Lixo fora do sítio rendeu 14 mil euros a Lisboa

Alec Perkins / wikimedia

-

Quase dois mil processos por depósito incorrecto de lixo e dejectos caninos na via pública foram instaurados este ano, até 30 de Novembro, no município de Lisboa, resultando em mais de 14 mil euros de receita em coimas.

Segundo informação enviada à Lusa pelo gabinete do vereador da Higiene Urbana, Duarte Cordeiro (PS), nesses 11 meses foram contabilizadas 2.084 infrações ao Regulamento de Resíduos Urbanos da Cidade de Lisboa, das quais 1.953 constituíram processos, por ter sido possível identificar os infratores.

Quando detetam deposições indevidas de lixo na via pública, os serviços municipais de fiscalização “tentam identificar os infratores através de qualquer elemento que conste dos resíduos”, como faturas e documentos com identificação, mas nem sempre conseguem, explicou fonte do município.

As coimas por atos prejudiciais ao asseio na via pública têm um valor mínimo de 24,25 euros. Relativamente aos dejetos caninos, o valor mínimo é de 48,50 euros.

Dos 1.953 processos instaurados até N, a Câmara de Lisboa recebeu um total de 14.186,25 euros em coimas, com 733 infratores a pagarem voluntariamente.

A disparidade entre os processos instaurados e a receita arrecadada “prende-se com os prazos de tramitação”. Até agora “estão deduzidas todas as acusações de infrações praticadas até 31 de julho” deste ano.

O pagamento voluntário das coimas é efectuado no prazo de 15 dias após a notificação do infractor. Terminado o prazo, “é instaurado processo de cobrança coerciva“, explicou a fonte do gabinete do vereador da Higiene Urbana, Duarte Cordeiro.

Em 2013, os serviços de fiscalização identificaram 1.668 infrações, que resultaram em 1.468 processos instaurados, tendo a autarquia arrecadado 27.433,75 euros com as coimas cobradas, com 1.077 pagamentos voluntários.

“Com a delegação de competências que estamos a preparar, além dos serviços camarários que podem levantar os autos de notícia, também as freguesias o poderão fazer“, esclareceu a fonte.

A Lusa tentou ter dados discriminados pelas 24 freguesias de Lisboa relativos às infrações ao Regulamento de Resíduos Urbanos, em vigor desde 2004, mas não foi possível, porque “neste momento o sistema informático ainda não permite a georreferenciação”, justificou a fonte municipal.

A 18 de Novembro deste ano, a Câmara de Lisboa lançou uma campanha de sensibilização para o correto depósito do lixo, por parte de moradores e comerciantes, que abrangeu inicialmente as freguesias de Santa Maria Maior, Arroios e São Domingos de Benfica.

Em causa estão cerca de mil ecopontos em toda a cidade, nos quais foi reforçada a sinalética para “não deposição de sacos à volta e também deixar bem claro qual o valor da coima que alguém paga se for apanhado”, que pode ascender aos 727 euros, disse o vereador da Higiene Urbana.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …

E depois de Merkel? Alemanha já sente falta da Chanceler que saiu da sombra para salvar o seu "delfim"

Angela Merkel tinha prometido ficar afastada das eleições legislativas deste domingo, na Alemanha, mas saiu da sombra para apoiar o seu "delfim", o candidato da CDU, Armin Laschet, que deverá disputar a vitória com o …