Investigadora da U.Porto vence prémio internacional de jovem cientista

(dr) Universidade do Porto

Rita Azeredo, estudante de doutoramento em Biologia na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Rita Azeredo, estudante de doutoramento em Biologia na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Rita Azeredo, investigadora da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, conseguiu o primeiro prémio dos “AllTech Young Scientists Awards”, que distinguem as melhores descobertas científicas entre estudantes graduados e estudantes não graduados.

Rita Azeredo tem 26 anos. É uma jovem investigadora em doutoramento em Biologia na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP).

Durante este percurso, Rita desenvolveu uma investigação específica: “A resposta inflamatória do robalo (Dicentrarchus labrax) é regulada de forma diferente pelo triptofano ou pela metionina”, que dá título ao projeto vencedor desta investigadora, submetido ao concurso da AllTech por aconselhamento do seu orientador.

A par do doutoramento, Rita Azeredo desenvolve a mesma investigação no Centro Indisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto (CIIMAR).

Para seu espanto, Rita acabou mesmo por vencer o concurso a que se propôs, conseguindo o primeiro lugar nos AllTech Young Scientists Awards – prémios que consagram, a nível internacional, as melhores investigações científicas nas áreas da agricultura, veterinária, nutrição animal, tecnologia de alimentação ou gestão/economia agrícola.

Os AllTech Young Scientist Awards dividem-se, numa primeira fase, por várias regiões: Europa/África/Rússia, Ásia, América do Norte e América do Sul. O concurso está segmentado por duas categorias: estudantes graduados e estudantes não graduados.

O que a fez alcançar este patamar? A biologia marinha, a sua grande paixão e o motor da sua pesquisa. Com este trabalho, Rita percebeu que é possível controlar a resposta imunitária dos peixes através daquilo que eles comem – e substituir macrobióticos por aminoácidos permite esse controlo.

O concurso da AllTech que Rita venceu distingue conquistas científicas de elevada importância.

Depois da fase regional, onde Rita conseguiu o primeiro lugar na categoria Europa/África/Rússia, segue-se a fase global. A investigadora faz parte dos oito candidatos selecionados para esta etapa final, num total de 8800.

Para isso, a investigadora terá que se deslocar a Lexington, no Kentucky (EUA), para defender a sua tese e habilitar-se, assim, ao uma bolsa de 10 mil dólares.

JPN

Creative Commons logo  Artigo publicado sob licença Creative Commons BY-NC-ND 2.0
PARTILHAR

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …