Lagos de metano de Titã podem ser crateras de explosões gigantes

NASA / JPL-Caltech

Ilustração dos lagos no polo norte da lua Titã

Um novo estudo sugere que os lagos de metano líquido encontrados na superfície de Titã, a principal lua de Saturno, podem ter-se formado quando azoto aquecido explodiu debaixo da sua superfície.

De acordo com o Business Insider, esta teoria poderia resolver o mistério surgido quando a missão Cassini-Huygens da NASA enviou dados sobre estes lagos cheios de metano, situados perto do polo norte de Titã, que atingem centenas de metros de altura.

Esta foi uma descoberta que surpreendeu os cientistas, já que o processo de erosão que formou outros lagos nesta lua não poderia ter criado esses penhascos. Por outro lado, explosões de azoto aquecido teriam sido poderosas o suficiente para criar crateras que se tornaram nos lagos agora observados.

O estudo, publicado esta segunda-feira na revista científica Nature Geoscience, fornece novas evidências de que, há milhões de anos, a superfície gelada de Titã (-180 Celsius) era ainda mais fria — fria o suficiente para a existência de azoto líquido.

“Estes lagos com bordas íngremes, muralhas e aros elevados seriam um sinal de períodos na história de Titã, quando houve azoto líquido na superfície e na crosta”, disse num comunicado Jonathan Lunine, cientista da Cassini e coautor do estudo.

Os cientistas acham que a maioria dos lagos de Titã se formou quando o metano líquido dissolveu a rocha gelada da lua para esculpir reservatórios (tal como a água dissolveu o calcário para formar lagos na Terra). Mas os aros imponentes ao redor destes lagos, com dezenas de quilómetros de largura, sempre confundiram os cientistas, uma vez que a erosão desgasta a rocha.

“Na realidade, a morfologia era mais consistente com uma cratera de explosão, onde a borda é formada pelo material ejetado do interior da cratera. É um processo totalmente diferente”, afirma Giuseppe Mitri, que liderou a equipa internacional por detrás do estudo.

Durante as “eras glaciais” de Titã, os cientistas pensam que o azoto compôs a maior parte da sua atmosfera, caiu como chuva líquida e percorreu a crosta gelada, acumulando-se em piscinas abaixo da sua superfície.

Porém, o novo estudo sugere que, à medida que a concentração de metano aumentava (hoje é cerca de 5% da atmosfera de Titã), os bolsos subterrâneos de azoto líquido aqueceram e transformaram-se em azoto altamente explosivo. Esse gás expandiu-se rapidamente e explodiu, criando crateras na superfície de Titã.

Usando dados de radar do voo final da Cassini para Titã, a equipa descobriu que as formas dos lagos são realmente semelhantes às das crateras na Terra produzidas por explosões pela interação da água e de magma.

A NASA está a planear uma missão para explorar o oceano de Titã e para procurar possíveis condições que indiquem a existência de vida (passada ou presente). A missão, chamada Dragonfly, vai ter início em 2026 e deverá chegar a Titã em 2034.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …