“Jetman” Vince Reffet morre durante treino no Dubai

O piloto Vince Reffet, conhecido como “homem avião”, faleceu esta terça-feira num acidente durante um treino. O acidente ocorreu na base da Jetman no deserto, nos arredores do Dubai, e está a ser investigado.

De acordo com o The Washington Post, Vince Reffet morreu esta terça-feira num acidente durante um treino. A notícia foi avançada por um porta-voz da Jetman Dubai.

“Com uma tristeza inimaginável anunciamos a morte do piloto Jetman, Vincent (Vince) Reffet, que faleceu esta manhã, 17 de novembro, durante um treino no Dubai”, disse à AFP Abdalá ben Habtour.

O acidente, que ocorreu na base da Jetman no deserto nos arredores da cidade, está a ser investigado.

Vince Reffet, um francês de 36 anos, ficou conhecido por ter entrado num avião em pleno voo em 2017 e por ter saltado da mais alta torre do mundo, a Burj Khalifa (828 metros), no Dubai. O piloto também voou ao lado do esquadrão militar acrobático Patrulha da França, em 2016.

O atleta, ex-membro da equipa de paraquedismo da França e associado há 20 anos à Fugen, tornou-se viral no início do ano, com um vídeo no qual aparece a descolar do solo e a voar até 1800 metros de altitude no Dubai, um feito a nível mundial.

De acordo com os organizadores da Exposição Mundial 2020, o piloto atingiu os 100 metros de altura em 8 segundos, em 12 segundos estava nos 200 metros, aos 19 voava a 500 metros e atingiu os 1000 metros em apenas 30 segundos.

No final de um voo de 3 minutos, em que fez um loop a 1800 metros de altitude, Reffet abriu o paraquedas a 1500 metros antes de aterrar no Skydive Dubai.

O feito foi alcançado com uma asa delta de fibra de carbono impulsionada por quatro mini-motores de reação. Totalmente controlado pelo corpo humano, este equipamento permitiu que o Jetman atingisse velocidades até 400 km/h.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.