Jogadora transexual de voleibol vai candidatar-se a deputada

No último dia do prazo, Tiffany filiou-se ao maior partido brasileiro, o MDB, de Michel Temer, e vai concorrer a deputada nas eleições de outubro.

Segundo o Diário de Notícias, a maior vedeta da Superliga de Vólei do Brasil, ao serviço do Bauru, Tiffany, que antes era Rodrigo Abreu, pegou na fama que o desporto lhe deu e comprou um passaporte para a política.

Tiffany, que acabou de renovar contrato com o Bauru, filiou-se ao ideologicamente indefinido MDB, que pretende continuar a ser o principal representado nas câmaras alta e baixa, Senado, Câmara dos Deputados.



Tiffany terá apenas cerca de quatro milhões de reais – um milhão de euros aproximadamente – do fundo público partidário para gerir nos tempos de antena até outubro e tentar eleger-se deputada federal por São Paulo.

A jogadora de vólei, que nos campeonatos português, espanhol, francês, holandês, belga e indonésio ainda participou como Rodrigo, mas em Itália e agora no seu país natal surgiu já com a mudança de sexo realizada como Tiffany, não é caso único.

Segundo a Aliança Nacional LGBTI+, perto de cem candidatos a cargos públicos nas eleições de 7 de outubro são assumidamente homossexuais ou aliados. No último levantamento, de março passado ainda sem Tiffany, constavam 93 nomes: 43 gays, 12 lésbicas, 15 mulheres trans, um homem trans, oito bissexuais masculinos, três bissexuais femininos, quatro travestis e sete incluídos no item “outros”.

Entre estes “outros” a Aliança Nacional LGBTI+ incluiu a candidata à presidência da República pelo comunista PCdoB Manuela D”Ávila. “Embora não seja gay, a Manuela entra como “outros” porque é uma aliada “plus”, alguém muito ligada às nossas causas”, explicou Toni Reis, presidente da instituição.

O Rede Sustentabilidade, de Marina Silva, e o socialista PSB, no entanto, destacam-se por serem os únicos com transexuais nas suas comissões executivas nacionais. Além da candidatura ao Palácio do Planalto já referida, são contabilizados pela organização LGBT dois candidatos a governador de estado, cinco candidatos ao Senado, 30 candidatos à Câmara dos Deputados, a que se deve acrescentar Tiffany, e 55 às diferentes câmaras estaduais.

O objetivo comum dos candidats LGBT é aprovar leis, como a criminalização da homofobia. A Câmara dos Deputados, a que concorre Tiffany, é considerada particularmente conservadora, com forte influência da suprapartidária Bancada da Bíblia, com agenda oposta às entidades LGBT.

Daí que  o objetivo em outubro seja “aumentar em 100% a representatividade“, o que equivale a eleger mais um deputado, além de Jean Wyllys, o único homossexual assumido da casa.

A comunidade LGBT aposta por isso mais alto do que nunca nas eleições deste ano. No dia 3 de junho, quando se realizar a Parada do Orgulho LGBTI+ de São Paulo, por norma a maior do mundo, o tema vai estar em cima da mesa: “Nosso Voto, Nossa Voz” é o lema da festa.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da eletricidade não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …

"Alguma vez foi fácil?" Catarina Martins diz que Governo "tem pouca vontade" de discutir temas concretos

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira que o Governo socialista “tem pouca vontade” de discutir questões concretas nas negociações do Orçamento do Estado para 2022, insistindo na necessidade de debater …