Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização dos movimentos oculares.

Os especialistas fizeram experiências com participantes que olhavam para um grupo de pessoas – uns conhecidos e outros desconhecidos. Os sujeitos do estudo tentaram mentir e ocultar a verdade a pessoas que conheciam, mas a máquina dos investigadores detetou quando estavam a mentir.

Os projeto foi batizado de ConFace e baseia o seu funcionamento na análise dos movimentos oculares enquanto o “mentiroso” olha para um ecrã de um computador. As conclusões da investigação foram publicadas em agosto na revista especializada Cognitive Research: Principles and Implications.

Liderado por Aisla Millen, investigadora de psicologia, ConFace pode ser muito útil nas rodas de reconhecimento, especialmente nos casos em que a testemunha pode estar a encobrir um possível culpado.

“Agentes usam rotineiramente fotos de rosto para estabelecer identidades-chave em crimes. Algumas testemunhas são honestas, mas muitas são hostis e intencionalmente escondem o seu conhecimento de identidades”, disse Millen. “Por exemplo, redes criminosas, como grupos terroristas, podem negar o que sabem para proteger uns aos outros, ou uma vítima pode ter muito medo de identificar o seu agressor”.

Especificamente, os investigadores usaram um processo conhecido como “teste de informação oculto” (CIT), que rastreia os movimentos dos olhos. Em cada teste, os participantes negaram conhecer uma identidade que lhes era familiar e rejeitaram corretamente rostos desconhecidos, pressionando um botão e dizendo “não”.

A maioria não conseguiu esconder a sua reação se reconhecesse um rosto. Além disso, determinou-se que, quanto mais pessoas tentassem esconder, mais “marcadores de reconhecimento” seriam produzidos.

“Em vez de procurar sinais diretos de mentiras, procuramos marcadores de reconhecimento nos padrões de fixação dos olhos. Por exemplo, a forma como as pessoas olhavam para uma foto de alguém que reconheciam em comparação com alguém que não conheciam”, explicou Millen. “Quanto mais indivíduos tentavam escondê-lo, mais marcadores de reconhecimento existiam. Estes resultados sugerem que é difícil esconder vários marcadores de reconhecimento de uma só vez”.

Não é um sistema novo, já que o CIT é usado no Japão. Na verdade, os principais especialistas japoneses no campo foram contatados para criar o ConFace. No entanto, pouco tem sido estudado sobre o seu uso e sucesso no reconhecimento facial.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A "Chernobyl flutuante" chegou finalmente à sua base na Rússia

A central nuclear flutuante Akadémik Lomonósov, a única deste tipo em todo o mundo, chegou, no fim de semana passado, ao porto de Pevek, na região oriental de Chukotka, no extremo norte da Rússia, onde …

A Terra tem um terceiro pólo (e está a derreter)

https://vimeo.com/360314209 Situado na plataforma tibetana a 6740 metros de acima do nível do mar, os glaciares no sopé da cadeia montanhosa Meili já perderam um quarto do gelo desde 1970 - e o pior está para …

Sinéad O’Connor acusa Prince de ter “batido em várias mulheres” e de a ter tentado agredir

A cantora Sinéad O’Connor fez revelações duras sobre Prince no programa da estação televisiva britânica ITV, Good Morning Britain. Segundo a cantora e compositora irlandesa, o músico Prince, que morreu em 2016 por overdose, terá agredido …

Ex-funcionária da Google alerta para a produção de robôs assassinos que podem despoletar uma guerra

A Google pediu a Laura Nolan para reforçar os drones militares dos EUA. Recusou e demitiu-se. Agora, alerta para o perigo destas armas que podem originar uma guerra. Cerca de um ano depois de se ter …

Boris Johnson comparou o Reino Unido ao Hulk (e ele não gostou)

Há 12 anos que o ator Mark Ruffalo encarna Hulk, uma das mais célebres personagens da Marvel, no cinema. Agora, decidiu pronunciar-se sobre o Brexit, depois de Boris Johnson ter evocado Hulk. Para o primeiro-ministro, o …

Família encontrou mais de 2.200 fetos preservados em casa de médico norte-americano

Uma família encontrou mais de 2.200 fetos preservados na casa de um médico norte-americano que morreu no início deste mês. O The Guardian avançou este domingo que uma família encontrou 2.246 fetos preservados em casa de …

Mais plástico e menos peixe. Explorador britânico teme pelo mar português

Farto de ver cada vez mais plástico e menos peixe no oceano, o veterano explorador e documentarista britânico Paul Rose defende que Portugal deve criar mais áreas marinhas protegidas. Paul Rose, que mergulha desde os anos …

Há 10 anos, Banksy pintou chimpanzés no Parlamento inglês. Agora, o quadro vai a leilão

Em 2009, o artista de rua conhecido como Banksy pintou uma enorme tela a óleo do parlamento inglês, mas em vez de deputados os tribunos eram chimpanzés. Banksy pintou o quadro, com quatro metros de comprimento, …

Tempestade em Espanha derrubou palmeira que era Património da Humanidade

A queda de "La Centinela", a árvore mais alta do conjunto que a Unesco classificou como Património da Humanidade desde 2000, está entre os danos materiais causados pela passagem da "gota fria" - um fenómeno …

Dador de esperma teve 12 filhos com autismo (e foi processado)

Danielle Rizzo tem dois filhos autistas, um com seis anos e outro com sete. Ambos foram concebidos com recurso a um dador anónimo. Há três anos, Rizzo descobriu que estes fazem parte de uma "família" …