/

João Rendeiro escondeu 21 milhões de euros em offshore (e pode ser extraditado)

15

Mário Cruz / Lusa

João Rendeiro (ao centro) durante o julgamento do caso BPP

João Rendeiro terá tido movimentos de mais de 21,88 milhões de euros numa conta bancária, na Suíça, de uma sociedade offshore.

Em causa está a Oltar Investments Ltd, com sede nas Ilhas Virgens Britânicas, nas Caraíbas. O ex-presidente do BPP era o último beneficiário desta conta, avança esta sexta-feira o Correio da Manhã.

Em março de 2009, três meses após Rendeiro ter renunciado à presidência do BPP, terão sido transferidos para uma conta em Singapura pelo menos 7,83 milhões de euros.

Este alegado património de Rendeiro consta num relatório elaborado pela Direção de Serviços de Investigação da Fraude e de Ações Especiais (DSIFAE), ao qual o CM teve acesso.

Entre 1 de janeiro de 1999 e 31 de dezembro de 2008, “os movimentos de entrada totalizaram 21 880 549 euros”, lê-se no relatório.

Em março de 2009, foi dada ordem ao banco para transferir os ativos dessa conta na Suíça para uma outra conta bancária em Singapura. A DSIFAE admite que “pelo menos aquele ativo de 7 832 140 euros (…) tenha sido transferido para a conta de João Oliveira Rendeiro no Pictet & Cie de Singapura”.

O Correio da Manhã escreve que Rendeiro terá fugido da Justiça para Singapura, para não correr o risco de ser preso, já que Portugal e Singapura não têm um acordo de extradição. Por sua vez, o Jornal de Notícias escreve que Rendeiro estará em Belize.

Segundo informações recolhidas pelo JN, ainda esta quinta-feira foi feito um novo acesso ao blogue pessoal de João Rendeiro (“Arma/Crítica”) a partir desse local.

Assim como Singapura, o Belize também não tem um acordo de extradição com Portugal. Contudo, o jornal escreve que, mesmo sem acordo, João Rendeiro não está livre de ser preso e extraditado para Portugal.

O repatriamento dependeria da decisão de um juiz local de uma instância superior. Tudo depende da cooperação entre tribunais dos dois países e de alguma diplomacia entres estados.

  Daniel Costa, ZAP //

15 Comments

  1. Só 21,88 MEuro?
    Bem mais que isso escondeu o sr. Mário Leite da Silva, testa-de-ferro da Isabelinha e nem sequer é procurado!

  2. Vende-se pseudo-democracia plantada à beira-mar. Não tem justiça nem políticos sérios, mas tem bom tempo, gastronomia muito interessante e povo sereno. Está integrada na União Europeia, na Nato, OCDE e ONU. Vende-se à melhor oferta!
    Motivo: razões de saúde.
    Nota: quem adquirir ficará responsável pela enorme dívida existente.

  3. O que eu acho mais interessante e significativo, nao e’ a vergonhosa cumplicidade do nosso sistema de justica com os ricos e poderosos. Em qualquer sociedade civilzada, a Juiza e Juizes deste caso estaria presa (ou pelo menos sob inquerito apertado) por suspeita grave de cumplicidade de corrupcao, pois este senhor teria que estar, no minimo dos minimos, sob vigilancia apertada, se nao ja’ a cumprir as varias penas a que foi ja’ condenado. O risco de fuga era OBVIO desde o inicio.

    Nao, o que eu acho mais interesante, e’ o silencio que GRITA, das dezenas de histericos populistas e reaccionarios, que andavam por aqui assanhados com o Socrates, apesar de as unicas “provas” que aqui eram ventiladas, com “fugas” cirurgicas destes doutos e incorruptos Juizes, serem papeticas: 500 euros do funeral, dinheiro em notas pelo motorista, ferias com namoradas, e depois uns vagos “milhoes” de que nunca chegaram ainda a minima prova.

    Ora este senhor, ja’ foi julgado, condenado 3 vezes, provado que roubou dezenas de milhoes e defraudou centenas de milhoes, e agora, imagine-se, so’ agora, depois do senhor ter tranquilamente viajado, trasnferido, planeado, e dar-se ao luxo de comunicar via internet que fugiu, e’ que milagrosamente aparecem estas noticias, ja’ com estes detalhes todos, que portanto ja’ eram conhecidos.

    Onde estao os histericos do “preso 44”? Onde esta’ a gritaria de ladroes, criminosos, enforquem-nos, e outros mimos? Sera’ porque este senhor era um protegé dos ricos? sera’ porque este senhor era da DIREITA, e nada tinha a ver com a ESQUERDA? Sera’ que e’ porque este senhor tem ao seu lado aqueles escritorios de advogados onde palram os comentadores de direita-extrema, que destilam odio a’ esquerda, como o senhor que aparece ao lado deste criminoso na fotografia?

    Sera’ que afinal a gritaria histerca era encomendada e paga pelos interesses economicos da DIREITA, e como agora nao estao a pagar para histericos, mas sim para estes MUITO DIGNOS advogados que dizem que NAO e’ crime nenhum fugir as penas decretadas pelos TRIBUNAIS de que sao supostos “oficiais”, enquanto advogados?

    Um nojo, meus senhores. Quando aqui esses histericos do “preso 44” aparecerem a vomitar veneno anti-esquerda, lembrem-se. Uma vez que nao e’ a corrupcao e o roubo que os indigna – porque senao estariam aqui ainda mais histericos com este vigarista criminosos ja’ condenado – so’ ha’ uma explicacao. Deixo a’ inteligencia de leitores a conclusao.

    E para vossa informacao, destesto o Socrates e o que ele representa, e nunca fui seu apoiante. Apenas nao sou tolo nem manipulavel por histerias.

  4. Mas alguém está convencido que vamos ver este vigarista na prisão!? O homem, pelo que se lê, está em parte incerta e a caminho de obter um passaporte diplomático, que lhe vai permitir passear-se pelo mundo inteiro, incluindo Portugal, sem ninguém lhe poder por a mão!!!
    Não há nada como roubar muitos milhões. Se fossem só uns milharzitos já estava na cadeia há muito tempo.

  5. Berado e outros que fizeram buracos na Caixa e que o estado foi obrigado a recapitalizá-la que é um banco do estado pago por todos nós e que iimpõe comissões e restrições . Para além de tudo isto quantos andaram sem serem importunados ou até ninguém quer saber ? São os administradores que têm assim tantos poderes ?
    Há poucos anos sairam de Portugal 10 mil milhões para off shores. Suiça, Panamá são tão ventilados na Comunicação social.Há estados off shores que protegem os seus clientes e não extraditam.

    • Pois, e logo um advogado (e testa de ferro de vários criminosos), que passa o tempo de antena que tem na SIC a dar lições de moral a tudo e todos!…
      Quero ver se algum jornalista tem coragem para lhe perguntar se sabe onde anda este seu amigo/cliente/sócio e, se não o ajudou na fuga…
      Além do Rendeiro, bandalho do Júdice já defendeu e até elogiou publicamente o Salgado!…

  6. Atualmente segundo a lei qualquer cidadão pode enviar dinheiro para um offshore.
    Offshores há muitos e países sem acordos de extradição com Portugal também há cerca de duas centenas.
    Esses países progridem com o dinheiro que lá põem.
    Esses países não ligam coisa nenhuma a crimes económicos.
    Quem conhece esses antros melhor que certos advogados.
    Os médicos tratam os seus doentes e os advogados protegem os seus clientes e indicam-lhes determinados caminhos e soluções que poderão aceitar ou não.Buracos neste banco buracos naquele banco falências . As coisas andam e só mais tarde é que se sabe. Depois mais 21 mil milhões para tapar buracos e a coisa vai correndo sem que hajam medidas concretas para sanar o problema. Os portugueses depois pagam taxas e comissões, feham-se balcões e despedem-se empregados.

  7. Se uma pessoa tiver duzentos mil euros numa conta .No caso de falência do banco só recebe cem mil. Porquê?
    Temos um estado que aceita isto?
    Que garantias têm as pessoas.
    Paga-se o que que banco quer. E os juros ?

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.