Cientistas conseguiram ler uma carta dobrada com 300 anos – sem sequer a abrir

(dr) Unlocking History Research Group archive

Letterpacket DB-1627, escrito há 300 anos

Uma equipa de cientistas conseguiu ler uma carta secreta do século XVII sem sequer a abrir, graças a um algoritmo de nivelamento computacional automatizado.

Um scanner de raios-X, usado normalmente em pesquisas odontológicas, permitiu a uma equipa de cientistas ler o conteúdo de uma carta dobrada que permaneceu fechada durante 300 anos.

De acordo com o EurekAlert, foi usado um scanner de microtomografia de raios-X de alta sensibilidade, desenvolvido no Queen Mary University Dental Research Laboratories, em Londres, para digitalizar um conjunto de cartas de um baú do século XVII, que continha correspondência que não chegou a ser entregue aos destinatários.

Segundo os cientistas, os remetentes usaram o letterlocking para fechar as cartas, uma técnica que se baseia em dobrar e prender a folha de papel para criar o seu próprio envelope, muito comum antes de os envelopes modernos terem sido inventados.

Em vez de cortar as cartas, correndo o risco de as danificar, os investigadores conseguiram ler o conteúdo das mesmas sem serem demasiado “invasivos”.

Graham Davis, investigador da Queen Mary University of London, explicou que o scanner tem uma “sensibilidade sem precedentes para mapear o conteúdo mineral dos dentes”, mas a característica “também tornou possível decifrar certos tipos de tinta em papel e pergaminho”.

O processo acabou por revelar o conteúdo de uma carta, datada de 31 de julho de 1697, na qual se lê um pedido de Jacques Sennacques ao primo Pierre Le Pers, comerciante francês residente em Haia, para obter uma cópia autenticada de um aviso de óbito de Daniel Le Pers.

Depois da microtomografia de raios-X, a equipa aplicou algoritmos computacionais às imagens digitalizadas para identificar e separar as diferentes camadas da carta dobrada e “desdobrá-la virtualmente“.

Este método de “desdobramento virtual” e a categorização das técnicas de dobragem podem ajudar os cientistas a entender a versão histórica da criptografia física, ao mesmo tempo que se preserva a sua herança cultural. O artigo científico foi publicado no dia 2 de março na Nature Communications.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Task force muda regras. Vai ser mais difícil saber qual a vacina que será administrada

Vai ser mais difícil para as pessoas acima dos 60 anos saber com antecedência qual será a vacina que vão receber (AstraZeneca, Pfizer e Moderna). Todas as semanas, as três vacinas passam a "rodar de …

O segredo dos bigodes dos animais tem a forma de um S (e reside na forma como dobram)

Há muitos mamíferos que têm bigodes para sentirem o ambiente à sua volta, semelhante à sensação do tato. No entanto, os meios pelos quais os bigodes comunicam essa sensação de toque ao cérebro ainda permaneciam …

O trabalho de um aluno de Física chamou a atenção dos investigadores quânticos da Amazon

Os cientistas têm várias preocupações relacionadas com o potencial dos computadores quânticos e o progresso neste campo tem sido muito lento. Recentemente, um dos obstáculos pode ter sido reduzido por um estudante de Física da …

Famosa rajada rápida de rádio bateu recorde (e revelou magnetosfera "dançante" em estrela de neutrões)

Duas equipas internacionais de astrónomos publicaram dois artigos científicos com novas informações sobre a famosa rajada rápida de rádio FRB20180916B. No estudo publicado na Astrophysical Journal Letters, os cientistas mediram a radiação das explosões nas frequências …

Farense 0-1 Sporting | Beto e Adán gigantes em noite de recorde leonino

O Sporting sofreu bastante para levar os três pontos na visita ao Farense. O líder do campeonato marcou um golo, por Pedro Gonçalves, dominou durante a primeira parte, mas na segunda deixou os algarvios criarem …

Uma simples mudança está a evitar a morte de um macaco em vias de extinção

Cientistas conseguiram dar uma tábua de salvação a uma espécie de macaco em risco de extinção, cujos espécimes são frequentemente atropelados por automóveis nas estradas de um parque nacional em Zanzibar. De acordo com a Lista …

Antigo rito sagrado "entre irmãos" pode ter sido, na verdade, o casamento homossexual

A adelfopoiese era uma cerimónia praticada historicamente na tradição cristã para unir duas pessoas do mesmo sexo - normalmente homens - num relacionamento reconhecido pela igreja, análogo ao irmão. Segundo documentos históricos, com 20 anos, Simeão …

Talin fechou uma estrada para que sapos e rãs possam atravessar em segurança

A capital da Estónia fechou uma estrada movimentada, durante as noites do mês de abril, para garantir que milhares de sapos e rãs conseguem atravessar em segurança para o local onde se vão reproduzir. Geralmente, são …

Organizador do White Lives Matter está a formar um novo grupo fascista (que quer uma guerra racial)

Organizador do White Lives Matter está a formar um novo grupo fascista, que procura agradar à opinião pública e quer ver uma guerra racial nos Estados Unidos. O organizador do abortado comício White Lives Matter, em …

Bezos nega que funcionários sejam vistos como "robôs". Mas Amazon deve tratá-los "melhor"

O ainda presidente executivo da Amazon, Jeff Bezos, enviou uma última carta aos acionistas da empresa, negando que os funcionários sejam "tratados como robôs", conforme alegaram alguns trabalhadores e críticos da empresa. Segundo Bezos - que …