James Dean “ressuscita”. Ator volta ao cinema 65 anos após a sua morte

James Dean

James Dean morreu em 1955, mas está prestes a ser um dos principais atores de um novo filme que será lançado no próximo ano.

James Dean vai ressuscitar digitalmente: efeitos especiais vão permitir que o ator seja recriado através de um conjunto de fotografias e filmagens antigas. A voz será emprestada por outro ator.

A Magic City Films obteve os direitos do espólio de James Dean para recriar em Finding Jack a lenda do cinema norte-americano que morreu num acidente de carro em 1955, com 24 anos. “Estamos muito honrados por a família nos apoiar e tomaremos todas as precauções para garantir que o seu legado de estrela de cinema épica, intacto até hoje, seja mantido”, avançou o produtor Anton Ernst, em comunicado.

A família vê isto como o seu quarto filme, um filme que ele nunca conseguiu fazer. Não pretendemos dececionar seus fãs”, acrescentou o responsável. James Dean protagonizou Fúria de Viver, O Gigante e A Leste do Paraíso.

No entanto, se há quem esteja animado com o regresso de Dean ao estrelato, há também quem não olhe com bons olhos este regresso digital.

Chris Evans, ator de Os Vingadores, exprimiu o seu desagrado no Twitter. “Isto é horrível… a completa falta de entendimento aqui é vergonhosa. Talvez consigamos um computador para pintar um novo Picasso. Ou escrever algumas músicas novas de John Lennon.”

https://twitter.com/ChrisEvans/status/1192137540842733568

Já a CMG Worlwilde, que detém licenças da propriedade intelectual de celebridades já falecidas – além de Dean, o músico Chuck Berry e o astronauta Neil Armstrong – considera que este filme irá abrir uma janela de oportunidades. Também em comunicado, adiantou que a rápida evolução da tecnologia permite ultrapassar uma fronteira completamente nova para os seus clientes icónicos.

A recriação digital de atores em filmes é uma prática controversa. A tentativa de maior destaque neste campo, até hoje, foi o uso de uma versão em CGI (Computer Graphic Imagery, ou seja, imagens geradas por computador) do ator Peter Cushing em Rogue One: Uma História de Star Wars. As reações quer à aparência do trabalho, quer à ética a ele associada foram confusas, conta o Fortune.

A Imagine Engine, no Canadá, e a MOI Worlwide, na África do Sul, ambas especialistas em efeitos especiais, terão a seu cargo a recriação de James Dean para este novo filme, que estreia já no próximo ano.

Finding Jack é um filme de ação sobre a guerra do Vietname. A história desenrola-se uma década depois da morte de Dean, que morreu num acidente de carro a 30 de setembro de 1955, quando ia para Salinas para participar numa corrida de carros desportivos de luxo.

O icónico ator, que representa a imagem da rebeldia americana, vai desempenhar um papel secundário neste filme, que conta a história de cães de guerra abandonados no Vietname pelos militares norte-americanos.

Ressurreição digital

O recurso a ressurreições digitais de atores já falecidos está longe de ser inédito. Peter Cushing, que morreu em 1994, regressou como comandante da Estrela da Morte, Grand Moff Tarkin, no filme de 2016 Rogue One: Uma História de Star Wars, usando imagens criadas por computador.

Carrie Fisher também “ressuscitou” digitalmente. A atriz, que morreu em 2016, surge no novo filme Star Wars: A Ascensão de Skywalker. No entanto, neste caso, são usadas imagens que a atriz gravou antes de morrer.

A empresa que licenciou a imagem de James Dean para este novo filme espera usar a mesma tecnologia para ressuscitar outras estrelas como Burt Reynolds, Christopher Reeve e Bette Davis.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …