Um livro de receitas do século XVIII ajudou a salvar a língua eslovena

O livro de receitas de um padre, escrito no século XVIII, ajudou a salvar a língua eslovena, numa altura em que estava ameaçada por outros idiomas.

A Eslovénia é um pequeno país do leste europeu que, ao longo da sua história, pertenceu a uma numerosidade de reinos, desde o Império Romano ao Império Bizantino ou do Império Austro-Húngaro à Jugoslávia. Só em 1991 é que o país conquistou definitivamente a sua independência.

Uma única língua, o esloveno, une agora os cerca de 2 milhões de habitantes — mas nem sempre foi assim. Outrora subjugada a outros impérios, a língua eslovena foi gradualmente subsumida pelas línguas e poderes políticos muito mais fortes que a cercavam.

No entanto, sobreviveu graças ao esforço de muitas pessoas, desde os protestantes do século XVI que a escreveram pela primeira vez até aos intelectuais dos séculos XVIII e XIX que a espalharam pelas pessoas. Entre o seu arsenal de armas esteve um livro de receitas de um padre, conta o Atlas Obscura.

O padre Valentin Vodnik nasceu em 1758, perto de Liubliana. Ele era fluente em meia dúzia de línguas, escreveu alguns dos primeiros poemas eslovenos, publicou o primeiro jornal esloveno e começou a trocar correspondência com intelectuais em esloveno.

A missão de Vodnik era popularizar e elevar a reputação do idioma numa época em que eslovenos instruídos falavam principalmente alemão.

“Ele nunca desistiu — o jornal quase o levou à falência, mas ele passou a escrever livros técnicos sobre tudo, desde mineração até obstetrícia, o primeiro livro de gramática em esloveno e o primeiro dicionário”, sublinha o linguista Andreja Legan Ravnikar.

Vodnik via o domínio do alemão e as fortes influências do italiano, húngaro e sérvio em várias regiões como forças que ameaçavam desintegrar a língua em dialetos.

“Se as coisas continuarem como estão, em breve veremos pessoas de diferentes partes da nossa terra incapazes de se entender; uma tornar-se-á germanizada, a outra será meio italiana”, alertou Vodnik no prefácio do seu livro de receitas.

Apesar dos seus imensos talentos, Vodnik nunca tinha cozinhado na vida. Ainda assim, em 1799, publicou o primeiro livro de receitas em língua eslovena, intitulado “O Livro de Receitas”. A obra continha 300 receitas traduzidas de fontes germânicas — tudo desde sopa de chocolate a pombo cozido.

“Não há uma única receita tradicional eslovena lá”, diz Janez Bogataj, um importante etnólogo esloveno de gastronomia. “Queria educar as pessoas e oferecer-lhes uma cozinha melhor, ao mesmo tempo que provava que a língua eslovena é capaz de exprimir tudo o que outras línguas podem”.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Irão disponível para negociações sobre acordo nuclear nas próximas semanas

O Irão retornará às negociações sobre a retomada do acordo nuclear de 2015 nas próximas semanas, avançou o Ministério dos Negócios Estrangeiros esta terça-feira, apesar das suspeitas das potências ocidentais sobre a estratégia de Teerão …

Depois do Loon, nasce o Taara. Projeto usou lasers para transmitir 700TB de dados

Depois da morte do Projeto Loon, no início do ano, nasceu o Projeto Taara, que utilizou lasers para transmitir 700TB de dados através do rio Congo. O projeto muda, o nome é diferente, mas a missão …

Vizela - Paços de Ferreira bateu recorde de assistência na I Liga

Maior número de adeptos do campeonato também foi registado nesta jornada, no Benfica-Boavista; mas em termos de ocupação do estádio, o Vizela deixou longe toda a concorrência. Desde os anos 80 do século passado que não …

150 anos antes da viagem histórica de Colombo, um frade italiano escrevia sobre a America

Por volta do ano 1340, Galvano Fiamma registou, na sua Cronica universalis, a existência de terras a oeste da Gronelândia habitadas "por gigantes". Trata-se da primeira menção documentada do continente americano no Mediterrâneo, cerca de …

Os antigos compadres zangaram-se de vez. Trump puxa os cordelinhos nos bastidores para correr com McConnell

A relação de altos e baixos entre os dois azedou de vez depois de McConnell ter reconhecido a vitória de Joe Biden. Trump quer agora que um Republicano concorra contra McConnell pelo cargo da liderança …

Bombeiros embrulharam a maior árvore do mundo em papel de alumínio. Tudo para a proteger

O incêndio consumiu milhares de acres na Califórnia e o National Park Service viu-se obrigado a intensificar os seus esforços para proteger as jóias naturais, incluindo as maiores árvores do mundo. Os incêndios Colony e Paradise …

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …