/

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

3

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário.

O vídeo divulgado pela Cruelty Free International ​revela atos “deliberados de crueldade gratuita para com os animais”, descreve a organização.

As imagens, captadas entre 2018 e 2020, mostram os investigadores a baterem em macacos, porcos e cães, a infligirem stress e “lesões desnecessárias” em coelhos e a matarem animais sem sedação adequada.

Esta situação representa “uma infração muito grave aos regulamentos que regem a utilização de animais experimentais no laboratório de ensaios clínicos” em Espanha e na União Europeia, lê-se num comunicado do governo regional madrileno, citado pelo El País.

De acordo com o site da empresa, a Vivotecnia é uma organização europeia independente que faz investigação por contrato e realiza testes de segurança e toxicidade a produtos farmacêuticos e materiais médicos, biocidas e produtos para as indústrias da cosmética e da agro-química. ​

Contudo, segundo a organização por detrás da denúncia, os testes de toxicidade envolvem a administração de substâncias em animais para perceber qual é a dose de uma substância química ou fármaco que poderá causar danos graves a humanos.

https://twitter.com/AnimalesGob/status/1381509091525328897

Já existe uma petição a pedir o encerramento das instalações em Madrid e a revogação da autorização de testagem em animais.

A Associação Europeia de Investigação em Animais (EARA) reconheceu que, “embora as imagens tenham sido editadas”, “o que foi mostrado até agora revela exemplos de normas inaceitáveis de bem-estar animal aplicadas a várias espécies animais diferentes”.

Como é dito na última atualização da Cruelty Free International, está a ser discutido o realojamento dos animais que viviam no laboratório e estão agora ao abrigo das autoridades veterinárias de Madrid.

  ZAP //

3 Comments

  1. Mais um que foi despedido e ficou com azia! “As imagens foram editadas…” Cá para mim quem tratou mal os animais foi o autor do vídeo! Está tudo cheio de “bufos”(o que é normal em “democracia” Estalinista). Será que esse tipo sabe que as filmagens de pessoas e bens alheios, são ilegais??

    • Que grande confusão… ou as imagens mostram um crime e são legais sim senhor, ou então são editadas e aí já não o são. Não pode é ser as duas coisas ao mesmo tempo. Isso seria sinal de uma “democracia” fascista…

  2. Graças a Deus alguém filmou e expôs a situação. Infelizmente há muitos laboratórios no mundo em que as condições são chocantes para os animais. Há que acabar com isso, filmando e expondo.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.