Já não é preciso haver ondas para surfar

Uma nova prancha criada por uma empresa espanhola tornou possível o facto de não ser preciso depender das ondas para poder surfar.

Só os verdadeiros surfistas conhecem a sensação de aproveitar a boleia de uma onda e quase todos garantem ser uma sensação inigualável.

Apesar disso, há quem não leve tão a sério essa relação com o mar e, por isso, foi criada uma prancha que dispensa tudo aquilo para o qual o desporto mais vive, ou seja, as ondas.

Esta prancha revolucionária surgiu por parte da empresa espanhola Onean e basicamente funciona com a ajuda de um motor elétrico com potência de 4.400 watts.

Assim, a sensação de surfar pode ser experimentada por todo o tipo de pessoas, não sendo preciso sequer pisar a areia da praia.

Batizada de Electric Jet Board, a prancha não fica limitada ao mar e pode ser usada até em rios, conseguindo alcançar uma velocidade considerável.

A prancha possui um acelerador manual que permite controlar a sua velocidade, podendo ser aumentada ou diminuída em qualquer altura do trajeto.

Para já, existem dois modelos – uma prancha mais estreita e outra mais larga – e só está disponível no mercado europeu com um custo de 3500 euros.

Embora seja uma grande inovação, alguns surfistas já fizeram chegar críticas ao produto visto que desvirtua toda a essência da modalidade.

ZAP / Hypeness

PARTILHAR

RESPONDER

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …