Japão lançou um micro-satélite no foguete mais pequeno do mundo

A Agência de Exploração Aeroespacial de Japão, JAXA, lançou este sábado o foguete mais pequeno do mundo, com capacidade para pôr em órbita um micro-satélite, após uma tentativa falhada – e depois de o lançamento ter sido adiado em várias ocasiões durante o ano passado.

O lançamento do foguete low cost, de 52 centímetros de diâmetro e cerca de 10 metros de altura, teve lugar às 14.03 horas locais, 5.03 em Lisboa, a partir do Centro Espacial de Uchinoura, no distrito de Kagoshima, e foi retransmitido ao vivo pela JAXA através do seu canal de YouTube.

O veículo espacial de três estágios, uma versão melhorada do modelo de dois estágios SS-520 da JAXA, transportava um micro-satélite de três quilos de peso, desenvolvido pela Universidade de Tóquio e destinado a obter imagens da superfície terrestre.

A JAXA lançou em janeiro de 2017 o primeiro destes foguetes, que caiu ao mar pouco após o lançamento. O falhanço foi devido a uma vibração durante a descolagem, que provocou um curto-circuito e causou uma perda de potência na transmissão de dados do aparelho.

Os satélites de observação meteorológica ou de Defesa actualmente em uso são normalmente de grandes dimensões e encomendados pelos Governos, mas nos últimos anos aumentou a procura de satélites de menores dimensões, criados por empresas privadas para uso, por exemplo, no controle do tráfego ou estudos geográficos.

O lançamento deste sábado teve como objetivo verificar a capacidade da agência aeroespacial nipónica para lançar foguetes de baixo custo que permitam colocar em órbita micro-satélites a preços reduzidos, face à crescente procura deste tipo de serviço no setor privado.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas descobrem nova espécie de crustáceo no lugar mais quente da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova espécie de crustáceo de água doce durante uma expedição ao deserto de Lute, no Irão, também conhecido como o lugar mais quente do planeta. Hossein Rajaei, do Museu Estadual …

Furacão Sally fragmentou parte de uma ilha da Florida em três

A passagem do furacão Sally fragmentou parte de uma ilha na costa da Florida, no Estados Unidos, criando assim três pequenas porções de terra. Na prática, tal como explica o portal USA Today, o furação abriu …

Benfica 2-0 Moreirense | “Águia” vence e convence cónegos

Após ter perdido e empatado nas duas últimas recepções ao Moreirense, o Benfica voltou a vencer o emblema de Moreira de Cónegos na Luz. Este sábado, em duelo relativo à segunda jornada do campeonato, as “águias” …

"Surpreendente e fascinante". Descoberta pela primeira vez uma aurora sobre um cometa

A nave Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA) detetou uma aurora boreal sobre o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko (67P / C-G). Em comunicado, os cientistas envolvidos na deteção frisam que esta é a primeira vez quem …

Austrália não quer que turistas caminhem na famosa rocha sagrada Uluru (nem no Google Maps)

A Austrália pediu ao Google que remova do seu serviço Maps fotografias tiradas do topo de Uluru, o monólito aborígine sagrado que os visitantes estão proibidos de escalar desde o ano passado. De acordo com a …

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …