LASK 3-0 Sporting | Derrota rouba primeiro lugar ao leão

Christian Bruna / EPA

O Sporting foi à Áustria perder por 3-0 com o LASK Linz, terminando o Grupo D da Liga Europa no segundo lugar, ultrapassado precisamente pelo seu adversário desta quinta-feira.

Com muitas alterações em relação ao último “onze”, a formação de Alvalade nunca conseguiu assumir o jogo e viu-se reduzida a dez elementos pouco depois da hora de jogo, por expulsão de Renan Ribeiro. A partir daí a tarefa resumiu-se a limitar os estragos, perante um adversário superior.

O jogo explicado em números

  • Silas realizou nada menos que nove alterações no “onze” leonino em relação ao triunfo frente ao Moreirense. Esse facto sentiu-se logo nos minutos iniciais, com o LASK a dominar o primeiro quarto-de-hora com 57% de posse de bola. Mas o primeiro remate, e enquadrado, pertenceu ao “leão”, por Rafael Camacho aos oito minutos.
  • Esse domínio foi-se acentuando e, aos 23 minutos, os austríacos chegaram à vantagem. Canto da esquerda e Gernot Trauner saltou mais alto que todos para cabecear com êxito. Este golo representou o quinto remate dos homens da casa na partida, primeiro enquadrado.
  • À meia-hora o cenário não era particularmente favorável ao Sporting, que tentava reagir e tinha 43% de posse de bola, mas não ia além de dois remates, um só com boa direcção, e muitas dificuldades para ligar o seu jogo, registando somente 72% de eficácia de passe. Nesta fase somava apenas duas acções com bola na área contrária.
  • O autor do golo, Trauner, apresentava o melhor rating nesta altura do jogo, um 6.5, enquanto o melhor do lado português era Rafael Camacho, com três dribles eficazes em três tentativas – para além do disparo enquadrado logo no arranque do desafio.
  • E tudo ficou pior aos 34 minutos. O árbitro assinalou falta de Renan Ribeiro na grande área sobre o ponta-de-lança Klauss, apontou para a marca de penálti e expulsou o guardião brasileiro. O mesmo Klauss não foi “Santa” e cobrou com êxito o castigo máximo.
  • Uma montanha para o Sporting escalar. As muitas alterações ao “onze” inicial do Sporting explicam parte da má exibição leonina na primeira parte, com o LASK a chegar a uma vantagem confortável de 2-0.
  • Para piorar o cenário, os “leões” passaram a jogar com dez elementos a partir dos 34 minutos, por expulsão de Renan Ribeiro.
  • Os austríacos foram claramente superiores e marcaram dois golos nos dois únicos remates enquadrados que realizaram, apesar de terem chegado aos 12 disparos.
  • O melhor nesta fase era Trauner, central da casa que fez o 1-0 de cabeça, registando um GoalPoint Rating de 6.7. Sebastián Coates, com 5.7, era o melhor “leão”.
  • O contexto não sofreu grandes alterações no arranque do segundo tempo, com os anfitriões a registarem cinco remates, um enquadrado, na segunda parte, à passagem da hora de jogo, contra nenhum do Sporting, e com 60% de posse de bola. Os “leões” não tinham qualquer acção com bola na área contrária.
  • Excelente Camacho no drible. O jovem “leão” somava oito completos em nove tentativas quando marcavam os 70 minutos no jogo, mas também uma ocasião flagrante desperdiçada. Aliás, no total o Sporting registava dois destes falhanços, para um dos austríacos. Entretanto, Luís Maximiano ia brilhando na baliza leonina, com uma defesa estupenda aos 72 minutos a remate de James Holland de fora da área.
  • Aos 82 minutos, Marko Raguz ainda ampliou para o LASK, mas o golo foi anulado por fora-de-jogo. Nos últimos dez minutos, o Sporting ainda foi surgindo amiúde junto da área contrária, mas os austríacos, com 63% de posse e muita segurança no passe no segundo tempo (88% de eficácia), tinham o jogo controlado e até ampliaram, em cima do minuto 93, por Raguz.

O melhor em campo GoalPoint

Não podia ser de outra forma. O melhor em campo na deslocação do Sporting à Áustria foi um jogador do LASK, o australiano James Holland.

Com um GoalPoint Rating de 7.6, o médio revelou-se uma fonte de futebol ofensivo, com cinco remates (máximo do jogo a par de Ranftl), dois enquadrados, uma assistência em quatro passes para finalização, 14 passes progressivos eficazes e ainda oito recuperações de posse.

Jogadores em foco

  • Gernot Trauner 6.9 – O central inaugurou o marcador e foi consistentemente um dos melhores na partida (teve mesmo o melhor rating do primeiro tempo). Para além do golo, Trauner ganhou quatro de sete duelos aéreos defensivos e acertou sete de oito passes longos.
  • Luís Maximiano 6.7 – Renan Ribeiro começou a partida, mas foi expulso pouco depois da meia-hora, entrando para o seu lugar o jovem Maximiano. Naturalmente, pelo contexto do jogo, foi chamado muitas vezes a intervir e foi o melhor do Sporting, com seis defesas, três a remates na sua grande área.
  • Sebastián Coates 6.1 – O uruguaio teve muito trabalho ante os possantes atacantes do LASK e acabou a partida com 16 acções defensivas, entre elas oito alívios e cinco bloqueios de remate.
  • Rafael Camacho 5.9 – O jovem extremo quis mostrar serviço e conseguiu fazê-lo através do drible. Das nove vezes que tentou passar adversários, teve sucesso em oito, seis delas no último terço. Pecou na finalização, com uma ocasião flagrante desperdiçada.
  • Tiago Ilori 5.2 – Tal como Coates, teve muito trabalho e coloriu a sua exibição com sete alívios e outras tantas recuperações de posse. Contudo, deixou-se driblar uma vez no primeiro terço do terreno.
  • Jesé Rodríguez 4.9 – Mais uma exibição para esquecer do espanhol. Nos 45 minutos que esteve em campo (os primeiros), completou dois dribles e fez um remate, desperdiçando uma ocasião flagrante de golo.

Resumo

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …