Japão prepara-se para testar o mítico elevador espacial

A Terra e a Estação Espacial Internacional vão estar à distância de um elevador. Uma equipa de investigadores está preparada para dar início, já este mês, ao primeiro teste do tão esperado projeto do elevador espacial.

Uma equipa, composta por investigadores  da Universidade Shizuoka e outras instituições, no Japão, vai conduzir já este mês os primeiros testes de um protótipo de um projeto destinado a construir o tão esperado “elevador espacial“, que irá ligar a Terra à Estação Espacial Internacional (EEI).

O objetivo não passa apenas pelo transporte de carga para o espaço, mas também de pessoas, como um substituto viável ao uso de foguetões.

Para isso, os cientistas querem experimentar e observar como se comportam as peças mecânicas envolvidas num projeto desta dimensão fora da atmosfera e da gravidade da Terra. Assim, irão reproduzir o sistema em miniatura e testá-lo no Espaço.

E já há data marcada: 11 de setembro. A próxima terça-feira será marcada não por uma tragédia, mas pelo envio de dois microsatélites para a Estação Espacial Internacional, tão pequenos que cada um mede apenas 10 centímetros. Depois, serão enviados para o espaço pelos astronautas da EEI, ligados um ao outro por um cabo de aço de 10 metros.

Esta é a primeira experiência deste tipo a ser conduzida no espaço e deve servir para a condução de uma análise dos vários desafios que se colocam no estabelecimento deste elevador. Fatores esses que se prendem com a necessidade de um cabo muito resistente, ou de uma estrutura capaz de evitar a colisão com detritos espaciais, por exemplo.

A estrutura deve ainda ser suficientemente resistente  para suportar a incidência de raios cósmicos. Até ao momento, um dos componentes mais aptos são os nanotubos de carbono, adianta o CanalTech.

No entanto, mesmo que esta missão seja um sucesso, ainda vai demorar bastante tempo até que um projeto idêntico possa ser reproduzido em larga escala.

Kenn Brown / Mondolithic Studios.

Elevador Espacial, conceito artístico

Mesmo assim, e ainda que sejam os primeiros passos de um grande projeto, esta é mais uma das importantes antecipações científicas de Arthur C. Clarke. O inventor e escritor britânico de ficção científica descreveu o “elevador espacial” na sua premiada novela The Fountains of Paradise.

No seu romance de 1978, o premiado autor previu que engenheiros iriam construir um elevador espacial no topo de uma montanha, na ilha fictícia de Taprobana, um dos primeiros nomes do Sri Lanka. A estrutura gigante iria então ligar a superfície da terra a um satélite geo-estacionário.

Clarke sonhava alto demais, mas a verdade é que conseguiu acertar mais uma vez. Não sabemos se teremos de esperar pelo século XXII para poder ir de elevador até ao espaço, mas, onde quer que se encontre, podemos tranquilizar o autor: sim, os primeiros passos estão (mesmo) a ser dados.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Isto tudo poderá ser feito, sem problemas! O que não poderá ser desenvolvido é o motor de dobra espacial pois os alienígenas não o permitirão. Estes não vão querer esta raça humana, belicosa e pobre de espírito, a perturbá-los no espaço longínquo!

  2. O dinheiro para investir num projeto destes não era melhor aplicado em formas mais rápidas, seguras e comodas de viajar para o espaco? A meu ver isso não faz sentido. Agora a brincar… vejam o Stargate e aprendam alguma coisa.

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …