Liga portuguesa de surf vai ser a primeira prova do mundo a ser retomada

Jeff Rowley

A Liga portuguesa de surf começa a 19 de junho, após um adiamento de quase três meses devido à pandemia, sendo a primeira prova da modalidade no mundo a ser retomada, anunciou esta segunda-feira a Associação Nacional de Surfistas (ANS).

“A praia do Cabedelo, na Figueira da Foz, irá receber os melhores surfistas nacionais para o Allianz Figueira Pro, naquela que será a primeira prova de surf a ser retomada em todo o mundo depois do surgimento da pandemia da covid-19”, destacou em comunicado a entidade, que divulgou o novo calendário do circuito português.

A Liga Meo Surf mantém as cinco etapas, estando duas já com as datas confirmadas, na Figueira da Foz (19 a 21 de junho) e na Ericeira (3 a 5 de julho), na Praia de Ribeira D’Ilhas, e encontrando-se ainda em programação mais uma etapa no período de arranque do verão.

“Depois da realização das três primeiras etapas, a Liga Meo Surf vai ter uma pausa, regressando após o verão para a realização das duas últimas etapas, que serão determinantes para as contas do título nacional, o Renault Porto Pro e o Bom Petisco Cascais Pro, que aguardam informações do calendário internacional para a definição final da data”, adiantou a ANS.

Segundo a entidade, o mais recente diploma sobre o estado de calamidade em Portugal “deu permissão ao regresso de provas individuais e ao ar livre, onde se inclui a Liga Meo Surf”, pelo que a ANS “uniu esforços com todos os parceiros da Liga Meo Surf para consumar o regresso das provas ao mar dentro de 10 dias, seguindo todas as recomendações da Direção-Geral da Saúde”.

Francisco Rodrigues, presidente da ANS, realçou o esforço feito para a “obtenção do licenciamento e das necessárias medidas de segurança” para o surf profissional voltar ao mar”, sublinhando que a primeira prova do ano vai ser um “evento 100% focado no espetáculo de surf na água, sem público”, e que pode ser acompanhado através de transmissão televisiva integral na Sport TV, bem como nas restantes plataformas da Liga Meo Surf e da Meo.

E acrescentou: “Temos os melhores surfistas portugueses a precisar de retomar a sua atividade profissional, regressar ao ritmo competitivo e voltar a dar retorno aos seus patrocinadores. Permitam-me agradecer o empenho da Federação Portuguesa de Surf, do Município da Figueira da Foz e da Capitania também da Figueira da Foz. Todos eles disseram ‘presente’ para viabilizar a prova num tão curto espaço de tempo e em benefício do Surf em Portugal”.

Em fevereiro, antes de ter sido decretada a pandemia da covid-19, a organização tinha anunciado que o circuito português ia começar na Ericeira, a 27 de março, seguindo-se o Porto (24 e 26 de abril), a Figueira da Foz (29 a 31 de maio), o Algarve (12 a 14 de junho) e Cascais (1 a 03 de outubro).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 403 mil mortos e infetou mais de sete milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 1.485 pessoas das 34.885 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …

Duas vendedoras num mercado japonês

Da noite para o dia, Japão tornou-se uma história "covidiana" de sucesso

Em meados de agosto, o Japão atingiu o pico de 6.000 casos diários de covid-19. Quase do dia para a noite, o país asiático observou, espantosa e inesperadamente, uma queda acentuada no número de infeções. …