//

Lisboa sem Metro até às 6h30 de sexta-feira

Jcornelius / Wikimedia

-

O Metropolitano de Lisboa só reabrirá ao público às 06h30 de sexta-feira, apesar de a greve dos trabalhadores decorrer entre as 00h00 de quinta-feira e as 24h00 do dia seguinte, anunciou hoje a empresa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Inicialmente, a transportadora tinha previsto abrir ao público às 00h15 de sexta-feira, mas decidiu adiar para as 06h30, “devido à realização de um plenário geral de trabalhadores, convocado pelas organizações sindicais, entre as 00h00 às 02h00”.

Os trabalhadores contestam a concessão da empresa a privados e aquilo que descrevem como a degradação das condições de trabalho e do serviço prestado ao cliente.

Segundo Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), os trabalhadores contestam, além da concessão, a precarização e a redução dos postos de trabalho e o “assédio moral” no trabalho.

“Estamos ainda contra o aumento dos níveis de insegurança e contra a utilização indevida dos serviços de medicina laboral”, que estão a “passar por cima dos habituais padrões de segurança”, disse à Lusa.

No site da Fectrans pode ler-se que os trabalhadores lamentam o cenário de “preços a aumentar“, enquanto os comboios circulam com menos frequência.

/Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.