Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ford

Jim Hacket, CEO da Ford

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários.

O mandato de Jim Hackett, que começou em 2017, terá agora fim no próximo mês de outubro. Depois dos desafios financeiros, mesmo antes da pandemia de COVID-19, Hackett enfrentou vários problemas de produção em diferentes gamas de carros.

Agora Hackett dará o seu lugar ao atual COO da Ford, Jym Farley. O empresário de 65 anos já foi CEO da Steelcase, empresa de móveis para escritórios do Michigan, e diretor interino de atletismo da Universidade do Michigan.

O cargo já tinha sido associado a Farley quando este entrou na empresa como COO. A atribuição do novo cargo aconteceu mais cedo do que ser esperava, embora a Ford afirme em comunicado oficial que foi Hackett que se decidiu reformar.

Por outro lado a mudança não é totalmente surpreendente. A empresa de indústria automóvel lutou durante anos para convencer os analistas de Wall Street de que o seu futuro é tão brilhante quanto as mais novas promissoras empresas, como é o caso da Tesla, fabricante de carros elétricos do visionário Elon Musk.

A verdade é que a empresa americana tem tido mais deceções do que propriamente  vitórias. Os lucros de 2019 foram quase anulados por um prejuízo de 1,7 mil milhões de dólares (cerca de 1,4 mil milhões de euros) no quarto trimestre do ano. Isso aconteceu, em parte, graças a grandes problemas de produção em torno do SUV Explorer.

Em ano de pandemia as finanças da Ford levaram uma queda ainda mais significativa, o que se traduziu numa perda de pelo menos 2 mil milhões de dólares (o que equivale a cerca de 1,7 mil milhões de euros) no primeiro trimestre deste ano.

O lucro de 1,9 mil milhões que a empresa conseguiu no segundo trimestre deve-se a um retorno do seu investimento na startup Argo AI, o que de certa forma correu melhor do que Wall Street esperava.

Apesar de alguns momentos de crise, as decisões de Hackett podem ser vistas como uma ajuda para colocar a produtora automóvel no caminho certo. Espera-se que o Ford Bronco de 2021 seja um sucesso de vendas, tal como o novo F-150, que foi lançado neste verão.

Também o negócio com a Argo AI deu cartas. O poderoso Mustang Mach-E mostra que a Ford é uma jogadora capaz de entrar no jogo dos veículos elétricos.

Bill Ford, presidente executivo da empresa, agradece ao CEO o trabalho feito nos últimos três anos: “Estou muito grato a Jim Hackett por tudo que ele fez para modernizar a Ford e nos preparar para competir e vencer no futuro”

Agora a empresa sente-se capaz de dar continuidade e garante “a nossa nova visão de produto – liderada pelo Mustang Mach-E, pelo novo F-150 e pela família Bronco – está a ganhar forma. Temos planos atraentes para veículos elétricos e autónomos. Estamos a tornar-nos muito mais ágeis, o que ficou evidente quando nos mobilizamos rapidamente para fabricar equipamentos salva-vidas no início da pandemia “.

O novo CEO também trás consigo a experiência de outrora. Antigo executivo da Toyota, Farley veio para a Ford em 2007 como diretor de marketing, e chegou ainda a dirigir a Lincoln. O americano é visto como a pessoa certa para o cargo que vai passar a executar em outubro.

De acordo com o The Drive, a empresa garante que tem produto para competir. Cabe agora ao novo CEO garantir que tudo seja construído e entregue da maneira certa, assumindo a tarefa de convencer os investidores de que a Ford pode liderar num mundo cada vez mais elétrico e autónomo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado o primeiro planeta que sobreviveu à morte da sua estrela

Uma equipa internacional de astrónomos relatou o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado a orbitar uma anã branca, as densas sobras de uma estrela semelhante ao Sol, apenas 40% maior do que Terra. O …

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …