Internet Wi-fi pode trazer graves riscos para a saúde

Um desequilíbrio metabólico causado pelas radiações dos dispositivos sem fio pode estar ligado a alguns riscos para a saúde, tais como várias doenças neurodegenerativas e até mesmo o cancro, sugere um estudo publicado recentemente.

Esse desequilíbrio, também conhecido como stress oxidativo, é definido pelo autor principal do estudo, Igor Yakymenko, como “um desequilíbrio entre a produção de espécies reactivas de oxigênio (ROS) e de defesa antioxidante”.

O estudo foi realizado por uma equipa de investigadores do Instituto de Patologia Experimental, Oncologia e Radiobiologia de Kiev, na Ucrânia.

Yakymenko explica que o stress oxidativo devido a exposição às radiofrequências poderia explicar não só alguns casos de cancro, mas também outras doenças menores, tais como dores de cabeça, fadiga e irritação da pele, o que pode ocorrer depois de uma exposição a longo prazo.

“Estes dados são um sinal claro dos riscos reais que este tipo de radiação apresentam para a saúde humana”, alerta.

Cuidado com o Wi-fi

Segundo os autores do artigo, as ROS, que são muitas vezes produzidas nas células devido a ambientes agressivos, também podem ser “provocadas pelas vulgares radiações dos aparelhos sem fios”.

Estudos recentes demonstram possíveis efeitos cancerígenos das radiofrequências (RFR) e da radiação de microondas.

Em 2011, a Agência Internacional de Investigação do Cancro classificou as RFR como um possível agente cancerígeno para os seres humanos.

Mas a falta de uma explicação clara dos mecanismos moleculares envolvidos não ajudaram à sensibilização para os riscos que podem estar envolvidos.

Yakymenko e os colegas concluem que se deve ter precaução no uso de tecnologias sem fio — especialmente telemóveis e internet wireless.

Apenas alarmismo

Os resultados do estudo foram entretanto recebidos por parte da comunidade científica com algumas reservas.

Segundo algumas opiniões, trata-se de novo do paranóico mito urbano “telemóveis provocam cancro”.

Num artigo de opinião na Breitbart News Network, John Hayward realça que nenhum dos inúmeros estudos acerca dos efeitos da radiação nos telemóveis identificou até agora razões concretas para preocupações.

Hayward lembra ainda que nos 42 anos que passaram desde a invenção do telemóvel, não se verificou um aumento da incidência mundial de casos de cancro.

Para o cronista, o que se passa é que a imprensa não consegue resistir a dar atenção a qualquer estudo que permita fazer um título como “Internet Wi-fi pode trazer graves riscos para a saúde”.

ZAP / Hypescience

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Também diziam…. Afinal as cegonhas têem crias no topo das torres (transporte) de alta voltagem!
    Faz lembrar o ‘boicote’ aos fornos micro-ondas – alguns europeus partilharam – e ao fim de 30 anos nada a registar. A nossa longevidade na Europa é cada vez maior… Protagonismos ‘URSS’!

  2. “…do Instituto de Patologia Experimental, Oncologia e Radiobiologia de Kiev, na Rússia.” O jornalista não sabe o que escreve. A Rússia ” ainda ” não ocupou Kiev, que fica na Ucrânia. Tal é o ódio que os imbecis têm à Rússia que nem reparam no erro!!

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …