Jacaré arrasta criança para lagoa em resort da Disney

John Taggart / EPA

Uma criança de dois anos foi atacada e arrastada para a água por um jacaré num resort da Disney em Orlando, Flórida

Uma criança de dois anos foi atacada e arrastada para a água por um jacaré num resort da Disney em Orlando, Flórida

Um menino de dois anos foi esta noite arrastado para a água por um jacaré num resort da Disney em Orlando, na Flórida, e está a ser procurado pelas autoridades norte-americanas.

Em comunicado, o gabinete do xerife do condado de Orange, que abrange a cidade de Orlando, disse que agentes foram destacados para o terreno e água da Lagoa dos Sete Mares, onde o animal atacou a criança.

O incidente ocorreu às 21h30 de ontem (2h30 desta quarta-feira em Lisboa) no Grand Floridian Resort & Spa da Disney World, segundo a CBS e a agência Efe.

O menino de dois anos brincava nas margens da lagoa quando foi atacado pelo animal. Os pais e a irmã mais velha, que estavam no jardim, viram o momento em que o jacaré arrastou o menino.

Desesperado, o pai ainda entrou na lagoa e tentou recuperar o filho da boca do animal, mas sem sucesso, sofrendo pequenos arranhões nas mãos.

Com a zona da lagoa interditada, as buscas prosseguiram durante a madrugada, contando com empregados da Disney, dezenas de fiscais ambientais e caçador de jacarés.

“Já apreendemos quatro jacarés e não conseguimos encontrar nenhuma vestígio da criança”, afirmou Nick Wiley, diretor executivo da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem, que cuida do local e protege o meio ambiente. “Os jacarés tiveram que ser sacrificados para ser analisados”, acrescentou.

“Esta é ainda uma operação de busca e resgate”, afirmou Jeff Williamson, porta-voz do gabinete do condado de Orange. “Neste momento particular, não estamos focados no que vai ser o resultado. Às vezes começamos com o pior, mas estamos à espera do melhor”, afirmou, referindo-se à possibilidade de ainda encontrar a criança com vida.

O xerife do condado, no entanto, afirmou que tinha pouca esperança de que o menino ainda estivesse vivo. “Não é provável que encontremos a criança ainda viva“, acrescentou.

A família, originária do estado de Nebraska, na região central dos Estados Unidos, estava em férias no local desde domingo.

Embora os alligators sejam comuns nas águas pantanosas da Florida, este tipo de incidente não é habitual, não havendo sequer placas no local a alertar para não entrar na água.

ZAP / Lusa / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Pode já ser demasiado tarde para salvar o Taj Mahal

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, está a ficar amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o Governo: "ou restauram ou demolem". Há um ditado que diz que o …

Se precisa de um emprego, faça uma tatuagem

Se está à procura de emprego, não coloque de lado a hipótese de fazer uma tatuagem. Um surpreendente estudo demonstrou que as tatuagens podem dar aos candidatos uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. De certeza …

Cientistas descobrem por que o "cheiro da chuva" é tão agradável

Não é só o alívio, após um longo período de seca, que faz com que o "cheiro da chuva" seja tão agradável. Segundo os cientistas há uma série de fatores envolvidos - que incluem a …

39 mortos confirmados em Génova. "Foi erro humano"

O Governo italiano declarou o "estado de emergência" por 12 meses em Génova, onde esta terça-feira a queda de um viaduto matou pelo menos 39 pessoas, e vai prestar um primeiro apoio de cinco milhões …

Michael Schumacher vai ser levado em breve para Maiorca

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, vai ser levado para a ilha de Maiorca, em Espanha, onde passará a viver com a família, segundo revela a edição desta quarta-feira da revista suíça …

Marcha imparável de mortíferas viúvas-negras está a apoderar-se do Canadá

O habitat das criaturas potencialmente letais de oito patas estendeu-se em mais de 48 quilómetros nos últimos 12 anos, e aparentemente nada pode ser feito para as conter. Segundo um estudo publicado a semana passada na …

Marca espanhola cria sapato feito de lixo retirado dos oceanos

O lixo nos oceanos é um problema de longa data e aumenta de forma proporcional ao nosso consumo. A prática tem causado danos em inúmeras espécies marinhas,  como tartarugas e baleias. Para ajudar a combater estes …

Está explicado por que os índios têm cabelo comprido

Quando pensámos em índios, figuramos rapidamente uma pessoa de pele morena, com a cara pintada e, quase inevitavelmente, cabelo comprido. Ao que parece, o cabelo comprido não representa apenas uma questão meramente estética - pode …

Os próximos 4 anos vão ser "anormalmente quentes"

O período de tempo até 2022 poderá registar temperaturas ainda mais elevadas do que o esperado, com anos "anormalmente quentes", segundo um estudo baseado num novo método de previsão, divulgado nesta terça-feira. O trabalho realizado por …

2,3 milhões de venezuelanos abandonam o país por falta de alimentos e medicamentos

A falta de alimentos e de medicamentos forçou 2,3 milhões de venezuelanos a abandonarem o país, segundo a ONU, que alertou hoje para a situação de risco de dezenas de milhares de cidadãos da Venezuela. "As …