Kits de vacinação contra a varíola da Guerra Civil dos EUA revelam vírus histórico

Uma equipa de cientistas descobriu vacinas contra a varíola usadas nos Estados Unidos, durante a Guerra Civil, e usou as estirpes do vírus para reconstruir o seu genoma.

“A erradicação bem-sucedida da varíola via vacinação mostra a importância crucial que essa prática teve na história da humanidade”, diz a líder da equipa de investigadores, Ana Duggan, citada pela New Scientist.

O vírus da varíola, cujo único reservatório era o ser humano, é transmitido por gotas de saliva, aerossóis e, em menor grau, por roupas contaminadas. O risco de morte após contrair a doença era de cerca de 30%, sendo superior em bebés. Entre os sobreviventes, as sequelas mais comuns eram a extensa cicatrização da pele e cegueira.

A vacina contra a varíola foi desenvolvida no fim do século XVIII, quando um médico britânico descobriu que a inoculação do vírus da varíola da vaca protegia os humanos. Em maio, celebraram-se 40 anos desde a erradicação oficial do vírus, em 1980.

Antes da vacinação, a população praticava a variolização, uma prática que envolvia infetar pessoas com vírus relacionados para induzir um caso mais brando de doença que os inoculasse contra a varíola. Isto geralmente era feito através da aplicação de pus ou crostas infetadas num corte na pele.

Duggan e os seus colegas analisaram cinco kits de vacinação usados por médicos na região da Grande Filadélfia, em meados do século XIX. Os kits continham lancetas, caixas com crostas e pequenas placas para misturar o fluido que era recolhido das bolhas de pessoas infetadas.

Foi através das crostas e fluido das bolhas que os cientistas conseguiram reconstruir o genoma deste vírus histórico. Os investigadores recorreram a um algoritmo de computador e a uma sequência genética de um vírus intacto como referência. Os resultados do estudo foram publicados esta segunda-feira na revista científica Genome Biology.

Duggan explica que se verificou uma redução na diversidade das estirpes de varíola durante o século XX, algo que “quase certamente foi uma resposta à vacinação generalizada”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal continental atinge 4 milhões de doses administradas. Processo está a ser mais rápido do que o previsto

Portugal Continental vai atingir esta terça-feira as quatro milhões de doses de vacinas administradas. Segundo a task force, o processo está a acontecer mais rapidamente do que o previsto. De acordo com um fonte da task …

Descoberta nova espécie de tartaruga que viveu no final do Cretáceo

Em 2015, paleontólogos descobriram em Madagáscar um fóssil excecionalmente bem preservado, que agora se confirma ser de uma nova espécie de tartaruga, que remonta ao final do Cretáceo. A antiga tartaruga era uma espécie de água …

Pelo menos onze mortos na sequência de um tiroteio numa escola da Rússia

Dois indivíduos não identificados efetuaram esta terça-feira disparos numa escola na cidade de Kazan, no centro da Rússia, informaram agências de notícias, que citam fontes oficiais. Pelo menos onze pessoas morreram, avança a AFP, que cita …

Pedido de insolvência da Groundforce não implica despedimentos. Mas salários de maio estão em risco

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) recebeu a garantia do Governo de que não vão acontecer despedimentos na Groundforce depois de a TAP ter avançado com um pedido de insolvência da empresa. "Foi-nos …

#Estrumegate. Matos Fernandes admite "linguagem desajustada", mas Galamba continua debaixo de fogo

O ministro do Ambiente admitiu esta segunda-feira que o seu secretário de Estado adjunto e da Energia usou "linguagem desajustada" para criticar um programa de informação, mas considerou que o próprio João Galamba o …

Reforma das Forças Armadas. Cravinho critica “manobras escusas” de “agremiação”

O ministro da Defesa acusou esta segunda-feira ex-chefes militares de “manobras escusas” para “perpetuar a influência” nas Forças Armadas, declarando não se intimidar em relação às reformas legislativas em curso, mantendo a expetativa da aprovação …

Cientistas treinaram abelhas para detetar covid-19 em poucos segundos

Cientistas holandeses têm estado, nos últimos tempos, a treinar abelhas para serem capazes de detetar casos de covid-19. De acordo com o comunicado da Universidade de Wageningen, nos Países Baixos, que trabalhou com a start-up InsectSense, …

EUA autorizam vacina da Pfizer entre 12 e 15 anos. Imunização pode arrancar esta quinta-feira

A Food and Drug Administration (FDA) autorizou a administração da vacina contra a covid-19 da Pfizer a crianças de 12 a 15 anos. A imunização de jovens pode arrancar já esta quinta-feira. Agora que a Food …

Rio critica estratégia de “ostracizar” extrema-direita (e prefere traçar “linhas vermelhas”)

O presidente do PSD, Rui Rio, criticou nesta segunda-feira a estratégia que considera estar a ser seguida na Europa de “ostracizar” a extrema-direita, admitindo ser preferível aceitar o apoio desses partidos, mas sem “nunca permitir …

Afinal, os números imaginários são reais (pelo menos uma parte)

Um novo estudo da Universidade de Varsóvia e da Universidade de Ciência e Tecnologia da China revela que números imaginários comportam informações reais sobre estados quânticos. Números imaginários, que podem ser combinados com números reais para …