Lixo fora do sítio rendeu 14 mil euros a Lisboa

Alec Perkins / wikimedia

-

Quase dois mil processos por depósito incorrecto de lixo e dejectos caninos na via pública foram instaurados este ano, até 30 de Novembro, no município de Lisboa, resultando em mais de 14 mil euros de receita em coimas.

Segundo informação enviada à Lusa pelo gabinete do vereador da Higiene Urbana, Duarte Cordeiro (PS), nesses 11 meses foram contabilizadas 2.084 infrações ao Regulamento de Resíduos Urbanos da Cidade de Lisboa, das quais 1.953 constituíram processos, por ter sido possível identificar os infratores.

Quando detetam deposições indevidas de lixo na via pública, os serviços municipais de fiscalização “tentam identificar os infratores através de qualquer elemento que conste dos resíduos”, como faturas e documentos com identificação, mas nem sempre conseguem, explicou fonte do município.

As coimas por atos prejudiciais ao asseio na via pública têm um valor mínimo de 24,25 euros. Relativamente aos dejetos caninos, o valor mínimo é de 48,50 euros.

Dos 1.953 processos instaurados até N, a Câmara de Lisboa recebeu um total de 14.186,25 euros em coimas, com 733 infratores a pagarem voluntariamente.

A disparidade entre os processos instaurados e a receita arrecadada “prende-se com os prazos de tramitação”. Até agora “estão deduzidas todas as acusações de infrações praticadas até 31 de julho” deste ano.

O pagamento voluntário das coimas é efectuado no prazo de 15 dias após a notificação do infractor. Terminado o prazo, “é instaurado processo de cobrança coerciva“, explicou a fonte do gabinete do vereador da Higiene Urbana, Duarte Cordeiro.

Em 2013, os serviços de fiscalização identificaram 1.668 infrações, que resultaram em 1.468 processos instaurados, tendo a autarquia arrecadado 27.433,75 euros com as coimas cobradas, com 1.077 pagamentos voluntários.

“Com a delegação de competências que estamos a preparar, além dos serviços camarários que podem levantar os autos de notícia, também as freguesias o poderão fazer“, esclareceu a fonte.

A Lusa tentou ter dados discriminados pelas 24 freguesias de Lisboa relativos às infrações ao Regulamento de Resíduos Urbanos, em vigor desde 2004, mas não foi possível, porque “neste momento o sistema informático ainda não permite a georreferenciação”, justificou a fonte municipal.

A 18 de Novembro deste ano, a Câmara de Lisboa lançou uma campanha de sensibilização para o correto depósito do lixo, por parte de moradores e comerciantes, que abrangeu inicialmente as freguesias de Santa Maria Maior, Arroios e São Domingos de Benfica.

Em causa estão cerca de mil ecopontos em toda a cidade, nos quais foi reforçada a sinalética para “não deposição de sacos à volta e também deixar bem claro qual o valor da coima que alguém paga se for apanhado”, que pode ascender aos 727 euros, disse o vereador da Higiene Urbana.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …

Paris acordou repleto de cartazes que denunciam violência contra as mulheres

Um dos bairros de Paris acordou com cartazes, escritos em português, numa ação de rua contra a violência sobre as mulheres, uma iniciativa do movimento "Collages Feminicides", que tem feito este tipo de ações ilegais …

Ana Julia Quezada declarada culpada no caso da morte de Gabriel

Um júri popular considerou esta quinta-feira por unanimidade que Ana Julia Quezada é culpada de assassinar, com maldade (que segundo o código pena espanhol serve de agravante penal), Gabriel, o filho de oito anos do …

Burger King vai deixar de oferecer brinquedos de plástico nas refeições infantis

A cadeia de hambúrgueres Burger King no Reino Unido vai deixar completamente de usar plástico não biodegradável nos brinquedos que acompanham as refeições infantis. A decisão segue-se a uma petição pública lançada no site Change.org por …

Presidente veta “barrigas de aluguer”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vetou esta quinta-feira a alteração à lei relativa à procriação medicamente assistida, em consequência de o Tribunal Constitucional (TC) ter declarado inconstitucional duas normas do diploma. “Na sequência …

Raquel é a nova embaixadora do combate às alterações climáticas da ONU

A investigadora Raquel Gaião Silva promete dar o seu melhor como embaixadora da juventude para o combate às alterações climáticas, estatuto que alcançou ao vencer um concurso internacional de vídeo promovido pela ONU. "É uma responsabilidade. …