Lisboa entre as cidades com trânsito mais caótico do mundo

Andrew French / Flickr

Um estudo da Mister Auto – marca líder de mercado na venda de peças para automóveis – agora divulgado revelou que Lisboa está na 74.ª posição no ‘ranking’ das cidades mais circuláveis. Ou seja, muito para lá da segunda metade da tabela, com uma média de 0,44 carros per capita.

Partindo de dados recolhidos em centenas de cidades do mundo inteiro, o estudo analisou vários aspetos, como o número de carros, o tempo que os condutores passam ao volante, a qualidade das estradas e dos transportes públicos, a idade dos carros, a qualidade do ar, os custos de estacionamento e dos combustíveis, o número de acidentes, que foram depois agrupados em três categorias: infraestruturas, segurança e custos.

“Considerando que os condutores passam em média 200 horas por ano ao volante, só nos [Estados Unidos] EUA, decidimos analisar os múltiplos fatores que influenciam os condutores diariamente, das infraestruturas e trânsito, ao comportamento ao volante”, refere a nota introdutória do “The 2019 Driving Cities Index”, citada pelo Expresso.

Posicionada em 74.ª, à frente de Turim, na Itália, e de Chicago, nos EUA, Lisboa destaca-se pelo número de carros per capita, superior a cidades como Barcelona (0.39), Berlim (0,29) ou Estocolmo (0,24). Atenas, a capital grega, é a que apresenta o maior número de automóveis por habitante: 0,77.

Lisboa fica melhor na segurança

Apesar de colocada quase no fim da tabela das cidades mais amigas do automóvel, no que respeita à segurança Lisboa surge em 30.º lugar, com uma taxa de acidentes fatais na ordem dos 2,30 por cada 100 mil habitantes. Ulaanbaatar, na Mongólia, é a que pior resultados apresenta neste aspeto (16,50), seguida de Moscovo, na Rússia (23,40), e Karachi, no Paquistão (6,60).

O estudo revelou ainda que Calgary, no Canadá, é a melhor cidade para se conduzir um automóvel, graças aos baixos congestionamentos e fatalidades, enquanto a cidade de Mumbai, na Índia, é a que obteve um desempenho mais baixo em todos os parâmetros.

Quanto aos custos dos combustíveis, Lagos, na Nigéria, é a cidade que tem os preços mais baixos (0,40 dólares/litro), seguida do Dubai (0,59) e de San António (0,64), nos EUA. Lisboa surge entre os últimos 20 lugares da tabela, na 83.ª posição, com os preços fixados nos 1,67 dólares/litro. Oslo, a capital da Noruega, é a cidade com os combustíveis mais caros do mundo (1,91 dólares/litro).

No que respeita ao estacionamento, as cidades mais caras são Sidney, na Austrália, onde o preço por duas horas de parque chega aos 39,23 dólares, seguida de Nova Iorque (38,54). Lisboa surge a meio da tabela, na 49.ª posição, com um preço de estacionamento que ronda os 5,97 dólares/2 horas.

No capítulo dos impostos sobre a circulação automóvel, Roterdão é a mais cara, com um preço anual de 578.33 dólares, e Lagos, na Nigéria, a mais barata:13.99 dólares/ano. Lisboa aparece na segunda metade da tabela: 191,86 dólares/ano.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. De um modo geral podemos dizer que as cidades portuguesas são caóticas e demasiado caras para a má qualidade de vida que apresentam !!

    • Não sei que cidades portugueses conheces, mas, felizmente, as cidades portuguesas não são só nos subúrbios de Lisboa ou do Porto!…

RESPONDER

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …

Presidente da Câmara do Funchal envia carta a Boris Johnson a defender a Madeira

O presidente da Câmara do Funchal escreveu uma carta a Boris Johnson, na qual realça "alguns argumentos fortes" a favor da Madeira como destino de férias para os cidadãos do Reino Unido. O presidente da Câmara …

Livros pró-democracia desapareceram das bibliotecas de Hong Kong

Livros escritos por importantes ativistas da democracia de Hong Kong começaram a desaparecer das bibliotecas da cidade, avança a agência noticiosa francesa AFP, citando registos online destes espaços. Os livros pró-democracia desapareceram das prateleiras da …

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal. O ex-treinador do Boavista, que já tinha passado pelo Bonfim em 2018/2019, vai suceder a Júlio Velázquez no comando técnico dos sadinos. Esta segunda-feira, Lito Vidigal, …

Estados Unidos confirmam rara infeção provocada por parasita que destrói o cérebro

Foi detetada, no cérebro de uma pessoa no condado de Hillsborough, uma ameba rara que destrói o cérebro. O parasita chama-se Naegleria Fowleri. Uma ameba rara que destrói o cérebro, conhecida como Naegleria Fowleri, foi detetada numa …