Legumes biológicos podem transformar-se em vacinas

Tomate na hortaA criação de hortas caseiras ou a participação em hortas urbanas pode ajudar os legumes a “adaptarem-se” à poluição e a funcionarem como “vacinas”, defende o especialista espanhol em agricultura biológica Mariano Bueno.

“Defendo hortas em casa ou perto de casa, porque a poluição do ambiente é mais saudável, já que uma planta que cresce num determinado sítio vê-se submetida ao frio, também a compostos tóxicos ambientais e para sobreviver fabrica polifenóis. O aumento da asma e alergias na sociedade actual é por pouco contacto com a natureza e com a terra e por não comermos plantas e legumes que cresçam perto de onde vivemos”, explicou Mariano Bueno, em declarações aos jornalistas na Escola Básica n.º 1, em Lisboa.

Para o especialista, “os legumes plantados no ambiente poluído em que vivemos podem tornar-se vacinas”, já que as plantas vão ter de se proteger desses componentes químicos que andam no ar.

“Se tudo o que comemos vem esterilizado, é produzido em estufa, vem embalado, o corpo não vai ser contaminado e aquele alimento não vai fazer nada. Por seu turno, aqueles que crescem no ambiente em que vives vão-te proteger”, sublinhou Mariano Bueno.

Ele explicou ainda que um tomateiro que cresce ao ar livre “tem mais sabor porque tem de se defender, enquanto um tomate de estufa, de temperatura e rega controlada, não tem sabor porque não teve de defender-se de nada“.

“Estamos a descobrir que os aromas e os sabores das plantas são os mecanismos de protecção”, acrescenta o especialista europeu em agricultura biológica que participou num workshop na Escola Básica n.º 1 de Lisboa, onde ensinou crianças entre os seis e 10 anos a fazer um vaso hidropónico caseiro, com um garrafão de água de cinco litros, entre muitos outros truques.

As crianças aprenderam ainda a fazer pesticidas naturais, com água e iogurte, para controlar os fungos dos legumes e das plantas, e a acabarem com as lesmas na horta com taças de cerveja para que, durante a noite, atraídas pelo cheiro, se afoguem.

Hortoterapia

Mariano Bueno, que não come nem carne, nem peixe, há 42 anos, por razões de saúde, diz que existem atualmente, movimentos médicos e científicos, designados por hortoterapia, que revelam que grande parte dos problemas de saúde “tem a ver com o facto de nos desenraizarmos da terra e de nos desvincularmos das nossas raízes, já que somos seres biológicos”.

Com várias obras publicadas sobre agricultura biológica, alimentação biológica ou hortas ecológicas, Mariano Bueno lançou agora em Portugal o livro “A Horta-Jardim Biológica”, juntamente com Jesús Arnau, no qual ensina várias formas de fazer uma horta-jardim e os seus benefícios para a saúde.

No livro explica também que, apesar de algumas flores comestíveis serem tóxicas, é preciso ingerir uma grande quantidade para que façam mal ao organismo.

“O importante é comer cru, quer seja para as plantas medicinais, flores comestíveis ou hortaliças. Há que processá-las o menos possível, quanto muito, escaldar será o suficiente para matar qualquer bicho”, recomenda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …

Shakhtar derrota Real Madrid. Em Espanha, comparam Zidane a Lopetegui

O Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, surpreendeu e venceu o Real Madrid, por 2-3, no arranque da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os ucranianos chegaram a estar a vencer por três …

Se OE for chumbado, portugueses acreditam que a culpa é da esquerda

Se o Orçamento do Estado para 2021 for chumbado, os portugueses acreditam que a esquerda terá responsabilidades, segundo uma sondagem da Intercampus. De acordo com a sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios, CM e …

Em Itália, a pandemia volta a estar "fora de controlo". Recolher obrigatório começa hoje

Itália teve ontem o maior número diário de novos casos de infeção registado no país desde o início da pandemia do novo coronavírus, totalizando 15.199, além de 127 mortes nas últimas 24 horas, valor que …