Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário.

O vídeo divulgado pela Cruelty Free International ​revela atos “deliberados de crueldade gratuita para com os animais”, descreve a organização.

As imagens, captadas entre 2018 e 2020, mostram os investigadores a baterem em macacos, porcos e cães, a infligirem stress e “lesões desnecessárias” em coelhos e a matarem animais sem sedação adequada.

Esta situação representa “uma infração muito grave aos regulamentos que regem a utilização de animais experimentais no laboratório de ensaios clínicos” em Espanha e na União Europeia, lê-se num comunicado do governo regional madrileno, citado pelo El País.

De acordo com o site da empresa, a Vivotecnia é uma organização europeia independente que faz investigação por contrato e realiza testes de segurança e toxicidade a produtos farmacêuticos e materiais médicos, biocidas e produtos para as indústrias da cosmética e da agro-química. ​

Contudo, segundo a organização por detrás da denúncia, os testes de toxicidade envolvem a administração de substâncias em animais para perceber qual é a dose de uma substância química ou fármaco que poderá causar danos graves a humanos.

https://twitter.com/AnimalesGob/status/1381509091525328897

Já existe uma petição a pedir o encerramento das instalações em Madrid e a revogação da autorização de testagem em animais.

A Associação Europeia de Investigação em Animais (EARA) reconheceu que, “embora as imagens tenham sido editadas”, “o que foi mostrado até agora revela exemplos de normas inaceitáveis de bem-estar animal aplicadas a várias espécies animais diferentes”.

Como é dito na última atualização da Cruelty Free International, está a ser discutido o realojamento dos animais que viviam no laboratório e estão agora ao abrigo das autoridades veterinárias de Madrid.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais um que foi despedido e ficou com azia! “As imagens foram editadas…” Cá para mim quem tratou mal os animais foi o autor do vídeo! Está tudo cheio de “bufos”(o que é normal em “democracia” Estalinista). Será que esse tipo sabe que as filmagens de pessoas e bens alheios, são ilegais??

    • Que grande confusão… ou as imagens mostram um crime e são legais sim senhor, ou então são editadas e aí já não o são. Não pode é ser as duas coisas ao mesmo tempo. Isso seria sinal de uma “democracia” fascista…

  2. Graças a Deus alguém filmou e expôs a situação. Infelizmente há muitos laboratórios no mundo em que as condições são chocantes para os animais. Há que acabar com isso, filmando e expondo.

RESPONDER

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump começasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …

Mundial de Futsal. Portugal esmaga as Ilhas Salomão por 7-0 e tem um pé nos oitavos

Portugal lidera o grupo C e pode garantir o apuramento caso Marrocos não perca contra a Tailândia. A seleção portuguesa de futsal, campeã europeia em título, somou hoje o segundo triunfo em dois jogos no grupo …

"Dezenas de pessoas" da comitiva de Putin infetadas com covid-19

O Presidente russo, Vladimir Putin, informou que dezenas de pessoas da sua comitiva testaram positivo para o coronavírus, doença que afetou mais de 7 milhões de habitantes no país. Putin entrou em isolamento no início desta …

Uber investe 90 milhões em novo ‘hub’ e sede em Lisboa e espera contratar mais 200 pessoas

A Uber está a investir 90 milhões de euros num novo ‘hub’ e sede de operações em Lisboa, hoje inaugurados, criando mais de 400 empregos diretos e pretendendo contratar mais 200 pessoas até final do …

Máscara nos espaços fechados e eventual terceira dose em massa - as conclusões da reunião no Infarmed

Terminou há momentos a reunião do governo com especialistas no Infarmed sobre o balanço da evolução da pandemia e as recomendações das medidas que devem ser adoptadas nesta nova fase. A reunião começou com as …