James Dean “ressuscita”. Ator volta ao cinema 65 anos após a sua morte

James Dean

James Dean morreu em 1955, mas está prestes a ser um dos principais atores de um novo filme que será lançado no próximo ano.

James Dean vai ressuscitar digitalmente: efeitos especiais vão permitir que o ator seja recriado através de um conjunto de fotografias e filmagens antigas. A voz será emprestada por outro ator.

A Magic City Films obteve os direitos do espólio de James Dean para recriar em Finding Jack a lenda do cinema norte-americano que morreu num acidente de carro em 1955, com 24 anos. “Estamos muito honrados por a família nos apoiar e tomaremos todas as precauções para garantir que o seu legado de estrela de cinema épica, intacto até hoje, seja mantido”, avançou o produtor Anton Ernst, em comunicado.

A família vê isto como o seu quarto filme, um filme que ele nunca conseguiu fazer. Não pretendemos dececionar seus fãs”, acrescentou o responsável. James Dean protagonizou Fúria de Viver, O Gigante e A Leste do Paraíso.

No entanto, se há quem esteja animado com o regresso de Dean ao estrelato, há também quem não olhe com bons olhos este regresso digital.

Chris Evans, ator de Os Vingadores, exprimiu o seu desagrado no Twitter. “Isto é horrível… a completa falta de entendimento aqui é vergonhosa. Talvez consigamos um computador para pintar um novo Picasso. Ou escrever algumas músicas novas de John Lennon.”

https://twitter.com/ChrisEvans/status/1192137540842733568

Já a CMG Worlwilde, que detém licenças da propriedade intelectual de celebridades já falecidas – além de Dean, o músico Chuck Berry e o astronauta Neil Armstrong – considera que este filme irá abrir uma janela de oportunidades. Também em comunicado, adiantou que a rápida evolução da tecnologia permite ultrapassar uma fronteira completamente nova para os seus clientes icónicos.

A recriação digital de atores em filmes é uma prática controversa. A tentativa de maior destaque neste campo, até hoje, foi o uso de uma versão em CGI (Computer Graphic Imagery, ou seja, imagens geradas por computador) do ator Peter Cushing em Rogue One: Uma História de Star Wars. As reações quer à aparência do trabalho, quer à ética a ele associada foram confusas, conta o Fortune.

A Imagine Engine, no Canadá, e a MOI Worlwide, na África do Sul, ambas especialistas em efeitos especiais, terão a seu cargo a recriação de James Dean para este novo filme, que estreia já no próximo ano.

Finding Jack é um filme de ação sobre a guerra do Vietname. A história desenrola-se uma década depois da morte de Dean, que morreu num acidente de carro a 30 de setembro de 1955, quando ia para Salinas para participar numa corrida de carros desportivos de luxo.

O icónico ator, que representa a imagem da rebeldia americana, vai desempenhar um papel secundário neste filme, que conta a história de cães de guerra abandonados no Vietname pelos militares norte-americanos.

Ressurreição digital

O recurso a ressurreições digitais de atores já falecidos está longe de ser inédito. Peter Cushing, que morreu em 1994, regressou como comandante da Estrela da Morte, Grand Moff Tarkin, no filme de 2016 Rogue One: Uma História de Star Wars, usando imagens criadas por computador.

Carrie Fisher também “ressuscitou” digitalmente. A atriz, que morreu em 2016, surge no novo filme Star Wars: A Ascensão de Skywalker. No entanto, neste caso, são usadas imagens que a atriz gravou antes de morrer.

A empresa que licenciou a imagem de James Dean para este novo filme espera usar a mesma tecnologia para ressuscitar outras estrelas como Burt Reynolds, Christopher Reeve e Bette Davis.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas. De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, …

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …