A invenção do médico Wu Lien-teh, pai da saúde pública chinesa, permanece. Hoje, mais do que nunca

Library of Congress / Wikimedia

O médico Wu Lien-teh

No início do século XX, Wu Lien-teh lutava contra uma praga na China e fez uma proposta radical. Atualmente, a inovação é comum um pouco por todo o mundo, graças à sua engenhosidade e coragem.

Filho de imigrantes chineses da cidade de Taishan, Wu Lien-teh nasceu em Penang, um dos Estados federados da Malásia. Aos 17 anos, foi estudar para Cambridge, no Reino Unido, graças a uma bolsa de estudos que o tornou o primeiro aluno de ascendência chinesa a frequentar a faculdade de Medicina, em 1896.

Wu Lien-teh era brilhante: além de ter conseguido o seu diploma dois anos antes do previsto, recebeu todos os prémios académicos possíveis. As bolsas de estudo que foi ganhando ao longo do seu percurso permitiram-no viajar para o Reino Unido, Alemanha, França e Estados Unidos, para levar a cabo investigações científicas.

Anos mais tarde, foi convidado a embarcar para Tianjin, na China, onde assumiu o papel de vice-diretor do Imperial Army College, conta o Inverse.

Em 1910, começaram a proliferar notícias de uma praga mortal, no norte da Manchuria, quase 100% letal. Lien-teh foi convidado a ajudar a impedir a rápida propagação da doença, que mais tarde se veio a descobrir que se tratava de peste pneumónica, originada pela peste negra e causada pela bactéria Yersinia pestis.

O surto teve origem em caçadores de marmotas, na fronteira com a Sibéria, e matou 60 mil pessoas em apenas quatro meses.

Lien-teh realizou uma autópsia numa mulher japonesa que morreu vítima da doença – a primeira feita na China – depois de enfrentar muita resistência devido aos costumes culturais chineses que condenavam a prática.

O médico propôs uma nova teoria que ia contra a narrativa comum daquela época: em vez de se espalhar através de pulgas e ratos, a praga espalhou-se pelo ar em humanos.

Foi nessa altura que Lien-teh apresentou uma versão mais protetora de máscaras anti-peste, adicionando mais gaze, camadas protetoras e introduzindo uma forma mais eficiente de a amarrar para evitar movimentos.

Hoje, as suas máscaras são reconhecidas como as primeiras precursoras das máscaras N95.

mmmswan / Flickr

Máscara N95

Lien Teh também insistiu para que os corpos das vítimas da peste pneumónica fossem cremados. O médico sabia que os cadáveres que tinham sido enterrados representariam um grave perigo para a saúde pública e decidiu convencer as autoridades locais, apesar da forte oposição cultural à prática.

Com o aumento da cremação, o incentivo ao uso de gaze e máscaras de algodão e com o conselho de Lien-teh para monitorizar os transportes, a mortalidade começou a diminuir.

O doutor Wu Lien-teh morreu vítima de um derrame cerebral no dia 20 de janeiro de 1960, com 81 anos. Segundo o El País, a sua morte foi chorada pela comunidade médica e um pouco por todo o mundo.

Em 2008, foi construído o Hospital Memorial Dr. Wu Lien-teh, e uma escola também com o seu nome, em Harbin. Várias estátuas de bronze na Universidade Médica de Harbin e no Hospital Universitário de Pequim homenageiam também o criador do Serviço de Saúde Pública da China.

O legado médico de Wu Lien-teh permanece até hoje e ainda colhemos os benefícios das suas contribuições – incluindo a máscara “anti-praga”.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um dinossauro gigante com o dobro do comprimento dos tiranossauros dominou a cadeia alimentar

A nova espécie foi descoberta no Uzbequistão e tinha dentes semelhantes aos de um tubarão. Pesava cinco vezes mais do que o principal predador conhecido até agora, o tiranossauro. Há cerca de 90 milhões de anos, …

A teimosia de Simeone e a "cabeça dura" de Conceição vão defrontar-se já amanhã

O FC Porto e o Atlético de Madrid vão arrancar a campanha na Champions já amanhã, e os velhos amigos Sérgio Conceição e Diego Simeone deixaram recados um ao outro nas conferências de imprensa. É já …

Parlamento Europeu apela ao reconhecimento das uniões homossexuais em toda a União

Os eurodeputados querem que os casais homossexuais e as suas famílias sejam tratadas de forma igual em todos os estados-membros. Os eurodeputados exigiram esta quarta-feira que os casais homossexuais beneficiem dos mesmos direitos dos restantes em …

Dínamo Kiev 0-0 Benfica | Tanta posse para acabar a rezar a São VAR

As “águias” dominaram as operações durante grande parte deste primeiro encontro de Liga dos Campeões “a sério” em 2021/22, mas não materializaram essa superioridade e no fim viram Vlachodimos, os postes e o VAR a …

Reino Unido avança com terceira dose para maiores de 50 anos. Máscara pode regressar

Boris Johnson anunciou hoje o plano de protecção do Reino Unido para o Outono e Inverno, que inclui medidas que vão entrar já em vigor e que prevê o regresso da máscara e a exigência …

Uma bactéria que "come carne" está a causar mortes da Flórida

A bactéria está mais presente na água do mar em zonas quentes e já matou 125 pessoas no estado norte-americano desde 2008. Pelo menos oito pessoas já morreram este ano na Flórida devido a uma infecção …

Siemens vai criar comboio de alta velocidade que ligará Mar Vermelho e Mediterrâneo

Um consórcio liderado pela multinacional alemã Siemens estabeleceu um contrato de 4,5 mil milhões de euros para construir uma linha ferroviária de alta velocidade que ligue Ain Sukhna, no Canal de Suez, a Alexandria e …

Alaba joga no Real Madrid mas o seu sonho era jogar no Barcelona

Véspera do grande jogo entre Barcelona e Bayern Munique serviu para Uli Hoeneß divulgar uma conversa pouco simpática para as pessoas ligadas ao Barcelona. A fase de grupos da Liga dos Campeões está de volta. Neste …

Chuva está a ajudar a controlar incêndios em Espanha

Há quase uma semana que as chamas deflagram em Málaga e o incêndio já matou um bombeiro. A chuva tem ajudado a combater o fogo. Há seis dias consecutivos que os bombeiros estão a combater incêndios …

Voos da ONU para Cabul são retomados. Doadores angariam 850 mil milhões de euros de ajuda

Os talibãs garantem que vão proteger as equipas humanitárias da ONU que vão ajudar o Afeganistão, que enfrenta uma grave crise devido à seca. Desde 15 de Agosto que os voos com ajuda humanitária da ONU …