//

Manuscritos inéditos revelam que Newton tentou descobrir código secreto das Pirâmides do Egito

O físico, matemático e astrónomo Isaac Newton tinha um interesse peculiar na teoria do Apocalipse bíblico. As suas inclinações místicas, muitas das quais consideradas heréticas naquela época, são agora evidenciadas em algumas notas manuscritas que estão a ser leiloadas pela Sotheby’s.

Além da matemática, da física e da astronomia, Isaac Newton também possuía outras facetas: era teólogo e alquimista. Agora, a Sotheby’s colocou à venda alguns manuscritos não publicados que revelam que o cientista pensava que as pirâmides egípcias escondiam um segredo que o próprio tentou desvendar.

Nas três páginas manuscritas, Newton tentou decifrar os códigos ocultos na Bíblia e, assim, descobrir o momento do Apocalipse. Para isso, tentou decifrar os segredos das Pirâmides do Egito, que seriam a peça-chave.

De acordo com o The Guardian, o leilão online termina na terça-feira e a Sotheby’s espera vendê-las por centenas de milhares de euros. “São páginas realmente fascinantes porque nelas podemos ver Newton a tentar desvendar os segredos das pirâmides”, disse Gabriel Heaton, especialista em manuscritos da Sotheby’s.

(dr) Sotheby's

Segundo Heaton, Isaac Newton estava a tentar descobrir a unidade de medida usada pelos construtores das pirâmides. O matemático chegou à conclusão que os antigos egípcios poderiam ter tentado medir a Terra pelo que, ao descobrir a unidade de medida da Grande Pirâmide, também seria capaz de medir a circunferência do planeta.

Newton esperava que esta descoberta o levasse a conhecer outras medidas antigas e, desta forma, ser capaz de descobrir a arquitetura e as dimensões do Templo de Salomão, o cenário onde aconteceria, supostamente, o Apocalipse.

Seria, então, possível interpretar os significados ocultos da Bíblia.

Newton manteve para si a obsessão com a alquimia e as suas crenças religiosas heterodoxas porque as suas visões não ortodoxas poderiam custar-lhe a própria carreira.

“A ideia de que a Ciência é uma alternativa à religião é um pensamento moderno. Newton não teria acreditado que o seu trabalho científico pudesse minar as crenças religiosas”, explicou o especialista.

“Ele não estava a tentar refutar o cristianismo: ele passou muito tempo a tentar estabelecer o período de tempo provável para o Apocalipse bíblico. É por isso que estava tão interessado nas pirâmides”, acrescentou Heaton.

Os textos são fragmentos, sobreviventes chamuscados de um incêndio que terá sido provocado por uma vela derrubada por Diamond, o cão de Newton.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.