Investigação revela que políticos brasileiros tiveram prioridade nos testes

Ennio Leanza / EPA

Uma investigação a alegadas irregularidades na compra de testes de diagnóstico de covid-19 no Brasil apontou que determinadas pessoas, incluindo políticos, tiveram prioridade na realiazação desses exames no Distrito Federal, que inclui a capital, Brasília.

De acordo com o portal de notícias brasileiro G1, citado pelo Diário da Madeira, em causa está uma alegada “lista VIP”, em que mais de 170 pessoas terão sido beneficiadas.

O secretário do Distrito Federal foi detido esta terça-feira no âmbito desta investigação, denominada Operação Falso Negativo. De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Francisco Araújo, que se encontra detido preventivamente, é suspeito de participar num esquema de alegado desvio de 30 milhões de reais em contratos para aquisição de testes clínicos de diagnóstico de covid-19.

Conversas obtidas pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios mostram que Araújo exigiu agilidade ao diretor do Laboratório Central do Distrito Federal, Jorge Chamon Júnior, nos resultados dos exames do ex-senador Luiz Estevão e do ex-governador José Roberto Arruda.

O diretor do Laboratório Central do Distrito Federal, Jorge Chamon Júnior, também foi detido no âmbito desta operação.

Os diálogos que comprovam as alegadas ilegalidades foram obtidos após a apreensão dos telemóveis dos investigados na primeira fase da operação em 2 de julho.

O procesos decorre em segreod de justiça, mas os media destacam que, além da alegada sobrevalorização dos contratos, as autoridades também investigam a baixa qualidade dos testes adquiridos, que podem dar falsos negativos.

Os investigados são suspeitos de cometerem crimes como fraude em licitação, organização criminosa, corrupção, branqueamento de capitais e cartel.

O Brasil registou desde o início da pandemia 116.580 óbitos e 3.669.995 casos confirmados de covid-19. É o segundo país mais atingido pela doença, estando apenas atrás dos Estados Unidos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …

Advogados dizem que há questões "pontuais" por resolver no SEF do aeroporto de Lisboa

Responsável pela Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados reveleu que mantém uma "estreita relação e cooperação com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e que o centro de instalação temporária no aeroporto …