Israel quer leiloar bens doados pela União Europeia aos palestinianos

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

A tensão entre Israel e a União Europeia (UE) está a aumentar. Tudo por causa de bens doados pela UE aos palestinianos, para a construção de escolas, que foram confiscados pelas autoridades israelitas.

A UE quer recuperar os materiais que foram apreendidos por Israel sob a alegação de que as escolas pré-fabricadas com os bens doados foram construídas de forma ilegal. Os planos de Israel passam por os leiloar, como é habitual nos casos de apreensões na Palestina.

As autoridades israelitas planeavam vender os bens num leilão público, nesta semana. Mas este foi adiado depois de várias notícias terem reportado a intenção do Governo de Israel e de a UE ter manifestado o seu desagrado.

Oficialmente, o adiamento é justificado por razões “técnicas”, mas parece evidente que Israel procura alcançar um entendimento com a UE para evitar que as relações diplomáticas entre as partes se deteriorem ainda mais.

O jornal israelita Haaretz adianta que a UE terá rejeitado um acordo com Israel que passava por recuperar as estruturas em troca do compromisso de não as doar novamente aos palestinianos sem que Israel autorize um “plano adequado de construção”.

A UE espera recuperar os bens sem qualquer contrapartida, alegando que está a actuar ao abrigo do “direito humanitário internacional”. Assim, apela às autoridades israelitas para “devolverem os itens confiscados sem pré-condições, o mais brevemente possível”.

Caso contrário, devem fornecer uma “compensação sem demora pelos bens desmantelados”, destaca a UE numa nota pública, realçando que “o prejuízo financeiro directo” que lhe é causado devido à apreensão é de “15.320 euros”.

Reconhecendo que Israel tem o poder “administrativo” e a “responsabilidade de segurança” da zona, a UE frisa que o Governo do país também tem “a obrigação de proteger e de facilitar o desenvolvimento para a população local“, bem como “conceder acesso sem restrições à assistência humanitária”.

Os materiais doados pela UE foram confiscados em Outubro de 2018 quando as autoridades israelitas desmantelaram dois edifícios pré-fabricados que deveriam ser usados como salas de aula por 49 crianças palestinianas em Ibziq, localidade perto de Nablus, no norte do território.

Nessa altura, Israel confiscou também tendas à comunidade Al-Hadidiya perto do Vale do Jordão.

Este tipo de apreensões são recorrentes na Palestina e, por norma, Israel leiloa os bens confiscados ao cabo de 90 dias, caso os seus proprietários não os reclamem.

A UE teme que as estruturas apreendidas sejam vendidas a colonos israelitas.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tarantino diz que "Bruce Lee era um tipo arrogante". Filha do ator acha que cineasta deve pedir desculpar

A filha de Bruce Lee, Shannon Lee, disse à revista Variety que Quentin Tarantino "podia pedir desculpa ou dizer 'Eu realmente não sei como o Bruce Lee era. Apenas escrevi para o meu filme. Mas …

Fotógrafo entrou na morgue, tirou fotografias ao corpo de Marilyn Monroe e escondeu-as num cofre

Um famoso fotógrafo tirou fotografias do cadáver nu de Marilyn Monroe e escondeu-as, sem nunca revelá-las ao público. A informação é avançada pelo filho do fotógrafo Leigh Wiener, Devik Wiener, que afirma que o seu pai …

Receber o coração de um porco para transplante pode estar prestes a ser possível

Num futuro muito próximo, os seres humanos poderão receber transplantes de coração de porcos, considera o cirurgião britânico Terence English, de 87 anos, que em 1979 realizou o primeiro transplante cardíaco bem sucedido do Reino …

Elon Musk quer largar bombas nucleares em Marte

https://vimeo.com/354701570 Elon Musk quer bombardear o "planeta vermelho" para torná-lo habitável para a raça humana. Pode parecer contraditório, mas a ideia do fundador da Tesla e da SpaceX até poderia resultar. Bombardear Marte para tornar o planeta …

Mosca negra. A praga que alastra pelo Rio Tejo

Há uma praga a multiplicar-se pelos rios espanhóis, incluindo o Tejo, que está a levar milhares de pessoas às urgências dos hospitais e a afectar os produtores de animais. Trata-se da mosca negra que prolifera …

Descoberta mensagem em garrafa com 50 anos no Alaska. Autor foi descoberto na Rússia

Tyler Ivanoff estava à procura de lenha na costa do Alaska quando encontrou algo muito “maior”: uma garrafa com uma história: tinha 50 anos e uma mensagem no interior. "Estava à procura de lenha. Deparei-me por …

Portugal usa 4 vezes mais luz por candeeiro do que a Alemanha. É o país europeu com mais poluição luminosa

Portugal é o pior país da Europa em poluição luminosa, no que respeita ao fluxo luminoso per capita e fluxo luminoso por produto interno bruto (PIB). Esta é uma das conclusões de um artigo publicado na …

Colunista britânico agredido em Londres. Atacantes seriam ativistas de extrema-direita

O colunista britânico Owen Jones, considerado um dos mais influentes comentadores de esquerda no Reino Unido, foi agredido este sábado num bar em Londres, onde se encontrava a celebrar o seu aniversário. De acordo com o …

Cabras sapadoras que ajudam no combate aos incêndios em Portugal chegam ao “New York Times”

O jornal norte-americano The New York Times visitou a aldeia de Vermelhos, no interior do Algarve, para mostrar como as cabras foram promovidas a um “bombeiro low-cost” "Portugal tem tido dificuldades em encontrar soluções para …

Estado recebeu 28 milhões de euros de jogos de casino. Movimentados mais de 4 milhões por dia em 2018

Em 2018, entraram nos cofres públicos 28 milhões de euros provenientes dos casinos e bingos portugueses, num ano em que o volume do jogo ultrapassou os 1.6 mil milhões de euros. Contas feitas, os apostadores movimentaram …