Jovem abusou sexualmente de rapariga mas foi absolvido “porque não gostou”

Um juiz absolveu um jovem de uma acusação de rapto e violação de uma rapariga de 17 anos, no México, considerando que o agressor não teve prazer. Esta decisão está a gerar indignação e vários protestos.

Diego Cruz, de 21 anos, pertence a famílias abastadas de Veracruz e, juntamente com três colegas de escola, foi acusado de sequestrar e violar uma rapariga depois de uma festa de passagem de ano, no dia 1 de janeiro de 2015.

Segundo o jornal britânico The Guardian, dois membros do grupo, apelidado de “Los Porkys”, estão a ser acusados de penetrar a vítima, que foi identificada como Daphne Fernandez Torres.

Numa decisão divulgada na segunda-feira, o juiz Anuar González considerou que apesar de ter sido provado que Diego Cruz tocou nos seios da vítima e a penetrou com os dedos, não o fez com “intenção carnal”, por isso não poderia ser considerado culpado de violação.

“O testemunho da menor não fornece nenhuma indicação – isto é, uma insinuação, palavra obscena, proximidade, situação – que a intenção [do réu] era um abuso destinado a satisfazer impulsos sexuais”, destacou.

Para Anuar González, “um toque ou fricção, seja num lugar público ou privado, não é considerado um ato sexual, se a intenção de satisfazer um desejo sexual à custa do sujeito passivo está ausente”.

No México, este caso está gerar polémica e a chocar a opinião pública. Vários ativistas dos direitos humanos alegam que este caso reforça a ideia de que o dinheiro e a influência política estão acima da lei.

“Ele tocou-lhe sexualmente, mas não gostou, não é abuso sexual?”, questionou Estefania Vela Barva, uma ativista direcionada para as questões de género.

“Mesmo que não haja prazer no ato, houve claramente uma intenção de humilhar. Eles tocaram-lhe, importunaram-na. Mas, para o juiz, se a intenção não era ter prazer já não é violação”, adiantou.

O pai da vítima, Javier Fernández, diz estar “revoltado” com o veredicto, sublinhando que “com esta proteção legal, qualquer pessoa poderia tocar numa jovem sem quaisquer consequências penais”.

“É inconcebível. Estou surpreso e com raiva. Dois anos de luta, para que o juiz conclua isto. Os agressores escaparam à ordem de prisão e estão a dar-lhes proteção legal dois anos depois. Isto é uma piada, é um absurdo “, destacou Férnandez.

A rapariga tem dez dias para contestar esta decisão e, possivelmente, fazer uma queixa contra o juiz.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Não faz qualquer diferença que tenha ou não tenhas filhas. Elas não deverão pagar pelos erros do pai. Já há outros comentários com sugestões que não envolvem as filhas …

  1. O Juís falou bem ou mal depende do critério dele e da Lei, mas uma coisa que eu acho nestes comentários é a tremenda falta de educação, vem para a internete falar como estivessem a falar com amigos, palavriado sem nível educacional.

RESPONDER

Arcebispos de Barcelona ajudaram padre acusado de abusos a fugir à polícia

O padre Senabre, acusado de ter abusado de um menor de 13 anos, esteve desaparecido por mais de 25 anos. Foi agora encontrado no Equador e o seu caso está a ser investigado pelo Vaticano …

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …

Casa onde Sócrates vive "pagou" salinas em Angola

O apartamento de luxo onde José Sócrates está a residir na Ericeira foi uma "dação em pagamento" de um empresário angolano ao primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa, que é suspeito de ser …