Oficialmente carioca. Jorge Jesus condecorado no Rio de Janeiro

Alexandre Vidal / Flamengo

Jorge Jesus, atual treinador do Flamengo, foi esta segunda-feira condecorado com o título de cidadão honorário da cidade brasileira do Rio de Janeiro. Esta distinção surge após um fim-de-semana recheado de conquistas, em que o Flamengo venceu a Taça Libertadores e o ‘Brasileirão’, o campeonato brasileiro.

A ideia de homenagear o técnico português partiu de Felipe Michel, antigo jogador do Flamengo que agora é vereador da cidade. A cerimónia decorreu esta tarde na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

O técnico tem sido muito acarinhado pelo povo brasileiro, destacando-se pelo seu trabalho na liderança do Flamengo. De acordo com o Correio da Manhã, que tem acompanhado a cerimónia, o presidente da Câmara, Jorge Felippe, elogiou as qualidades do português, considerando Jorge Jesus como um verdadeiro carioca.

Oficialmente, você já é considerado um carioca. Estas homenagens devem ser feitas em vida!”, disse o autarca. “Jesus já era carioca de coração. Agora é de papel assinado. O trabalho de Jesus ultrapassou as fronteiras do Brasil e da América do Sul. É um trabalho de qualidade mundial. Ser carioca é diferente, um carioca é um carioca”, acrescentou.

A vice-presidente da Câmara, Tânia Bastos, também interveio, dizendo que “se os portugueses descobriram o Brasil, o mister redescobriu o futebol“. Entre vários aplausos, Bastos rasgou mais um elogio: “Se Deus é brasileiro, Jesus é carioca”.

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, também falou no plenário da Câmara, reiterando o “trabalho maravilhoso” do treinador no emblema canarinho.

Após a condecoração, foi a vez de Jorge Jesus proferir algumas palavras. “Eu como português, e hoje como cidadão carioca, eu já era um cidadão brasileiro. Porquê? A minha infância e os meus professores ensinaram-me que o Brasil era um país irmão. Hoje ao ser homenageado pelo Estado do Rio, sinto um grande significado porque se estou aqui deve-se a duas coisas importantes: o primeiro, o futebol, que eu amo, o segundo, vir treinar o Flamengo”.

O treinador português disse ainda que tem a certeza de que o país está orgulhoso dele e aproveitou o momento para agradecer a Portugal por todo o apoio oferecido.

“Falei com a minha inteligência e com o meu coração que é isso que eu faço sempre”, disse Jesus numa conferência de imprensa após a cerimónia.

Marcelo: Jesus “merece todas as homenagens”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, expressou esta segunda-feira orgulho em Jorge Jesus, por ter vencido, como treinador do Flamengo, a Taça Libertadores da América, e afirmou que está a ponderar condecorá-lo por esse feito.

O meu impulso imediato era condecorá-lo, mas por muito grande que seja a emoção no exercício do meu mandato tenho de ouvir o Conselho das Ordens e tenho de ponderar se há outros que não foram condecorados e merecem, porque venceram uma taça europeia de relevância continental ou venceram mesmo uma taça intercontinental”, declarou o chefe de Estado, em Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa, que falava à saída do Espaço Júlia – Resposta Integrada de Apoio à Vítima, que hoje visitou, para assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, acrescentou: “Mas que ele merece, de facto, todas as homenagens, isso merece”.

“Sempre que um português chega mais longe e é excelente ou excecional ou muito bom, em todos os domínios de atividade, nós ficamos orgulhosos, em nome de Portugal”, afirmou o Presidente.

O chefe de Estado expressou desta forma orgulho na conquista de Jorge Jesus, ao ser questionado sobre a vitória do Flamengo contra o River Plate, da Argentina, por 2-1, na final da Taça Libertadores, disputada no sábado, em Lima, no Peru.

E por isso eu lhe mandei um abraço imediatamente, um abraço amigo, porque era o primeiro treinador português a vencer aquela taça”, referiu, adiantando: “E ele já me respondeu, naturalmente na onda habitual de Jorge Jesus, a dizer como se sentia muito feliz pela minha lembrança e como tinha Portugal sempre no pensamento”.

Marcelo Rebelo de Sousa ressalvou que já tinha havido treinadores portugueses a vencer taças continentais e até intercontinentais, “agora, aquela, especificamente, nenhum tinha conseguido vencer”.

Por isso mesmo, interrogado se pondera condecorar Jorge Jesus, respondeu: “Vamos ver”.

Quero ter a certeza de que não há injustiças de tratamento e que outros treinadores portugueses que tenham vencido competições continentais como esta, que não esta, também tenham sido condecorados. Isso vai ser ponderado”, justificou.

Sobre Jorge Jesus, Marcelo Rebelo de Sousa descreveu-o como alguém que “tem Portugal sempre no pensamento” e que “é visceralmente um português, até neste pequeno facto, que é no país irmão do Brasil continuar a falar português como se fala em Portugal”.

“O próprio Jorge Jesus, ao dedicar a vitória também ao povo português, ao agradecer ao povo português, ao entrar com a bandeira portuguesa, ao recordar a importância de Portugal, disse aquilo que todos nós sentimos”, considerou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …