Livro proibido de Hitler vai voltar a ser publicado na Alemanha

Lainmoon / Flickr

"Mein Kampf", escrito por Adolf Hitler em 1925, lançou as bases da ideologia nazi.

“Mein Kampf”, escrito por Adolf Hitler em 1925, lançou as bases da ideologia nazi

O manifesto político do líder nazi vai voltar a ser editado em janeiro do próximo ano, uma decisão que já está a causar alguma revolta na Alemanha.

Setenta anos depois de ter sido proibido, o livro conhecido por ser a ‘bíblia’ de Adolf Hitler vai voltar a ser reeditado em janeiro do próximo ano, na Alemanha, avança a BBC.

“Mein Kampf”, título que pode ser traduzido para “A Minha Luta”, vai ter mais quatro mil cópias mas, desta vez, inclui também anotações de vários especialistas para melhor compreender a obra – 3500 para se ser mais preciso.

A ideia partiu do Instituto de História Contemporânea de Munique que, segundo o seu diretor, Andreas Wirsching, será uma boa forma de “acabar com o mito” em torno do livro.

Por outro lado, será uma medida para prevenir que apareçam outro tipo de versões, uma vez que os direitos de autor da obra acabam em janeiro de 2016, passando a ser um texto de domínio público.

O livro foi originalmente impresso em 1925, oito anos antes de Hitler chegar ao poder, e foi proibido depois do fim da 2ª Guerra Mundial.

Visto como um manifesto político, é nele que o pai da ideologia nazi expressa a origem das suas ideias antissemitas, racistas e nacional-socialistas, posteriormente adotadas quando chegou ao poder.

A decisão já está a gerar polémica, sobretudo no seio de alguns grupos judeus, por considerarem que obras ligadas ao regime nazi nunca mais deviam ter a oportunidade de serem publicadas.

Porém, as autoridades responsáveis garantiram que o acesso ao livro será limitado, exatamente para evitar que a obra possa desencadear sentimentos neonazis.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

"Tenho saudades". Mourinho quase em lágrimas por não conseguir desfrutar das férias

José Mourinho está de férias prolongadas, depois de ter saído do Manchester United no final de 2018, e confessa que não consegue "desfrutar" deste período de descanso após vários anos ligado ao futebol. "Tenho saudades", …

Primeiro-ministro italiano demite-se e acusa Salvini de "irresponsabilidade"

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou hoje a sua demissão, acusando o líder da Liga (extrema-direita), Matteo Salvini, de ter “olhado exclusivamente aos interesses pessoais e do seu partido” ao pôr fim à coligação de …

Já há 58 candidatos para a escola de pastores da região Centro

A escola de pastores, um projeto-piloto integrado no Programa de Valorização da Fileira dos Queijos da Região Centro, arranca no dia 23 de setembro e conta, até ao momento, com 58 candidatos inscritos. Em comunicado, a …

Interesse na compra da TVI faz ações da Cofina subir mais de 5%

As ações da Cofina subiam esta segunda-feira mais de 5%, depois de na semana passada a dona do Correio da Manhã ter confirmado que estava a negociar com a Prisa a compra da Media Capital, …

Boris Johnson rejeita convocar o Parlamento durante as férias

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, rejeitou esta segunda-feira a ideia de convocar o Parlamento durante as férias, depois da divulgação de documentos alertando para a escassez de alimentos e outros bens no caso de um …

Donald Trump partilha imagem da Trump Tower na Gronelândia

Donald Trump prometeu não construir uma Trump Tower na Gronelândia, o território autónomo da Dinamarca que quer comprar por ser um “grande negócio imobiliário”. A fotomontagem foi publicada no Twitter pelo Presidente dos Estados Unidos. A …

Dia vira noite. Às 15 horas já estava escuro em São Paulo

Uma frente fria encontrou-se com uma massa de ar que continha partículas de incêndios florestais da região da Amazónia. O choque de temperatura entre as duas massas, teve como resultado o escurecimento do dia. Durante a …

Zé Luís rejeitou salário três vezes mais alto para vir para o FC Porto

Com a ambição de representar o FC Porto, Zé Luís teve de fazer sacrifícios a nível financeiro. O cabo-verdiano rejeitou uma proposta da China com um salário muito mais alto. Zé Luís parece começar a justificar …

Motorista que conduziu Marcelo entre Lisboa e Porto mandou um e-mail. Foi investigado como "ameaça ao Estado"

O Governo recebeu um email a avisar que a greve dos motoristas ia provocar o caos, fazendo parar muitos serviços - e lembrando que assim caiu um governo no Chile. O executivo receou que fosse uma …

Marinho e Pinto quer Pardal Henriques como deputado do Partido Democrático Republicano

Ainda que não tenha confirmado Pedro Pardal Henriques como um dos cabeça-de-lista do partido que fundou, Marinho e Pinto não poupou elogios ao advogado do Sindicato de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) . “Seria um …