus serviços na Europa …

O guarda-redes do Chelsea é o melhor em quê? "Em cometer erros"

Kepa alvo de críticas fortes. Frank Lampard confirmou a chegada de mais um guarda-redes, proveniente de França. O Chelsea volta a ser notícia por causa do mercado e volta a ser notícia por causa de um …

Promotores assumem pela primeira vez que Trump pode ser investigado por fraude fiscal

O gabinete do procurador do distrito de Manhattan, que tem travado uma batalha legal com o Presidente dos Estados Unidos (EUA) para obter as suas declarações de impostos, sugeriu na segunda-feira, pela primeira vez, que podia …

Revelada causa da morte de 300 elefantes no Botsuana

O Governo do Botsuana anunciou, esta segunda-feira, que uma cianobactéria foi a causa da misteriosa morte de cerca de 300 elefantes no Botsuana em meados deste ano. A causa da morte dos paquidermes foi determinada após …

Cavani: brasileiros com milhões... mas pessimistas

O Grémio estabelece quatro parcerias para contratar o uruguaio. No entanto, a direção do clube não acredita que Cavani se vai mudar para Porto Alegre. "Na vida, se não conversas, nada sabes. Até pode surgir uma …