Investigadores descobrem novas pistas sobre resistência à SIDA em macacos

Investigadores norte-americanos sequenciaram o genoma do mangabei-cinzento para entender como é que esta espécie, quando é infetada pelo vírus da imunodeficiência símia, consegue evitar o desenvolvimento da doença.

O mangabei-cinzento (Cercocabus atys) é uma das espécies de primatas não humanos que, quando é infetado pelo vírus de imunodeficiência símia (VIS) – o equivalente ao VIH – não desenvolve a doença.

Uma equipa de investigadores dos EUA sequenciou o genoma da espécie e comparou-o com o genoma dos humanos e de outros primatas não humanos, como o macaco Rhesus. No artigo, publicado na semana passada na revista Nature, os cientistas destacam duas diferenças genéticas que podem ajudar a explicar a resistência destes macacos.

Os investigadores norte-americanos sequenciaram o genoma do mangabei-cinzento que, mesmo com uma elevada carga viral, consegue manter os níveis saudáveis de células imunitárias fazendo com que não desenvolva a doença.

Num comunicado de imprensa, citado pelo Público, Guido Silvestri, cientista no Centro Nacional de Investigação de Primatas de Yerkes, na Universidade Emory, diz que a equipa está “a aproveitar uma experiência da evolução que revela que é possível estar infetado com VIS sem que evolua para sida“.

Esta imunidade à SIDA – já encontrada noutros símios como o dril ou o macaco-verde – tem sido estudada pelos cientistas por não ser encontrada em humanos e porque contrasta com o que é observado noutros primatas não humanos, hospedeiros não naturais que ficam doentes quando são infetados pelo VIS, como o macaco Rhesus.

Ao comparar o genoma resistente com os dados dos humanos, do macaco Rhesus e de outros primatas não humanos, os cientistas encontraram “duas grandes diferenças em proteínas no sistema imunitário do mangabei-cinzento”, referiu David Palesch, investigador na Universidade de Emory e um dos principais co-autores do artigo.

Como avança o jornal, a primeira diferença foi encontrada na molécula ICAM2, que normalmente tem uma função na adesão intercelular no sistema imunitário. No mangabei-cinzento, há uma parte do gene ICAM2 em falta e isso faz com que a proteína não seja funcional.

No entanto, o “gene mais interessante” segundo Steve Bosinger, o outro co-autor principal do trabalho e investigador na Universidade de Emory, é o TLR4, que desempenha um papel importante no sistema imunitário, desencadeando geralmente uma reação inflamatória na presença de determinados elementos bacterianos.

“É um dos principais genes que controlam as respostas do sistema imunitário às bactérias e esta descoberta foi surpreendente porque a infeção por VIH/VIS e a SIDA é viral. Ainda mais interessante foi perceber que a mutação no TLR4 também estava presente noutras espécies que não têm SIDA”, explica ao Público.

Comparada com a do macaco Rhesus, o mangabei-cinzento tem uma versão diferente do gene TLR4 que faz com que haja uma redução da reação inflamatória.

“A infeção pelo VIH faz com que a parede do intestino fique danificada e, assim, a libertação de bactérias na circulação sanguínea provoca uma ‘ativação excessiva’ do sistema imunitário que acaba por conduzir à sida. Pensamos que esta mutação no Cercocebus atys permite que eles evitem essa ‘sobreativação’“, diz Palesch.

Steve Bosinger garante que estas diferenças também existem entre o macaco-cinzento e os humanos. Ainda assim, esta descoberta reforça a ideia de que em cada espécie de primatas existem vários mecanismos que podem contribuir para a proteção da doença, ao invés de apenas mutações em genes isolados.

“Sabemos que é provável que seja necessário mais do que uma mutação num único gene para uma espécie conseguir evitar a SIDA, mas as mutações que encontramos aqui são peças importantes do puzzle para conseguir prevenir e até mesmo curar a SIDA“, conclui Steve Bosinger.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientista sugere construir abrigos em Marte com polímeros de insetos e solo marciano

Um cientista da Universidade de Tecnologia e Design de Singapura desenvolveu uma tecnologia à base de quitina que poderia ser utilizada para produzir ferramentas e abrigos marcianos. Javier Fernandez e os seus colegas utilizaram substâncias químicas …

Mergulhadores terão encontrado o USS Grenadier, um submarino norte-americano perdido na 2.ª Guerra

O submarino norte-americano USS Grenadier, perdido durante a II Guerra Mundial, terá sido encontrado por mergulhadores no estreito de Malaca, perto da Tailândia. Os mergulhadores acreditam ter encontrado no estreito de Malaca, a 150 quilómetros a …

Justiça angolana manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

A justiça angolana ordenou o encerramento e apreensão de todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, estando o processo de selagem a ser feito “de forma gradual”, disse à …

"Reality show" afirma que vai enviar concorrente à Estação Espacial Internacional

Space Hero, uma unidade de produção com sede nos Estados Unidos que afirma ser a "primeira empresa de media espacial", alega que garantiu um lugar numa missão da SpaceX para a Estação Espacial Internacional de …

Oceanbird: O navio movido a energia eólica que vai revolucionar a indústria da navegação

A transportadora Oceanbird deverá transportar 7 mil carros e será movido a energia eólica, e por isso deverá tornar o processo de deslocação de veículos mais sustentável. De acordo com um relatório do The Driven, um …

"Esqueceu-se disto". Parque Nacional na Tailândia envia lixo deixado pelos visitantes por correio

Se deitar lixo ao chão no Parque Nacional Khao Yai, na Tailândia, esse mesmo lixo será enviado de volta para sua casa. Os infratores também serão registados na polícia local. O Parque Nacional Khao Yai, no …

Banco britânico HSBC permitiu branqueamento de esquema de Ponzi de milhões de dólares

O banco britânico HSBC permitiu que fossem transferidos milhões de dólares para todo o mundo de forma fraudulenta, mesmo depois de ter tomado conhecimento da fraude, de acordo com documentos secretos revelados, divulgou hoje a …

Este é o primeiro aeroporto 5 estrelas do mundo devido aos seus protocolos contra covid-19

A Skytrax, órgão que examina e classifica aeroportos em todo o mundo, costuma chamar a atenção do setor pelo menos uma vez por ano, durante a sua cerimónia de prémios. Este ano, o World Airline Awards, …

Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário. Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da …

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …